Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

O que você achou do debate?

Por Miguel do Rosário

29 de setembro de 2014 : 12h37

ScreenHunter_4951 Sep. 29 12.33


Não vou comentar porque, para dizer a verdade, não pude assistir ainda. Vou fazê-lo daqui a pouco.

Mas já li uma série de análises e todas dizem que Marina se saiu muito mal.

E você, o que achou?

Se não assistiu, segue o vídeo abaixo.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

121 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

joana

03 de outubro de 2014 às 16h06

Muito boa a fala da Luciana Genro para Aécio: – “Não aponte esse dedo pra mim!”…

Responder

joana

03 de outubro de 2014 às 16h04

O pastor escondeu um ferrão de escorpião na casaca para usar somente depois que a Dilma não poderia mais falar. Não é de se desconfiar?…

Responder

Que debate?

30 de setembro de 2014 às 12h44

Deveriam excluir o pastor, o fidelix, aquele outro nanico… como é mesmo o nome dele?

Marina nem deveria estar lá, porque ela não tem nada a dizer.

Enfim, debate apenas com Aécio e Dilma.

Responder

Pedro GOmes

30 de setembro de 2014 às 12h25

Mas a Dilma soube se organizar muito bem com seus papeizinhos. rs

Responder

Andre Costa

30 de setembro de 2014 às 12h23

Esse Debates estão horríveis, muitos candidatos, muitas perguntas e pouquíssimo tempo para aprofundar cada tema. A Dilma é a que mais sofre com a falta de tempo para as respostas…

Responder

Antônio Aguiar

30 de setembro de 2014 às 09h39

Dilma se saiu muito bem como a ditadora que, como PSDB no geral e Lula mantêm a arrogância por não sofrerem nenhuma consequência com a corrupção deslavada em seus governos. #SomosMarina40

Responder

Ana

30 de setembro de 2014 às 00h27

Parecia uma conversa de comadres com compadres para bater na Dilma. “Agora sou eu quem bate…… não agora sou eu……..” As perguntas feitas entre eles e as respostas era para falar mal do governo federal. Após algumas perguntas (falando mal do governo federal) quem responderia começava dizendo “sou obrigado a concordar com…” (também falando mal do governo da Dilma). E sem direito de resposta dela.

Responder

João Ferraz

30 de setembro de 2014 às 02h28

Senado informam que ela votou não quatro vezes: em 18 de outubro de 1995 e 8 de novembro de 1995, no primeiro e no segundo turnos da PEC 40/1995, e também em 6 e 19 de janeiro de 1999, no primeiro e no segundo turnos da PEC 34/1998; “

Responder

Rodrigo Lima Castro

30 de setembro de 2014 às 01h38

Pouca gente percebeu as últimas palavras da Marina Silva No min 1:25 a blá -blá se enrolou e indiretamente pediu voto para Dilma Rousseff.

Responder

Denise Vírgula

30 de setembro de 2014 às 01h23

Marina estava visivelmente nervosa. Foi muito mal

Responder

Denise Vírgula

30 de setembro de 2014 às 01h23

Marina estava visivelmente nervosa. Foi muito mal

Responder

Valdir Santos

30 de setembro de 2014 às 01h12

Um bombardeio em cima da DILMA,mas ela saiu-se muito bem,parabéns presidenta. Sou 100% ela.

Responder

Gui Peres

30 de setembro de 2014 às 01h05

Dilma ganhou o debate. Vamos ver o da Globo.

Responder

Onda Vermelha

29 de setembro de 2014 às 20h59

Estou indignado! O estúpido do Levy Fidelix foi mesmo o “pior do piores” neste debate da Rede Record de Televisão! Foi estarrecedor ouvir dele aquela pregação para que a maioria da população “hétero” se insurja contra os já superdiscriminados e minoritários que compõe a população mais fragilizada, ou seja, os LGBT’s. Vítimas constantes e já rotineiras de violação de sua dignidade, e da própria vida! Foi a coisa mais grotesca e reacionária que já vi um candidato fazer em um debate desta importância. Um horror! Se a homofobia já estivesse criminalizada ele seria, sem dúvida, o condenado “Número Um” somente por fazer aquela pregação intolerante. Eu diria que foi algo “selvagem” até, e profundamente preconceituosa! Repugnante! O que somente confirma que esses “nanicos”, com raríssimas exceções, pouco ou nada tem mesmo a contribuir para o avanço do debate público no país. E daí decorre mesmo sua inanição, mas que infelizmente ainda se prestam a insuflar segmentos ou “franjas” ultraconservadoras da sociedade e algumas camadas médias muito ativas nas redes sociais. Sou mais Dilma para o Brasil seguir mudando com segurança, justiça social, distribuição de renda, tolerância religiosa e com RESPEITO aos direitos civis das minorias!

Responder

Denise Mariaz Ribeiro

29 de setembro de 2014 às 23h54

Um saco de doidos,tão surreal que chega a ser inacreditável. A Dilma manteve a serenidade,mas não teve possibilidade para debater, tamanhas as asneiras dos adversários. Foi uma repetição de textos decorados,sem pé nem cabeça. Muito mal organizado. Uma perda de tempo.

Responder

Marly Assis

29 de setembro de 2014 às 22h31

Fiquei perplexa com a fala do Levy. Eu penso, como se tratava de incentivo a homofobia,deveria ter cortado o microfone dele. Meu voto já está decidido sou Dilma.

Responder

Pedro GOmes

29 de setembro de 2014 às 22h27

Marina só enrolou. Não respodeu nada e disse sempre que a sociedade é quem tinha que decidir. ela vai fazer peibiscitos agora?? e sobre o banco central não vai ser o povo quem decide?

Responder

Edva Aguilar

29 de setembro de 2014 às 22h25

Rosa Zamp?! Como assim rapidez de raciocínio?! Ela foi impedida de responder e quando respondia o tempo era escasso para a resposta!!! Debates, como vem sendo formulados, são ridículos!

Responder

Pedro GOmes

29 de setembro de 2014 às 22h24

Os debates são realmente péssimos nesse aspecto. 30 segundos? 1:30??? quem consegue falar alguma coisa nesse tempo? só narrador de futebol mesmo. kkk

Responder

Edva Aguilar

29 de setembro de 2014 às 22h22

Acho os debates mal formulados, escravos de regras estúpidas. Trazem mais dúvidas do que respostas. Acho que a Dilma não deveria ir ao último. Será sumariamente massacrada. Alckmin não foi, alegou doença e seu maldito prestígio não foi abalado por isso. Bem… É diferente. O sujeito é blindado.

Responder

Liz Almeida

29 de setembro de 2014 às 18h52

Só de ver a cara que a osmarina fez quando a Dilma disse que ela não sabia qual o montante do crédito dos bancos públicos, já fez valer a peba ter assistido ao debate.

Recomendo rever essa parte quem não prestou atenção. A Dilma reinou.

Responder

William Silva Freitas

29 de setembro de 2014 às 21h49

Marina.

Responder

William Silva Freitas

29 de setembro de 2014 às 21h44

Dilma não para de olhar pra dentro da caixa do PT. Tá cega. Não outras opções de como melhorar o Brasil. Não voto no PT.

Responder

Rosa Zamp

29 de setembro de 2014 às 21h27

Sou Dilma sempre! Mas o debate de ontem, pra mim, não foi bom. Embora Dilma tenha enquadrado a Marina, ainda assim lhe faltou mais rapidez de raciocínio e de fala para responder a todos os ataques que recebeu. Foi um debate tenso, com manifestações de platéia a favor do Aecioporto e sem providências por parte da produção. Essa é só minha opinião.

Responder

Jakeline de Oliveira

29 de setembro de 2014 às 21h27

Dilma 13!!

Responder

FabioT

29 de setembro de 2014 às 17h39

em certo momento do debate, a marina prometeu criar o Cadastro Unico da Saude, seria então o CUS ? atenção não é piada é sério

Responder

Jhon Caldeira da Silva

29 de setembro de 2014 às 20h24

Eram todos contra a Dilma e Dilma contra todos. Foi patético a Record não dar direito de reposta a ela quando os cretinos disseram que ela apóia os terroristas, mas acho que todos sabem que recor ama os sionistas asacinos de Israel. Eu voto Dilma 13.

Responder

    NONON

    29 de setembro de 2014 às 20h10

    Ridículo é o tempo para direito de resposta

    Responder

Conceicao Falcao

29 de setembro de 2014 às 20h17

Marina abatida e atrapalhada

Responder

Marcio Santiago

29 de setembro de 2014 às 20h13

MARINA SE FODEU….. AGORA SÓ DA DILMA.

Responder

Jorge Fernandes

29 de setembro de 2014 às 17h08

Não ví, mas posso afirmar que a Dilma ganhou.
Varias pessoas da direita disseram isso
O mais importante foi na conversa hoje pela manhã do Boechat com o Macaco Simão, disseram que o Aócio tinha acabado de chegar do posto 11 no Leblon e que estava com uma cara daquelas, insinuaram que estava chapadissimo.
Outras pessoas tambem falaram isso.

Responder

André Pinto Molina

29 de setembro de 2014 às 20h05

Dilma13

Responder

Célia De Moura Borges

29 de setembro de 2014 às 19h59

O formato do debate é horrivel !O tempo é ridiculo prá qualquer resposta !E Dilma era a bola da vez!

Responder

Célia De Moura Borges

29 de setembro de 2014 às 19h59

O formato do debate é horrivel !O tempo é ridiculo prá qualquer resposta !E Dilma era a bola da vez!

Responder

Hirto Gervásio

29 de setembro de 2014 às 19h58

Dilma 13

Responder

Hirto Gervásio

29 de setembro de 2014 às 19h58

Dilma 13

Responder

Vilma Borges Wiese

29 de setembro de 2014 às 19h53

Dilma foi cercada por todos os lados, o formato desses debates são muito ruins, o tempo é pouco para revidar as acusações, principalmente quem está na belinda como Dilma. Mas, o horrível, o detestável foram os nazi-fascistas LEVY E PASTOS EVERALDO. Precisamos urgentemente nos preparar contra esses idiotas.

Responder

Vilma Borges Wiese

29 de setembro de 2014 às 19h53

Dilma foi cercada por todos os lados, o formato desses debates são muito ruins, o tempo é pouco para revidar as acusações, principalmente quem está na belinda como Dilma. Mas, o horrível, o detestável foram os nazi-fascistas LEVY E PASTOS EVERALDO. Precisamos urgentemente nos preparar contra esses idiotas.

Responder

Carina

29 de setembro de 2014 às 16h49

A Dilma foi objetiva e pontual ao listar o que foi feito no seu governo e o que está sendo almejado, Marina só soube se defender e não apresentou nada de proposta. O fato de não apresentar nada também foi seguido pelos outros participantes. Dilma foi a melhor.

Responder

HELOISA

29 de setembro de 2014 às 16h16

Uma coisa já se pode perfeitamente constatar neste último debate: o pessoal do PT não quer mais se arriscar a que que Dilmona abra a bocarra para falar de improviso: para responder, ela agora é obrigada a consultar um índice e responder lendo o que ali se encontra escrito, mesmo que fique fora de contexto, pois o objetivo é apenas ganhar tempo e continuar enganando o eleitorado pois, já se verificou e se constata, pelo crescimento da Dilmona, que o eleitorado não consegue mesmo entender qualquer que seja a resposta, pois a maioria são analfabetos funcionais que somente se preocupam com os trejeitos e as encenações das respostas, o faz de contas, não interessando que a resposta esteja ou não completamente fora do contexto perguntado, já que a ´´única coisa que o eleitorado não admite, não perdoa mesmo, é voz tremida e o famoso “deu branco” ! Ah ! isso o nosso inteligente eleitorado entende, porque vê, sente, tem empatia e sofre com aqueles que não sabem ser safo !

Responder

Rosana Silva de Morais

29 de setembro de 2014 às 19h14

Sei não em…kkk ta faltando informação

Responder

Rosana Silva de Morais

29 de setembro de 2014 às 19h14

Sei não em…kkk ta faltando informação

Responder

C.Paoliello

29 de setembro de 2014 às 16h12

Mostrou o que todos já sabem: Dilma é DISPARADAMENTE mais preparada para governar do que todos os outros. É até uma covardia colocá-los todos no mesmo debate.

Responder

Mário Cesar Serafim

29 de setembro de 2014 às 16h09

Um poema meu que mostra a importância dessas eleições para presidente do Brasil. Para que possamos pensar muito profundamente antes de tomar uma decisão:

DIVISOR DE AGUAS

Nessa próxima eleição para presidente do Brasil
Haverá uma luta entre o passado e o futuro…
Entre o antigo entreguismo mais infame e servil
E o florescer de um nacionalismo puro…

Entre as águas turvas de um passado obscuro
Povoado por lembranças de miséria e horror
Ou entre as águas cristalinas de um futuro
Que promete ser mais igual e promissor!

Entre aquele que acha que não tem mais jeito
E o melhor a fazer é entregar tudo para o estrangeiro
E aquele que é nacionalista e guarda no peito
O imenso orgulho de ter sangue latino e de ser brasileiro!

Entre aqueles que querem um país endividado
Para engordar ainda mais a conta do banqueiro
E aqueles que preferem um país forte e abastado
Que pare de mendigar e ainda empreste dinheiro!

Entre aqueles que agem como malditos feitores
Que escravizam e oprimem a grande massa operária
E aqueles que jamais aceitarão esses impostores
E sonham com uma nação mais humana e igualitária!

Entre aqueles que destroem o futuro de seus filhos
Em troca de umas migalhas recebidas no presente
E aqueles que querem ver o país colocado nos trilhos
Que levam a uma vida mais digna e mais decente!

É isso que está em jogo, nessa eleição para presidente…

Responder

Willian Gonçalves

29 de setembro de 2014 às 18h58

Dilmae estava seria, mas parecia confiante, blablamarinafalia um fiasco… Os outros candidatos não pontuaram na minha pesquisa.

Responder

Edmilson Lira

29 de setembro de 2014 às 18h52

Tirando as porcarias mais fedorentas que Levy Fidelix falou, não achei um debate transformador de opinião.

Marina perdeu a chance de se desculpar da mentira sobre a CPMF, pois já sabia que sabíamos e, estarrecedoramente, resolveu insistir na mentira.

Achei que Dilma errou na escolha da pergunta a Aécio. Ela levantou a bola para ele repetir os denuncismos da Veja, que ainda não podem ser refutados, porque não se sabe o que Paulo Roberto disse, e parte do público não sabe diferenciar denúncia de denuncismo.

Luciana fez bem atiçar Levy, mas não soube aproveitar o momento com uma reprovação mais contundente.

No mais, fico preocupado com o modo de se defender de Dilma, pois não está conseguindo mostrar a leviandade das acusações de Aécio e Marina.

Responder

Tony

29 de setembro de 2014 às 15h44

No debate da Record entre os candidatos a presidente, Aécio deu um banho em Dilma e foi o melhor, por Ricardo Noblat
Cito de memória:
– Não é possível que a senhora não tenha ainda pedido desculpas pela corrupção na Petrobras – provocou Aécio Neves (PSDB), a certa altura do debate entre os candidatos a presidente da República promovido, ontem à noite, pela Rede Record de Televisão.
Dilma (PT) olhou para Aécio de cara feia. Antes que ela respondesse, Aécio voltou a provocar:
– Não há um sentimento de indignação, não vejo em momento algum a senhora dizendo ‘não é possível que fizeram isso nas minhas barbas sem eu saber o que estava acontecendo’. Não, candidata, essa indignação está faltando.
Aí Dilma não se conteve:
– Fui eu que autorizei a Polícia Federal a prender Paulo Roberto Costa [ex-diretor de Abastecimento da Petrobras] e os doleiros [um deles Alberto Yousseff].
– Não é a senhora que manda a Polícia Federal prender. A Constituição garante a autonomia da Polícia Federal –devolveu Aécio.
Foi o melhor momento do debate. E o pior momento de Dilma, que mentiu. A Polícia Federal atuou sem o seu conhecimento.

Responder

Mauricio

29 de setembro de 2014 às 15h44

Ser candidato a Presidencia é facil! Basta dinheiro e meia duzia de frases de efeito decoradas. A milhões de anos luz, está a capacidade provada de Dilma Roussef, de administrar uma nação complexa como o Brasil. Os outros que me desculpem, a excessão de Luciana Genro, para o futuro, mas não deu pra voces. Meu voto é pra Dilma. Tranquilamente.

Responder

Leonardo

29 de setembro de 2014 às 15h20

Dilma pode conhecer de tudo da máquina, mas é muito prolixa, gagueja, não é direta, perde muito tempo com “na minha opinião…”, “eu acho…”, “eu gostaria…”. A gente quer uma pergunta que desmonte a resposta do adversário ou uma resposta avassaladora! Mas ela, com sempre, muito técnica. Ufa, que angústia!

Acho que ela estava muito cansada. O tempo de resposta para ela deveria ter uns cinco minutos no mínimo. Sorte é que os outros não têm proposta. Se ela tivesse um pouco da eloquência e assertividade da Luciana Genro, seria menos angustiante assisti-la nos debates. Nunca vi alguém apanhar tanto e demorar uma eternidade “suplicyniana” para responder. Acaba o tempo e ela ainda está no “eu acho…”, “na minha opinião…”. Em nenhum momento ela disse em alto e bom som: “Não fui eleita para desempregar, nem para arrochar salários!”, “Sou a candidata do emprego, do salário, do Pré-Sal, do ProUni, do Pronatec, do Minha Casa Minha Vida”! Parece que o Brasil se resume ao que Marina diz e desdiz, a “corrupção” e a “bolivarianismo”! Cadê o Pronatec, o Ciencia sem Fronteira, o Bolsa-Família que impede a morte de milhões e movimenta a economia para milhares? Cadê o recorde histórico da Petrobrás em produção de petróleo? Ah, não dá tempo?! Então responde rápido e fala sobre isso. O Brasil não é só lamentação de Marina nem corrupção, corrupção, corrupção, senão, a gente fica nas cordas e não ajuda a politizar nem a expor o lado de cada um dos candidatos.

P.S.: Uma pergunta feita, tem que ter o ingrediente de desmontar a resposta a ser dada, até porque a pergunta leva 30s a 1m e a resposta, 1m30s a 2m.

Responder

Eduardo Noguchi

29 de setembro de 2014 às 18h10

Dilma se saiu muito mais séria do que normalmente é, e Marina se saiu muito mais ridícula do que o normal, com dados tirados da revista Vesga. Cadê a assessoria dela?

Responder

Alexsandro Neves

29 de setembro de 2014 às 18h08

” aparelho excretor não engravida”. Levy.

Responder

Andreia Negreiros

29 de setembro de 2014 às 17h57

Sem graça mas acho q Dilma foi bem

Responder

Adonis

29 de setembro de 2014 às 14h57

A Marina estava visivelmente nervosa, suas mãos tremiam.

O nervosismo era em qualquer embate e todos os seus argumentos eram o mesmo: vou governar com a sociedade e todas as criticas são boatos da velha política. A minha nova política quem é velho não entende.

Aécio aparentou tranquilidade e certo sarcasmo em alguns momentos.

O ataque ao governo atual apareceu em todas as suas falas, continuou não atacando Marina as sempre se colocou como a melhor opção para derrotar o PT. Seu desempenho pode ter conquistado alguns votos do antipetismo em detrimento aos votos de Marina.

Dilma se mostrou técnica, não natural, mas eficaz.

A defesa de seu governo e a intenção de mostrar o risco na eleição dos outros candidatos norteou Dilma. Em alguns momentos, inclusive nas considerações finais, parecia morna, quase fria, gaguejou algumas vezes. Mas cumpriu com o papel de mostrar os feitos do governo, cumpriu com o papel de mostrar as fragilidades de Marina e Aécio e continua surpreendendo no domínio que demonstra sobre qualquer tema.

O debate da Record tem um formato ruim, com apenas 1m30s para responder temas importantes e muito menos para comentar as respostas, só 30s.

Aécio ganhou espaço no anti-petismo e Dilma ganhou vantagem no debate por ter aproveitado a situação se mostrando como a mais preparada para cuidar de cada um dos temas federais.

Responder

Sonia Lopes de Souza

29 de setembro de 2014 às 17h57

Marina afundou de vez. Foi muito mal e Dilma foi muito bem. O que causou nojo e revolta foi o imbecil do Levy Fidélix. Homofóbico asqueroso.

Responder

Eliana

29 de setembro de 2014 às 14h55

Dilma foi bem.
Tem o que mostrar e conhece o país e suas necessidades.
Gostei da postura da Dilma desafiando Aécio e Marina.
Os demais são figurantes caricatos que atiram contra Dilma,
mas o tiro cai no próprio pé.
A Marina tremia quando Dilma perguntou sobre a CPMF.
A postura agressiva de Aécio depõe contra ele , no sentido que,
se agressividade ganhasse eleição , ele estaria em primeiro lugar,]e, não em terceiro , na rabeira.

Responder

Lula 2018

29 de setembro de 2014 às 17h46

Dilma estava decidida e enfática. Defendeu seu ponto de vista e soube se defender!

Responder

Salete Soares

29 de setembro de 2014 às 17h24

Verdade a Dilma e o Lula nunca sabem de nada o que acontece no PT. No partido dos outros sabem tudo…

Responder

Graça Bezerra de Castro

29 de setembro de 2014 às 17h22

Não foi um debate foi um complô contra Dilma

Responder

    PEDRO HOLANDA

    29 de setembro de 2014 às 15h25

    Verdade, Graça. ´´Vou manter o Bolsa Família, o Minha Casa… o Prouni… … Caramba e de novo, nada? Uma merreca de novidade não teve nem tem. Pobre oposição.

    Responder

Neuza Palaro

29 de setembro de 2014 às 17h06

Responder

Alder Oliveira E Silva

29 de setembro de 2014 às 17h04

Muito blá, blá, blá….os candidatos não respondem às perguntas…Ninguém admite que errou… to pensando seriamente em anular o meu voto.

Responder

Luzete Luzt

29 de setembro de 2014 às 17h01

“debate” enfadonho de amadores irresponsáveis, diante de uma candidata preparada, séria, responsável, que sabe o risco de cada palavra e firme no compromisso de fazer o Brasil avançar. e aquele tal de levy fidelix deveria sair preso dali. na verdade, acredito que este formato de debate não avança em nada e, pior, concede espaço para pessoas absolutamente vazias de conteúdo, de projetos. que nada sabem do mundo e de Brasil. um espaço para futilidades e rancor. nada mais do que isto.

Responder

    enganado

    29 de setembro de 2014 às 14h20

    Concordo em gênero/número/grau. Nota 10!

    Responder

Marcio Flizikowski

29 de setembro de 2014 às 16h55

Em uma debate do todos contra UMA, em que os extremistas de direita faziam tabelinha com aberrações de opinião… no final, MARINA foi noceuteada por DILMA que ainda teve a colaboração do carreirista AÉCIO que aplicou alguns jebs na fada da floresta e, finalmente, quando MARINA já estava no chão até LUCIANA GENRO deu chuta na cara da coitada ao falar do seu modelo de nova política. EDUARDO JORGE foi o melhor e reconhece que não está aqui vencer, mas para fortalecer syuas bandeiras, ganhar votos e barganhar o apoio do partido a quem quer que seja eleito. DILMA foi muito bem, AÉCIO escapista não se comprometeu e deve herdar mais alguns votos de MARINA… FIDELIX sem comentários… PASTOR EVERALDO sem comentários… LUCIANA GENRO bateu bem, mas também não conta. Se for pelo debate e continuando nesse ritmo arrisca não ter segundo turno. Se tiver segundo turno, chance de Aécio ficar com a vaga. Marina adoraria que a eleição fosse antes de ontem… quantos mais dias para a eleição, mais chances de perder votos – se faltasse um mês para a votação, arriscaria ela ficar atrás até do Pastor Everaldo.

Responder

    enganado

    29 de setembro de 2014 às 14h25

    Caro Marcio

    Gostei: Fada da Floresta=gnomo! Vou usá-lo!

    Responder

    Roseli santos

    29 de setembro de 2014 às 22h17

    Adorei Márcio seu comentário!!

    Responder

Ricardo Edmundo Cecconello

29 de setembro de 2014 às 16h49

COMEÇOU A SEMANA DO TERRORISMO TUCANALHA E FUNDAMENTALISTA PARA EVITAR A VITÓRIA DE DILMA NO PRIMEIRO TURNO
Começou o que estava na cara. Apareceu até um “terrorista” bonzinho, escondido pelo “delegado de polícia” que o prendeu.
Parece que a PUNIÇÃO À REVISTA VEJA cujas calúnias e difamações contra DILMA surtiu efeito.
Estranho que o “delegado” não fale a identidade do “terrorista”, nem seu partido, e nem por qual denominação o mesmo é EVANJÉGUE CRISTÃO.
Tudo para fazer o povo burro de mais idiota. Se é que é possível fazer um crentino ficar mais imbecil.
NÃO SE DEIXE ENGANAR. NÃO VOTE EM CANDIDATO LIGADO À RELIGIÃO.
NÃO VOTE EM CANDIDATOS EVANGÉLICOS
A vítima pode ser você.
http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/homem-invade-hotel-em-brasilia-e-coloca-colete-com-explosivos-em-refem/

Responder

Eder Botechia

29 de setembro de 2014 às 16h49

A Dilma não tem programa de governo; o que eu vi ontem foi um programa marqueteiro.

Responder

    Roseli santos

    29 de setembro de 2014 às 22h20

    Eder, vc estava onde na hora do debate?? Dilma não tem Programa de Governo?? A tá, vc é do tipo que vota no Fidelix obelix??

    Responder

Hilton Hills

29 de setembro de 2014 às 16h48

Empate técnico entre Eduardo , Luciana e Dilma.Agora O PT deve analisar alguns argumentos fortes vindos de Eduardo e de Luciana e converter em bônus a sua candidatura ,só não entendi a falta de proposta para a matriz energética e #ficadica para Dilma ,tomar a Alemanha como exemplo e adotar seus estímulos a produção individual com a utilização de painéis solares e outra a renovação da frota com prioridade aos híbridos e carros com tecnologias mais eficientes em detrimento a reduções de IPI e outros estímulos diretos e pouco eficiente s na prática .

Responder

Mari Andreasi

29 de setembro de 2014 às 16h44

Debate??? Onde aquele ataque em bloco à Dilma pode ser chamado de debate? Vergonha e nojo dessa oposição de 5a categoria…

Responder

    enganado

    29 de setembro de 2014 às 14h23

    Cara Mari.

    Pergunte qto cada opositor da DILMA levou (grana) para terem aquele comportamento.

    Responder

João Augusto Lourenço Alves

29 de setembro de 2014 às 16h44

Só relembrando o que a nossa grande filosafa e pensadora contemporane disse em uma entrevista para o Bonner da Globo.

Responder

Vivaldo

29 de setembro de 2014 às 13h43

Esses debates só servem para atacar a Dilma. São todos contra ela. E ainda a fadinha da floresta é que se acha a perseguida, a injustiçada.

Responder

Severina Das Graças

29 de setembro de 2014 às 16h43

Nada de novo. Aliás, a leviandade e a cretinice do Arrocho… um horror! Das Dor como sempre muito anêmica. Parece que está com pobrema de saúde – sem memória. Luciana Genro parece presidenta do DCE, Eduardo Jorge é verde demais. Muito imaturo. Os impostores? Não sei qual é o pior. Salve DILMA ROUSSEFF bem centrada e dona da situação.

Responder

Eder Botechia

29 de setembro de 2014 às 16h42

Se estivéssemos diante de um bom governo não seria todos contra Dilma.

Responder

    angela

    29 de setembro de 2014 às 14h12

    Eduardo, larga mão de ser cretino e vá ler sua revista favorita “Veja”

    Responder

Vani Moura Guarani Kaiowá

29 de setembro de 2014 às 16h40

O mais reacionário de todos é o tal do Felix. As declarações dele são impublicáveis. Marina há muito se perdeu…..

Responder

João Augusto Lourenço Alves

29 de setembro de 2014 às 16h39

Escandalos e corrupção! Onde foi parar a ética ? Cade a honestidade que essa turma deveria dar como exemplos aos cidadões ? Os condenados pela justiça no escandalo do mensalão, de que partido a corja pertence ? Foram expulsos do PT ?

Responder

Geuesle Gomes da Mata

29 de setembro de 2014 às 16h37

100% DILMA

Responder

Eder Botechia

29 de setembro de 2014 às 16h37

A Dilma parecia uma aluna primária lendo a lição de casa para a professora. Não consegue falar nada vindo dela mesma, sem contar suas caras e bocas quando os outros falavam.

Responder

João Augusto Lourenço Alves

29 de setembro de 2014 às 16h31

A gente reclama que não tem hospital na hora em que precisa, que a inflação está alta e o salário não permite comprar as coisas que desejamos, que não tem emprego, que não tem escola boa,… e etc. Só que na hora de votar, mesmo sabendo que as coisas não vão bem votamos nos mesmos ! Antes todo mundo tinha medo que o Lula entrasse no governo. Entrou e conseguimos avanços, só que com Dilma as coisas pioraram, estamos em recessão técnica, só noticias de corrupção e o pior crescimento econômico desde Floriano Peixoto. Está na hora de mudar ! Dilma, conseguiu estragar tudo que o FHC e o Lula deixaram de avanços. Partido e candidatos não se devem ser tratados como um time de futebol de coração. Quando um time perde nos os torcedores não somos afetados financeiramente, bem diferente de quem já está governo e que perdeu o controle e está querendo ficar mais 4 anos pra que ???????

Responder

    elisa

    29 de setembro de 2014 às 14h42

    Você está na Europa? É lá que não tem emprego e a situação está piorando… Não sei se você sabe, mas no governo FHC tínhamos 50 milhões de indigentes no país, ele deixou o governo com 12% desemprego (e ainda se calculava para não ficar mal o trabalho informal dos camelôs, em quem o PSDB vivia mandando bater, e os coitados tinham que fugir). 45% de juros bancários, que bom que o Lula(que agora todo mundo elogia, mas antes tratava a pancada) e a Dilma estragaram os dois “brasis”…

    Responder

clevio

29 de setembro de 2014 às 13h29

ESSES PARTIDOS DE ALUGUEL SERVE E PRA ISSO. FIDELIX, PASTOR EVERALDO TUDO E UMA VERDADEIRA PORCARIA. SEM DISCURSO ALGUM, COMPADRE DO AERCIO NAS PERGUNTAS, SO PARA ATACAR DILMA. MARINA UMA VERDADEIRA DESPREPARADA, DISSE QUE VAI GOVERNAR COM O POVO.DEVE SER O POVO DO ITAU E DO AGRONEGOCIO E ACIMA DE TUDO E MENTIROSA, QUANDO ELA FALA QUE VOTOU A FAVOR DA CPMF. PARA MIM A DILMA FOI COM CERTEZA, A MELHOR E TEM DISCURSO MAS NAO TEVE A CHANCE DE DEFESA QUANDO NAO TEVE O DIREITO DE RESPOSTA. MEU VOTO E PARA DILMA.

Responder

Ciro Gomes

29 de setembro de 2014 às 13h25

O Circo já deve estar armado na globo, com duas versões ou seja: com Aécio ou Marina no segundo turno, caso seja o Aercio as denuncias virão pegando fogo que Bombeiro nenhum apaga e se for Marina, as denuncias virão pegando fogo que Bombeiro nenhum apaga. Inteligente meu raciocínio não acham?

Responder

Marcio

29 de setembro de 2014 às 13h25

Ja que pediu vou fazer uma análise objetiva e imparcial.
Aécio contando as mentiras de sempre é o mesmo dissimulado.
Marina a grauna, irritante e despreparada
Partor Everardo, um cocô
Luciana, sincera e prestando serviços ao pais
Levi Fidelis, o pniguim de madagascar, não se esperava outra cisa senão o que se viu. homofóbico.
Aquele médico do PV disse que não fuma mas tenho minhas dúvidas.
Dilma, Linda Maravilhosa, arguta, uma harpia com suas asas imponentes a plainar sobre os demais, pequenos roedores desesperados com a presença da magnifica.
Eu sou imparcial. Abraços

Responder

João Augusto Lourenço Alves

29 de setembro de 2014 às 16h25

Programas copiados do FHC, só mudaram os nomes !

Responder

Dejair Ribeiro Martins

29 de setembro de 2014 às 13h24

Quando liguei já tinha começado, mais achei horrível o pouco tempo que os candidatos tinham para responder, e achei uma ingratidão da Record deixar de fora para perguntas jornalistas no nível dos: Amaury Ribeiro Junior, Luiz Carlos Azenha, Rodrigo Viana entre outros.

Responder

Regina Vieira

29 de setembro de 2014 às 16h23

achei injusto Dilma não ter recebido direito de resposta quando o Aécio afirmou ‘distorções fraudulentas’ sobre o pronunciamento de Presidenta na ONU…Na performance dela apesar dos ataques, gostar de ver mais ânimo/entusiasmo e alegria.

Responder

Patriota Wladputtin Wladputtin Patriota

29 de setembro de 2014 às 16h22

Marina pela fé que ela professa, é muito vergonhoso para ela não dizer a verdade sobre a votação da CPMF. Penso que ela já caiu no descrédito de muita gente. Essa cara de SungaMonga já ficou batido.

Responder

Monica Braga

29 de setembro de 2014 às 16h22

Uma M. porque fora a Dilma os demais candidatos não tem propostas, sem contar que o Deficiente Mental do AD Neves, fica acusando e mentindo o tempo inteiro. Esse menino do Rio tem que se internar em uma Clínica Psiquiátrica.

Responder

    Aécio e Blá-blá para a clnica

    29 de setembro de 2014 às 14h15

    Aécio e Blá-blá deveriam ter saído direto para uma clínica. De reabilitação e, no caso de Blá-bá, clínica psiquiátrica porque a mulher é uma débil mental. Dilma corretíssima e o resto nem deveria ter entrado no debate.

    Responder

    enganado

    29 de setembro de 2014 às 14h35

    Cara Monica

    Se você tem amigos na Gávea, dos tempos em que o Netinho andava por lá: Pergunte ao amigos como era o fim de noite dos Aébrio. Não se assute.

    Responder

Kátia Regina Assis

29 de setembro de 2014 às 16h22

Achei o debate tenso porque a minha candidata estava na mira de todos , sendo combatida a exaustão e não teve direito de resposta ….A Marina parece uma evangélica falando aliás divagando , sem consistência e o Aécio uma figura sinistra , manipulador de fatos com brilho nos olhos …..acho cínico…..Eduardo Jorge , já admirei mas ….como a Luciana desmascarou o seu discurso teórico com a prática ….aliado a governos corruptos e violentos em São Paulo …. ele e a Luciana que tanto admirei caíram por terra como bonecos inflados por discursos improváveis ….agora murchos e vou dizer porque …..Não poderiam nunca como partidos de esquerda para provarem pureza de idéias estarem na outra ponta do laço para enforcarem a Dilma, imperdoável a nossa esquerda , nenhuma solidariedade num momento tão grave como este ….arrepiei …. a Luciana com seu discurso socialista acreditando em pureza ideológica numa sociedade capitalista de interesses corporativos nada republicanos, e com o nosso congresso onde escapam uma dúzia de políticos dignos e sendo filha de um petista histórico que já foi tão combativo como ela ….não me convence mais …. e vou explicitar ….provocou os comentários bizarros de um candidato tosco homofóbico que desrespeitou publicamente aos que lutam por direitos , incitou com isto a violência ao dizer somos muitos e vamos lutar contra eles…..aí esperei a resposta da Luciana que admirava pela indignação a flor da pele e um discurso sempre fluido e primoroso massssssssssssss…..uma insossa defesa a todas as formas de família ….. coloquei na minha indignação palavras em sua boca ,explosivas , ferozes , acho que muita gente fez seu discurso interior naquele momento ….. mas a bola nem quicou …..decepcionante.

Responder

Pedro GOmes

29 de setembro de 2014 às 16h19

o engraçado Gustavo é que a Marina negou novamente que tenha sido contra a CPMF no debate. Cara de pau.

Responder

Cely Bertolucci

29 de setembro de 2014 às 16h17

não assisto o circo. É um jogo perverso que não acrescenta compreensão ao que se está decidindo.

Responder

Pedro GOmes

29 de setembro de 2014 às 16h14

assisti 2x. achei ótimo. debate sempre é produtivo para uma democracia. é 1º turno na certa. só fico chateado com a oposição ser tão ridícula. Fidelix foi um lixo de reacionário, Marina extremamente fútil, Aécio sempre querendo ser o paladino da ética, Luciana foi muito bem, assim como o Eduardo. Dilma quando fala, mostra os números, rebate todo mundo. Ela sim, foi espetacular. Eu queria outros como ela. Pastor Everaldo nem comento.

Responder

Messias Franca de Macedo

29 de setembro de 2014 às 13h14

Leitores: Delator trabalha na Petrobras desde 1978

publicado em 8 de setembro de 2014 às 1:45

Da Redação

Informação recebida de dois leitores, via Facebook. Um deles escreveu:

“Conversando com uma pessoa que trabalhou com Paulo Roberto Costa, tomei conhecimento de algo que ainda não foi noticiado. Gostaria de atentá-los para o fato de que Paulo Roberto se tornou diretor da Petrobras ainda no governo FHC. Ele foi diretor da Petrobras Gás S.A. – GASPETRO, de maio de 1997 a dezembro de 2000. Como já foi divulgado na grande mídia, Paulo Roberto é funcionário de carreira da empresa desde 1978.

Acho que é extremamente importante a divulgação dessa notícia, pois o noticiário da grande mídia leva a crer que foi o PT que levou Paulo Roberto para a empresa. O caso não é tratado como um servidor de carreira que cometeu deslizes”.

FONTE: http://www.viomundo.com.br/denuncias/leitores-delator-trabalha-na-petrobras-desde-1978.html

Responder

    enganado

    29 de setembro de 2014 às 14h43

    Caro Messias

    O GAFE+rede bunderantes sabem disso desde o começo da história de Pasadena. Nunca vão contar a verdade dos fatos, só meias verdades com o propósito de beneficiar a Direita. Pergunto: Por que o metido a justiceiro da bunderantes Boechat não conta a verdade? NÃO INTERESSA A DIREITA=PSDB=GAFE=… todos cretinos, mentiroso, salafrários, … ; o BRASIL é um mero detalhe, ou seja, um balcão de negócios entre eles e a imprensa-empresa-press_tituta-internacional anglo sionista, instalada nos EUA/iSSrael.

    Responder

Pedro Mn

29 de setembro de 2014 às 16h14

Dilma tentava responder a ataques feitos pelo tucano Aécio Neves e pelo pastou Everaldo. Faltou-lhe, porém, um mínimo de nexo. Nomeado diretor de Abastecimento da Petrobrás em 2004, sob Lula, Paulo Roberto Costa, o diretor da petroroubalheira, deixou a estatal em 2012, segundo ano da gestão Dilma, mas saiu sob rasgados elogios pelos “bons serviços” prestados. A polícia federal atua no caso sob convocação da Procuradoria da República, avalizada pela Justiça Federal. Quanto às “propostas concretas de combate à corrupção”, foram anunciadas por Dilma na última sexta-feira, 12 anos depois da chegada do PT ao poder federal. Redigidas em cima da perna, tais propostas ganharam a campanha eleitoral no sábado, véspera do debate.

Responder

rildoferreiradossantos@gmail.com

29 de setembro de 2014 às 13h13

Penso como o Kléber. O modelo precisa ser revisto. O cara vai lá, joga uma mentira no ar e se colar colou. Não há como esclarecer sobre o assunto e fica o dito pelo não dito.

Dilma foi bem, mas precisa fazer um intensivo no tuíter. Não consegue sintetizar o que tem a dizer. Gagueja muito e se perde na “contextualização” quando está dizendo. Falta à ela também aquele traquejo debochado dos políticos experientes, como Brizola e Lula.

Quando falaram de planejamento Dilma debochadamente poderia lembrar o “planejamento” do PSDB em São Paulo para o abastecimento de água potável para a população. Sobre a Petrobrás, assunto recorrente de Aécio e Marina, poderia ser debochada também para lembrar as canalhices do PSDB no período de FHC. Dilma não consegue fazer isto.

Marina parece que toma Lexotan. Leva porrada de todos os lados e ela se perde na resposta, mas não altera e nem demonstra ficar nervosa com qualquer assunto, mesmo quando colocada de costas na parede.

Aécio foi franco atirador. Mentiu e repetiu o mantra que surtiu algum efeito na campanha de Dilma: Petrobrás e corrupção. Não apresenta absolutamente nada que seja aproveitável.

Luciana tem um potencial para debates incrível. Não fosse pela viagem nas propostas transloucadas, inexequíveis num país com a nossa cultura, seria uma excelente candidata. Repete aquela ladainha que só o Psol tem condições de realizar as mudanças que o país precisa. Falta combinar com o eleitor.

Fidelix roubou a cena com um discurso homofóbico e desconectado da realidade deste século. Se existia alguma coisa para perder, perdeu ontem. Entre suas falas me pareceu querer expatriar toda a comunidade LGBT e eliminar todo e qualquer usuário de droga – Bem parecido com o PSDB que acha que para resolver o problema da fome tem de matar o faminto. Fidelix deveria ter recebido voz de prisão ao sair do debate.

Pastor Everaldo fez o papel de ajudar Aécio praticando hemorragias verbais que atacavam diretamente Dilma. Mas este não fede nem cheira de tão ruim que é.

Responder

Messias Franca de Macedo

29 de setembro de 2014 às 13h13

Os esclarecimentos que a presidente Dilma Rousseff não prestou no debate da Record terão que ser feitos no horário
da propaganda eleitoral –

O Paulo Roberto Costa ingressou na Petrobras em 1978, sendo nomeado politicamente para o cargo de diretor da
GasPetro no governo DEMoTucano FHC do candidato Aécio ‘Never’; o mesmo Paulo Roberto Costa foi demitido há cerca de 1,5 ano pela presidente Dilma Rousseff; a revista ‘veja’ que veiculou as [supostas] denúncias foi punida pelo Tribunal
Superior Eleitoral por crime de calúnia – o direito de resposta será veiculado na próxima edição do semanário reincidente em crimes eleitorais contra o PT e outros movimentos trabalhistas, progressistas e nacionalistas…

E APRESENTAR:

Maior cientista brasileiro declara voto em Dilma

O maior cientista brasileiro vivo, Miguel Nicolelis, considerado um dos 20 maiores cientistas do mundo, segundo a revista “Scientific American”, abriu seu coração nas redes sociais
(…)

Por Miguel do Rosário, postado em setembro 28th, 2014

– See more at: https://www.ocafezinho.com/2014/09/28/maior-cientista-brasileiro-declara-voto-em-dilma/#sthash.Qv443zhc.dpuf

Depoimento proferido do diplomata Samuel Pinheiro Guimarães – sobre o discurso da presidente Dilma Rousseff na ONU, debate acerca do conflito EUA X Estado Islâmico – Em ‘Repórter Brasil’ (TV Brasil), edição de 27/09/2014…

(Paulo Henrique Amorim, Rodrigo Vianna, Luiz Carlos Azenha e Marco Aurélio Mello, os verdadeiros jornalistas da Record, não participaram do debate! Censura?! Pressão do Aécio ‘Never’?!…)

Responder

Rodrigo Moller Silveira

29 de setembro de 2014 às 16h12

Kkkkkkkk, Marina so demonstrou despreparo em apenas dizer em manter programas sociais de sucesso doPT!

Responder

Nuno

29 de setembro de 2014 às 13h11

Luciana Genro é a candidata que os petistas gostariam que Dilma Rousseff fosse.

Responder

    Eva

    29 de setembro de 2014 às 14h23

    Não eu. nem minha família e amigos. A Luciana é desonesta. Ela só está preocupada em se promover. Não confio na Luciana. Aliás, não confiamos em ninguém que saiu do PT.

    Responder

Gustavo Alves

29 de setembro de 2014 às 16h10

Assisti pelo youtube e Dilma se comportou como um verdadeiro rolo compressor. Pegou Marina Silva por duas vezes na mentira, quando esta disse que votou a favor da CPMF e sobre redução do papel dos bancos públicos.Marina respondia uma coisa mas seu plano de governo dizia outra!

Responder

Róber Iturriet

29 de setembro de 2014 às 16h09

* Marina resolveu usar o debate para criticar a esquerda. E se afastar definitivamente (parece). E também para contradizer seus assessores sobre os bancos públicos. Acho que ela fez seu pior debate. Seu comentário final foi bom.
* Fidelix fez comentários homofóbicos chocantes. Ainda chamou a presidente da Argentina de louca
* Dilma fez seu melhor debate até aqui. Foi firme, segura. Falou bem, o que é raro. Acho que ela venceu o debate.
* Aécio foi articulado (como sempre). Não trouxe novidades. Se mostrou muito mais preparado do que Marina, o que não é novo também.
* Everaldo falou o mesmo de sempre.
* Eduardo Jorge não se destacou tanto como nos outros. Mas politizou o debate.
* Luciana Genro foi bem mais uma vez. Para mim ela foi a melhor nos outros três. Clara nas suas posições, crítica e articulada.

Responder

Mineiro

29 de setembro de 2014 às 13h08

Piores momentos do debate:
Eduardo Jorge perguntando sobre precificação do carbono (!)
Luciana incomodada com o risinho do candidato do Partido Verde
Pastor Everaldo dizendo que eleição é igual a mineração (!!)
Aécio discorrendo sobre ética, moral, dignidade e decência
Dilma perguntando sobre a Petrobrás (era tudo que Aécio queria)
Marina tremendo com um papel na mão ao falar da CPMF
Levy Fidélix soltando excremento pelo aparelho bucal

Responder

Poliana Assunção de Melo

29 de setembro de 2014 às 16h03

Todos contra Dilma. Ela deve mesmo ganhar em primeiro turno.

Responder

Sandro

29 de setembro de 2014 às 12h57

O formato do debate é até razoável, mas o tempo de resposta, réplica e tréplica, muito curtos o que não possibilitava um debate de idéias interessante. Pra mim quem se saiu melhor no debate foi a Luciana Genro. Entre os com chances Dilma se saiu melhor, mais pela incompetência do Aécio e a posição defensiva da Marina, nocauteada por Dilma já no início, do que por produzir algo de interessante.

Responder

Cosme Henrique

29 de setembro de 2014 às 12h55

Eduardo Jorge decepcionou. Falou um monte de merda, juntamente com Pastor e Levy Fidelix, que mostrou que além de todas as merdas que diz, ainda é homofóbico. Desculpe os “palavrões”.

Responder

Antonio Carlos Freire

29 de setembro de 2014 às 15h54

Análise correta Joao Cláudio

Responder

Cosme Henrique

29 de setembro de 2014 às 12h53

O debate foi uma bosta. Todos contra Dilma. Dos 3 pedidos de resposta, deram apenas 1. Os nanicos fazendo dobradinha com o Aécio. Foi o melhor debate da Dilma até agora, pq ela entrou “daquele jeito”. Marina estava anêmica. Mentiu, não respondeu as perguntas de forma clara sobre nova política, tentou dobradinha com o Aécio e se ferrou…

Responder

Sérgio Marinho Marques Cavalcanti

29 de setembro de 2014 às 15h52

té aonde assisti, a Lucina só deu apertos na Marina e Aécio e a Dilma teve direito de resposta, vou ver completo ainda.

Responder

João Cláudio Fontes

29 de setembro de 2014 às 15h48

Uma bosta .Esse modelo de debate não permite a verdadeira troca de idéias , exposição de projetos e argumentos , ou seja , o debate .Todos atacando e fazendo ‘tabelinha’ contra a Dilma , e ela sem tempo hábil pra se defender adequadamente . Inclusive essa pseudo-esquerdista Luciana Genro , que sempre faz coro com a direita contra o PT , e o Eduardo Jorge , por quem eu tenho simpatia , mas que a Luciana Genro de fato apontou a inconsistência ideológica do PV. A Marina mais uma vez mostrou o quão despreparada ela é pra ser presidente , vaselina , sem clareza e enroladora , e o Aécio fazendo o seu teatrinho de horror, terrrorismo, como sempre , invertendo a realidade, com a ajuda do robótico pastor Everaldo, dizendo que o Brasil está à beira do abismo , ‘esquecendo’ a bosta que foram os governos do FHC e o governo dele em Minas , onde ele está perdendo pro PT .O Fidelix , francamente , é uma figura patética, um nanico intelectual e de alma .Mesmo assim , acho que a Dilma se saiu bem , dadas essas circumstâncias, o que pra mim só mostra o quão guerreira e valente ela é . Meu voto é Dilma .

Responder

Edvaldo Junior

29 de setembro de 2014 às 15h47

marina estava acuada. Dilma deu uma grande melhorada nos contra-ataques.

Responder

Herik Franco

29 de setembro de 2014 às 15h45

Penso que o debate foi muito ruim. Candidatos desesperados e pouco tempo tempo para réplica e tréplica foram pontos negativos. Já o Levi Fidelix… nem merece comentário.

Responder

Breno Crispino

29 de setembro de 2014 às 15h44

com direito a fala genocida no final

Responder

Breno Crispino

29 de setembro de 2014 às 15h44

foi uma merda

Responder

Adriana Alibati

29 de setembro de 2014 às 15h42

Eu vi que todos os candidatos se preocuparam em atacar Dilma, esqueceram de Marina, sabendo que Dilma deu um salto em intenções de voto. No mais, o debate foi fraquíssimo.

Responder

Cida Medeiros

29 de setembro de 2014 às 15h39

Não vi mas ouvi que Dilma está cada vez melhor

Responder

Deixe uma resposta