Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

A tentativa de estabilização do golpe

Por Miguel do Rosário

29 de junho de 2016 : 21h14

[s2If !current_user_can(access_s2member_level1) OR current_user_can(access_s2member_level1)]

Link da foto.

Análise Diária de Conjuntura – 29/06/2016[/s2If]

[s2If !current_user_can(access_s2member_level1)]

***

Para continuar a ler, você precisa fazer seu login como assinante: clique aqui ou procure o campo de login na coluna da direita ou no pé do blog).

Confira aqui como assinar o blog O Cafezinho. Qualquer dúvida, entre em contato com a Thamyres, no assineocafezinho@gmail.com ou +5521967749911 (de preferência por zap, telegram ou torpedo). [/s2If]

[s2If current_user_can(access_s2member_level1)]

Acontece no momento o fenômeno que havíamos previsto há tempos: a estabilização do golpe. O movimento é beneficiado principalmente pela mais simples razão do mundo, o cansaço das pessoas. Desde as eleições de 2014 (por um lado, desde 2004), a direita midiática-judicial empreendeu uma verdadeira guerra civil contra o governo. Guerra civil que o povo vinha vencendo sucessivamente, sob uma terrível pressão política e psicológica.

A guerra híbrida, conceito explicado por Pepe Escoar em artigo recente sobre o Brasil, foi se intensificando cada vez mais, afastando as pessoas que não estão dispostas a pagar o preço cada vez mais caro da militância política.

Até porque as pessoas percebem, num certo ponto, que é preciso contornar a luta, talvez voltar às montanhas, e retomar a tradição milenar das guerras de guerrilha.

É momento de acumular forças.

Então as pessoas se retiram temporariamente da luta, para refletir e descansar.

A mansidão da superfície, contudo, esconde o fervilhar de iniciativas subterrâneas: livros, filmes, seminários, tudo está em construção.

Reitero: leiam o artigo do Pepe Escobar.

Brasil e Rússia sob ataque de “Guerra Híbrida”

O golpe respira aliviado com o cansaço natural e humano da sociedade.

Durante as Olimpíadas e as eleições, porém, voltaremos.

Muito mais fortes.

[/s2If]

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário