Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Lula questiona STF sobre crimes de Sergio Moro

Por Miguel do Rosário

16 de junho de 2016 : 01h36

No site A Bem da Verdade

Lula pede que Teori informe MPF sobre abusos de Moro

15 de Junho, 2016

Os advogados do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentaram hoje (15/06/2016) embargos de declaração ao ministro Teori Zavascki, para que o Ministério Público Federal seja notificado das condutas do juiz Sergio Moro que podem, em tese, configurar crime de abuso de autoridade e o crime previsto no artigo 10 da Lei 9269/96. O pedido tem base no artigo 40, do Código de Processo Penal e a notificação ali prevista é obrigatória de acordo com a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal.

A defesa de Lula também insiste que Teori dê acesso ao conteúdo dos inquéritos remetidos de volta ao juiz de Curitiba, conforme havia sido solicitado desde março. O acesso aos autos é essencial para o exercício do direito de defesa, até mesmo para a elaboração dos recursos cabíveis no âmbito do STF.

O acesso aos procedimentos também permitirá identificar outros atos de usurpação da competência do STF cometidos pelo Juiz Sérgio Moro. Há outras ligações telefônicas interceptadas que envolvem autoridades com prerrogativa de foro no STF e até mesmo a juntada de laudo elaborado a partir de investigação sobre o momento migratório de tais autoridades.

Os embargos também mostram que o Procurador Geral da República pediu ao STF para incluir o ex-Presidente em investigações perante aquela Corte sobre os mesmos fatos ou fatos correlatos àqueles que são objeto dos procedimentos originados em Curitiba. Conforme apontado pela defesa, há necessidade de “sistematização” dos procedimentos para que não haja violação ao princípio do “ne bis in idem”, que impede a existência de múltiplos procedimentos investigatórios sobre os mesmos fatos.

A decisão alvo dos embargos foi proferida na última segunda-feira (12/06). Por meio dela, o ministro Teori invalidou decisões do juiz Sérgio Moro proferidas nos dias 16/3 e 17/03, que autorizaram o levantamento do sigilo das interceptações telefônicas e buscaram convalidar gravação sem autorização judicial de conversa entre Lula e a presidente Dilma Rousseff.

Teori determinou também abertura de investigação por vazamento ilegal de informações e documentos que constam em procedimentos que tramitam em segredo de justiça, tal como requerido pelos advogados de Lula.

O ex-Presidente Lula reafirma não ser proprietário do sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP) ou de apartamento no Guarujá (SP). Todos os seus bens estão devidamente declarados e são compatíveis com as suas atividades. Apesar de todos os excessos e arbitrariedades já ocorridos, nada foi provado contra Lula.

Os documentos estão disponíveis em www.abemdaverdade.com.br

Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira

Documentos para download

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Fabio Ferrara

17 de junho de 2016 às 20h08

É o fim da picada! Um bandido querendo processar um agente da Justiça por tê-lo processado. E ainda há néscios que defendem esse canalha desse ex-presidente… Felizmente a hora desses vermes chegou, o povo não cai mais nas falácias dele e de seu grupo, apenas meia dúzia de (pseudo) intelectuais manipuladores continuam apascentando seu rebanho de caviares e mortadelas…

Responder

renato andretti

16 de junho de 2016 às 19h18

LULA, é a quintaessencia desta terra
chamada BRASIL.
Sublimou-se a este degrau..
É isto que representa para o POVO (eu)_
Mexe com ele mexe na minha coluna espinhal.
Mexe no meu cerebro..vou pensar e agir..sem pestanejar.
É isto..não vou querer morrer lendo teorias..não mais..
Li muito, aprendi muito, e não posso ficar na frente do espelho
repetindo frases..

Responder

gilberto

16 de junho de 2016 às 11h39

Penso ser inexorável a instituição de uma corte internacional, com competência recursal, cujas decisões sejam exequível no país, pois em países, como no Brasil, em que o Judiciário escancarou sua partidarização política, a segurança jurídica deixa de existir.

Responder

Claudio Costa

16 de junho de 2016 às 10h18

Como não dizer que o judiciário não participa(ou) do golpe com tanta arbitrariedades dos Srs Gilmar Mendes e Sérgio Moro

Responder

Deixe um comentário