Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

O terrorismo e os fatos

Por Miguel do Rosário

14 de julho de 2014 : 10h00

O caderno de economia do Globo de hoje tenta um terrorismozinho chinfrim em relação às contas de luz. Em resumo, faz prognósticos sombrios sobre grandes aumentos futuros no preço da conta de luz.

Só que o gráfico que eles mesmo apresentam contradiz totalmente as teorias que eles procuram vender.

ScreenHunter_4237 Jul. 14 13.52


Observe a queda brutal nos ajustes a partir de 2004. Os anos de 2002 e 2003 são da era tucana, visto que 2003 ainda conta com orçamento e investimentos aprovados no ano anterior.

Na era Lula/Dilma, os preços das contas de luz passaram a ser ajustados inclusive abaixo da inflação, favorecendo toda a população brasileira.

Os consultores entrevistados apenas falam em desastres futuros.

A matéria não menciona, porém, as inúmeras hidrelétricas que foram ou estão sendo construídas. Nem a reforma das usinas nucleares e implementação de grandes parques eólicos.

FHC não construiu nada no setor de energia. Nem hidrelétrica, nem usina nuclear, nem parque eólico. Não achou petróleo, não construiu refinaria. A única coisa que fez foi a burrada de construir um gaseoduto entre Brasil e Bolívia, nos deixando numa perigosa dependência de um país pequeno e instável. Por sorte, achamos muito gás no pré-sal, e em breve estaremos importando gás boliviano apenas porque queremos, e não porque precisamos.

Quanto ao uso intenso de usinas térmicas que são mais caras, por causa da seca, nossos jornalões não explicam que o Chile, por exemplo, usa 100% de usina térmica, e não vive nenhuma crise econômica por causa disso. A luz de lá é mais cara, o governo deve dar algum subsídio e pronto.

A Alemanha também, no pós-guerra, passou décadas subsidiando o preço da energia para seus cidadãos e empresas. Esse é o tipo de informação que precisaríamos saber para formarmos opiniões mais consistentes sobre o problema de energia.

A nossa imprensa defende sempre um modelo absolutamente desregulamentado, onde as empresas tenham liberdade total para reajustar preços, de maneira que os recursos sociais sejam drenados do bolso de cidadãos e indústrias para o caixa de grandes empresas do setor elétrico.

A desculpa é que elas “investirão” o dinheiro. Investem nada. Tanto é que no período FHC, quando havia reajustes constantes e altíssimos, como vimos no gráfico acima, não vimos nenhum investimento novo. Nenhuma hidrelétrica, nada.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Vinicius Luandos

16 de julho de 2014 às 23h08

e fica a dica pra mostrar pros acéfalos seguidores e repetidores da Rede Plin Plin…………………….http://www.mdic.gov.br/sitio/interna/noticia.php?area=5&noticia=13291

Responder

Vinicius Luandos

16 de julho de 2014 às 23h06

e por falar em terrorismo , dê uma olhada com carinho nessa entrevista com a Doutora , PHd em Economia , a Maria de Lourdes ……http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/tv/materias/PONTO-DE-VISTA/471043-BALANCO-PONTOS-POSITIVOS-E-NEGATIVOS-DO-PLANO-REAL.html

Responder

Fernanda Dobrovolski Scherer

16 de julho de 2014 às 12h28

Com todo respeito , acho que a CBF foi covarde e agiu sob a pressão da mídia. A imprensa massacrou Felipão de um jeito que eu jamais vi fazerem nem com um bandido. Quiseram colocar a torcida contra ele, e desde sempre o trataram de forma muito agressiva. Ele e a equipe técnica , naturalmente , protegeram -se com escudos.

Acho que a CBF poderia ter administrado um pouco , deixado a poeira baixar e mostrar sim , que para mudar o futebol brasileiro é preciso apostar em um trabalho contínuo , que sim , poderá apresentar deficiências e isso é normal e importante até , para que no final tenhamos algo concreto. Mas , ao contrário , chamaram o Felipão 1 ano e meio antes da Copa , para que ele se virasse. Ele conseguiu montar um grupo , apesar da dificuldade de achar os atletas. Fez desse grupo , tetracampeão da Copa das Confederações. Conseguiu chegar ao quarto lugar da Copa de 2014 , apesar de termos perdido o nosso “Messi”, o nosso “Robben” e tbm Tiago Silva. Não fomos perfeitos ? Nem poderíamos , não nestas circunstâncias. Um grupo jovem , criado há 1 ano e meio , mas com tudo para continuar evoluindo. E vocês não tiveram a coragem de bancar o Felipão ???? Permitiram que ele fosse linchado pela imprensa, fizeram o que ela queria. Não lhes deram a chance, que qualquer pessoa merece e Felipão não é qualquer treinador. É um penta nas Copas , um tetra nas Confederações. 

Vou lhes dizer uma coisa. Vocês se deixaram virar reféns da imprensa , que manipula emocionalmente a população . Agora terão que fazer sempre o que a imprensa acha melhor. O troca troca de técnico poderia ter terminado a partir desta oportunidade. Mas vcs escolheram o caminho , aparentemente , mais fácil. Felipão poderia ter mais um ano , para corrigir o que deve, administrar as lições que a Copa deixou , junto a um grupo unido , que se dá bem. Se não desse certo , ok. Mas , não . Continuaram tomando as mesmas providências de sempre. Perdeu , demite.

Bem, eu espero estar redondamente, enganada. Pois torço para que dê tudo certo . Mas , repito . Felipão merecia UMA chance. Ao contrário , foi destratado , como um homem sem valor. Não me sinto envergonhada , como a imprensa quer que eu sinta. Isso não combina com espírito esportivo. Perder faz parte , e sua única função é a busca da superação. 

Espero que faltando 1 ano e meio para 2018 , vcs não estejam atrás de alguém que assuma o abacaxi , como assumiu o Felipão , e na hora da dificuldade lhe viraram as costas.

Responder

Antonio Gorski

16 de julho de 2014 às 01h00

Prova de que são analfabetos.

Responder

Fábio B. Marinho

15 de julho de 2014 às 14h09

Alguma notícia sobre a divulgação do processo de sonegação do Globo que iriam divulgar domingo dia 13/07 no centro de mídia independente da copa 2014 para jornalistas de todo mundo? Não vi ninguém falando sobre isso de domingo para cá.

Responder

Germano Valentim

15 de julho de 2014 às 10h39

” O povo não é bobo!

Responder

carlis coelho

14 de julho de 2014 às 20h05

O pior de tudo miguel é que a radio marinha que uma radio das forças armadas pirtanto publica e do governo faz questao de reproduzir para seus ouvintes essas bobagens que o globo e a folha escrevem

Responder

Vitor

14 de julho de 2014 às 16h45

Miguel, a crítica a Dilma aqui, na minha opinião, é a respeito do alarde todo que ela fez ano passado, baixando as tarifas de energia para ter que aumentar novamente esse ano… Se não quisesse inventar moda, teria números excelentes para apresentar, conforme você mesmo coloca no texto. As vezes parece que ela quer perder o jogo de propósito!

Responder

Fauzi Achoa

14 de julho de 2014 às 15h22

Apenas uma importante correção: A Bolivia é Pais Impotante, Estável e Amigo do Brasil. Seu gas é util e necessário a toda Região Centro-oeste e grande parte da região Norte do Brasil. É ainda o proximo pais a ingressar no merco-sul.

Responder

Miguel F Gouveia

14 de julho de 2014 às 18h22

ninguem lê isso

Responder

    Joaquim Vaz

    14 de julho de 2014 às 22h37

    Voçê é Nimguem……

    Responder

Renato Vilela Borges

14 de julho de 2014 às 18h16

HÁ isso é normal no PIG. Será que alguem acredita?

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina