Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Breno Esaki/Agência Saúde DF

Brasil chega a 28,7 milhões de casos de covid-19 e 649,3 mil mortes

Por Redação

28 de fevereiro de 2022 : 21h01

Em 24h, foram confirmados 199 óbitos

Publicado em 28/02/2022 – 18:55

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Agência Brasil — O Brasil chegou a 649.333 mortes em decorrência da covid-19, informou hoje (28) o Ministério da Saúde. Em 24 horas, foram confirmados 199 óbitos e 19.516 diagnósticos positivos da doença, totalizando 28.787.620 pessoas infectadas pelo coronavírus desde o início da pandemia. Ontem (27), o painel de informações da pandemia administrado pelo ministério trazia 28.768.104 casos acumulados.

A quantidade de casos em acompanhamento está em 1.801.914. O termo é usado para designar casos notificados nos últimos 14 dias que não tiveram alta nem evoluíram para morte.

Ainda há 3.116 mortes em investigação. As mortes em investigação ocorrem pelo fato de haver casos em que o paciente faleceu, mas a apuração sobre a causa ter sido a covid-19 continua em andamento.

Até hoje, 26.336.373 pessoas se recuperaram da covid-19, segundo os dados oficiais. O número corresponde a 91,5% dos infectados desde o início da pandemia.

Os números em geral são menores aos domingos, segundas-feiras e nos dias seguintes aos feriados em razão da redução de equipes para a alimentação dos dados.

Hoje, o Mato Grosso não atualizou as informações, e a Paraíba enviou apenas o número de mortes.

Estados

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, no topo do ranking de estados com mais mortes por covid-19 registradas até o momento estão São Paulo (164.532), Rio de Janeiro (71.778), Minas Gerais (59.645), Paraná (42.307) e Rio Grande do Sul (38.272).

Já os estados com menos óbitos resultantes da pandemia são Acre (1.972), Amapá (2.102), Roraima (2.134), Tocantins (4.109) e Sergipe (6.250).

Edição: Kelly Oliveira

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Tony

28 de fevereiro de 2022 às 22h36

Com os mesmos números de casos e óbitos até pouco tempo atrás apareceram rebanhos de “sientistas” mandando as pessoas ficar em casa.
Hoje ninguém fala mais em “loquidaum”, em “siensa” em fique em casa, ecc… alguém dos que papagaiavam essas cretinices sabe explicar o que mudou…?

Como é que hoje é possível se aglomerar sem mascara…a pandemia acabou ?

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Maranhão O Xadrez para Governador do Rio Grande do Sul O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro