Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Brasília- DF- Brasil- 18/08/2015- Ordem do dia para análise e discussão da proposta que reajusta o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pelo índice da poupança (PL 1358/15). Dep. Rodrigo Maia (DEM-RJ) Foto: Gustavo Lima/ Câmara dos Deputados

PT e PCdoB voltam a brincar com fogo. Por Breno Altman

Por Redação

11 de julho de 2016 : 19h01

Foto: Gustavo Lima/ Câmara dos Deputados

por Breno Altman, no Opera Mundi

Se houver dúvida sobre o significado da expressão “cretinismo parlamentar”, os principais partidos da esquerda brasileira correm o risco de esclarecê-la cabalmente.

Setores relevantes das bancadas do PT e do PCdoB na Câmara dos Deputados, ao flertar com o apoio a Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a chefia da casa, apresentam-se para queimar em praça pública a bandeira da luta antigolpista.

Traduz-se como vergonha e erro grosseiro, afinal, a simples especulação sobre a possibilidade de alinhamento com um dos expoentes da campanha do impeachment da presidente Dilma Rousseff, além de representante visceral da agenda conservadora.

Vale mesmo a pena dar um tapa na cara da resistência democrática e popular, em troca de duvidosos benefícios no jogo interno e de fantasiosa expectativa na divisão da base do governo Temer?

Não ocorre aos defensores dessa iniciativa o perigo real e imediato de desmoralizar o discurso que vem permitindo unificar as mais diversas vozes progressistas, marcado pela demarcação incontestável de fronteiras com o campo do golpismo?

Aqueles que defendem essa aventura parecem fechar os olhos às mudanças da situação política, que deveriam obrigar a uma ampla revisão do esquema de raciocínio que, convenhamos, levou a esquerda à beira do precipício.

Antes de mais nada, o centro espacial da acumulação de forças, do ponto de vista das correntes populares, se deslocou para a luta social. A consolidação de uma maioria antidemocrática que capturou o governo, o parlamento e as demais trincheiras do Estado transforma em fluxo principal o cerco das instituições pelas ruas, a serviço do qual deveriam estar as batalhas e manobras parlamentares. Nada do que esfria ou divide o povo em movimento deveria ser nem sequer cogitado.

O que mais a esquerda precisa, nos dias que correm, é recompor sua identidade e fundi-la outra vez com os anseios de sua base social histórica, mesmo que o custo disso seja um período de relativo isolamento, como é próprio dos ciclos políticos que sucedem às derrotas.

Obviamente que tal perspectiva não elimina a necessidade de alianças e pactos, mas deveria subordina-los ao objetivo, nessa etapa defensiva, de reconstruir o núcleo duro do bloco político liderado pelo PT.

A esquerda poderia apoiar um candidato de centro que tenha votado contra o golpe, por exemplo, mas se associar a um representante da intentona contra a presidente Dilma Rousseff é flagrante tiro no pé. Melhor perder com um nome de suas próprias fileiras do que colidir, mais uma vez, com o sentimento do asfalto.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Mau Reis

12 de julho de 2016 às 16h18

Diz o ditado que errar é humano, mas persistir no erro é burrice mesmo.

Responder

RuydeLimaeSilva

12 de julho de 2016 às 13h33

Seria mesmo o fim da picada PT e PCdoB apoiarem um pústula destes. Por que não Jair Bolsonaro?

Responder

Cazador de Estafadores

12 de julho de 2016 às 10h38

Bom Dia Legalistas combatentes do golpismo e inimigo de golpistas.
A quem interessa esparramar boatos de que o PT apoia o Dem para presidência da Câmara?Qual Partido que possui 4 membros na casa e já tem 2 candidatos.Qual partido optou por lançar candidatura contra Cunha para não apoiar Chinaglia do PT?
Sabem pois de quem falo…é a esquerda amada pela direita aquela que sonha em derrubar o PT.Não me peçam união com essa esquerda pois ela se une a direita nas sombras .São tantos os atos escabrosos,não vou cita-los aqui mas os explicarei em outro face que breve estará liberado.Não adicionarei muitos nesta página e os que aqui chegaram adicionarei no face mais bloqueado pelos golpistas administradores Brasileiros.
Notem que são os sites “progressistas”pero no mucho que ecoam estes boatos.

Responder

Lucas Rafael Chianello

12 de julho de 2016 às 07h33

Nunca houve uma declaração oficial do PT neste sentido, bem como o apoio a Rodrigo Maia, plantado pelo PiG, já foi desmentido.

Que os lamurientos se responsabilizem por comprarem impetuosamente o discurso da mídia golpista.

Responder

Robinson Pimentel

11 de julho de 2016 às 21h34

Quando ouvi esse descalabro, o de que Lula teria liberado o PT para votar no DEM, até me deu um frio na espinha! Eh Lula, pensei, o velho Lula querendo retornar? Não aprendeu, não? Até pensei e não votar nele para Presidente! Espero que a esquerda seja firme no propósito em não mais conluiar essa gente, que não presta.

Responder

    Cazador de Estafadores

    12 de julho de 2016 às 10h39

    CARA ISSO É BOATO PLANTADO PELO PIÇOL E ECOADO POR SITES PIÇOLISTAS ALÉM DA DIREITA.ACORDEM!

    Responder

      Robinson Pimentel

      12 de julho de 2016 às 18h57

      Se é boato, torço pra que seja mesmo!

      Responder

Dilbert

11 de julho de 2016 às 20h56

Em resumo, se apoiar uma candidatura alinhada a esquerda, perde e quem ganha é alguém completamente alinhado a Cunha e Temer. Se esse resumo estiver certo não vale a pena se abraçar ao DEM para eleger alguém de direita mas nem tão alinhado a Cunha e Temer?

Responder

renato andretti

11 de julho de 2016 às 20h46

UMA luta pior do que esta.
Não acredito..
PT e PCdoB, não fariam isto.
Este filha da mãe, é golpista e tem que
pagar pelos seus crimes…

Responder

Deixe um comentário