Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Prisão de Mantega foi comemorada – análise da grande mídia

Por Eder Casagrande

22 de setembro de 2016 : 11h50

[s2If !current_user_can(access_s2member_level1) OR current_user_can(access_s2member_level1)]

Estômago de Aço – Análise diária da grande imprensa brasileira

Por Eder Casagrande, analista de mídia do Cafezinho

Bom dia.

A grande mídia está alvoroçada com a prisão do ex-ministro Guido Mantega. Isso gera expectativas de que Lula, Dilma e tantos quanto for possível, sejam acusados e condenados.

Até amanhã

[/s2If]

[s2If !current_user_can(access_s2member_level1)]
Para continuar a ler, você precisa fazer seu login como assinante (no alto à direita). Confira aqui como assinar o blog O Cafezinho.[/s2If]

[s2If current_user_can(access_s2member_level1)]

  • JN

Em evento com 300 empresários, o presidente Michel Temer afirmou que o Brasil atravessa momento de absoluta estabilidade política e os convidou a participar dessa nova etapa de investimentos.

Ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira disse que reforma trabalhista só será apresentada no segundo semestre de 2017.

O movimento Todos Pela Educação fez um ato nesta quarta-feira (21) na Câmara dos Deputados para pedir prioridade no ensino de qualidade, principalmente nas escolas públicas.

  • Jornal da Band

Um terço dos aposentados brasileiros continuam trabalhando.

33,9% ativos
17% autônomos
10% mercado informal
59,7% sustentam a família

Fonte: SPC Brasil

Demais matérias iguais ao do JN.

  • SBT Brasil

Lula participou de comício no Ceará.

Ministro da Secretaria do Governo, Geddel Vieira Lima, agitou a discussão sobre criminalização do Caixa 2 ao declarar que é a favor da anistia para quem tenha cometido esse delito em eleições passadas.

Proposta para mudar ensino médio deverá ser anunciada hoje. O aluno poderá escolher as disciplinas que quer estudar a partir da metade do segundo ano.

  • Jornal da Globo

Operação Lava-Jato tem interferido na participação das empresas nos contratos de parceria público-privada.

Demais matérias iguais ao do JN.

  • Estadão

Guido Mantega é preso por Operação Arquivo X, nova fase da Lava-Jato

Suspeito de arrecadar propinas para o PT, ex-ministro da Fazenda foi preso hoje (22) enquanto acompanhava sua mulher no hospital.

Mantega pediu 5 milhões a Eike

Depoimento de Eike Batista ao MPF liga o ex-ministro Guido Mantega e José Dirceu, e as empresas OSX Construção Naval S.A e Mendes Junior a repasse indevido de verba ao PT. Eike, ex-presidente do Conselho de Administração da OSX, disse ter recebido um pedido para que fizesse um pagamento de R$ 5 milhões, no interesse do PT.

Temer impopular

IBOPE fez pesquisas em 41 grandes cidades, e o resultado da análise mostrou que há mais opiniões negativas do que positivas. 

  • Folha de São Paulo

Temer disse não ter orientado base sobre proposta que anistia crimes de Caixa 2

Na única entrevista que aceitou conceder à imprensa em quatro dias da viagem a Nova York, Temer classificou como surpreendente a declaração de Geddel, articulador do governo, sobre anistiar parlamentares que tenham cometido Caixa 2.

Polarização política na terra do Tio Sam

Enquanto Temer dizia a empresários americanos que Brasil vive período de ‘extraordinária estabilidade política’, três manifestações simultâneas aconteciam na rua 55 de Manhattan, na altura da Quinta Avenida. Uma era contra seu governo, outra a favor e uma terceira contra Serra, ministro das relações exteriores.

Lula no nordeste

O ex-presidente participará de comícios e passeatas em apoio aos candidatos pelas eleições municipais. Em discurso ontem (21), no Ceará, disse que o grande medo de seus adversários políticos é que ele se candidate em 2018.

  • Blog do Camarotti

Prisão de Mantega indica novo patamar das investigações da Lava-Jato e deixa claro que foco está sobre os governos Dilma e Lula, e sobre o PT como um todo.

  • Blog Esquerda Caviar

Insensibilidade e falta de humanidade

A plutocracia brasileira, representada pelas motivações políticas da Lava-Jato, foi até o hospital decretar a prisão de Mantega, quando este acompanhava sua esposa em uma cirurgia.

  • Blog do Noblat

Comentou frases retiradas do discurso de Lula, ontem (21), no Ceará. Para o blogueiro, o ex-presidente “esgotou o estoque de truques usados em suas falas” mas continua se valendo desse recurso. Disse também que “Lula se põe à margem do ordenamento jurídico do país…e ao fazê-lo, se torna uma ameaça às instituições”.

  • Blog do Merval 

Merval avaliou positivamente a participação da comitiva brasileira na Assembléia Geral da ONU. Segundo ele, destaque para Temer, Henrique Meirelles e Moreira Franco. Ressaltou a firmeza com que o presidente defendeu a política de seu governo e questionou se o presidente terá a mesma força e capacidade de articulação em Brasília.

  • Blog do Reinaldo Azevedo

Replicou matéria da Folha e G1 sobre prisão do ex-ministro Guido Mantega.

  • Blog O Antagonista

Segundo a Veja, Dilma recebeu 5 milhões de Eike para sua campanha.

Bens de Mantega são bloqueados por Moro.

Procurador Carlos Fernando define Lava-Jato como investigadora de financiamento da política no país.

 

Para sugestões, críticas, elogios ou um “oi”- redacaoestomago@gmail.com

[/s2If]

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

44 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

guilhermenagano .

22 de setembro de 2016 às 16h27

O interessante é q o impeachment já esta parecendo um assunto velho e superado…e o PT não sai da defensiva!

Responder

Rodrigo

22 de setembro de 2016 às 13h37

É só mais um show midiático desse juiz aprendiz de torquemada, tentar assim influenciar a cabeça de analfabetos políticos, só esquece que o povão não é bobo, aliás já estão cansado desse juizeco.

Responder

Marcvs Antonivs

22 de setembro de 2016 às 13h04

Comemorada??? Já mandou soltar porque viu que tem limites.

Responder

Torres

22 de setembro de 2016 às 12h20

eu comemorei.
Mantega fez muita merda como ministro.
se submeteu aos desmandos de Dilma, mesmo sabendo que assim o país iria quebrar.

Responder

    guilhermenagano .

    22 de setembro de 2016 às 12h30

    Eu comemoro se for culpado pelos crimes q cometeu…

    Responder

      Torres

      22 de setembro de 2016 às 12h33

      culpado ele é.
      ele cometeu os malabarismos fiscais que permitiram quebrar o Brasil.

      Responder

        guilhermenagano .

        22 de setembro de 2016 às 12h38

        E no dia em q o pai foi preso a filha dele dá bom dia…em Milão! Realmente o coitado do Mantega é um tipico negro pobre perseguido pela PF e pela Justiça….

        Responder

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 12h46

          é um dos argumentos do PT, associar a prisão de seus membros a preconceito racial e misoginia.
          não vi nenhum petista negro preso.
          nenhuma mulher petista presa, apesar da Gleisi.
          me parece óbvio que o PT é um grande alvo, mas nenhum ali é inocente.

          Octavio Filho

          22 de setembro de 2016 às 13h03

          Tá bom!! O dia que prenderem todos os candidatos que vc votou, eu acreditarei que o Moro é imparcial e está realmente querendo acabar com a corrupção. Até agora, ele só mostrou que quer acabar com o PT, com ou sem provas de crime algum.

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 13h46

          eu não acho que Moro seja imparcial.
          mas se ele prender os candidatos em que votei, vai prender o Lula.
          existem toneladas de provas contra o PT.

        Luis Claudio

        22 de setembro de 2016 às 17h01

        Eu queria que você comentasse sobre esses fatos que influenciaram na economia do nosso País.

        Trancamento de pautas no Congresso de ajustes fiscais do governo e aprovação de “PAUTAS BOMBAS” e deputados dizendo que queria ver Dilma sangrar… http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/08/1664711-saiba-o-que-sao-as-pautas-bomba-nas-maos-do-congresso-contra-o-governo.shtml . Será que isso influenciou na economia para que ela piorasse?

        A mídia falando de crise desde 2013 diariamente e agora, após a posse de Temer, a crise para a mídia acabou? não se houve mais falar de crise? Isso influencia na economia? não é aquele ditado: Uma mentira contada 1000 vezes torna-se verdade. Isso também não piora a economia?

        Se você puder tecer comentários sobre esses fatos, ficarei muito grato.

        Responder

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 17h06

          pautas bomba foram uma merda na disputa política.
          quando congresso e executivo não se entendem.
          ocorreu porque um queria praticar mais populismo do que o outro.
          uma câmara nas mãos de um Cunha safado e um executivo nas mãos de uma incompetente.

          a mídia quer vender e tem viés, é importante que sejamos críticos quanto à mídia.
          a crise saiu de seu auge e vamos entrar no período de transição.
          mas os empresários já sentiam a crise desde 2011.
          não entendi qual é a mentira no caso.

          Luis Claudio

          22 de setembro de 2016 às 17h16

          Não vi isso, se algum ator praticou populismo esse foi o Congresso. A crise ainda está aí, ela é mais política e que teve seu gatilho com Aécio Neves que criou uma instabilidade logo apos as eleições e está longe de terminar. Sinto em dizer, para azar nosso. A economia e a política precisam andar juntas, quando uma se desequilibra a outra vai junto.
          Quanto da mentira, a mídia manipula em benefício próprio e tenta se mostrar imparcial. Aumentou a crise quando ela era controlável e agora perdeu o eixo. A mesma tenta dizer que tudo tá melhorando mas nós sabemos que não está.

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 17h22

          Dilma praticou muito populismo, tanto que gastou mais do que podia.
          a crise é política e econômica.
          ainda está aí, mas não mais no auge.
          sempre foi controlável, Dilma é que perdeu o controle porque perdeu poder político.
          na queda de braço com Cunha, Dilma perdeu.
          Luis, a economia tende a melhorar pq economia é sempre ciclica.
          quando se cava um buraco o espaço para por terra tb aumenta.
          o Brasil tem potencial, mas tem que encarar o mercado de frente agora.
          estamos paralisados de medo e muitos não querem enfrentar a realidade: ou passamos a ser mais produtivos e rentáveis, ou seremos sempre esse país de merda, rico porém primitivo.

    Octavio Filho

    22 de setembro de 2016 às 13h01

    Realmente!! No seu mundo, as pessoas que não gostamos devem ser presas, torturadas e mortas.! Não é mesmo?

    Responder

      Torres

      22 de setembro de 2016 às 13h47

      as pessoas que destroem a economia de um país, envolvidas com corrupção, devem ser presas, sim.
      as que eu não gosto podem se foder sozinhas.

      Responder

    Marcvs Antonivs

    22 de setembro de 2016 às 13h04

    mimimi.

    Responder

      Torres

      22 de setembro de 2016 às 13h48

      mimimi é o PT que está fazendo agora.
      mimimi é o famoso chororô, sem causa.
      o povo é que anda chorando, com as consequências do que Dilma e Mantega fizeram com a economia.

      Responder

    Pedro Pereira

    22 de setembro de 2016 às 13h54

    lógico vc é um midiota. agora explica pra gente os “desmandos” e o que é “quebrar” pra gente, porque geralmente quem QUEBRA se ajoelha perante ao FMI.

    Responder

      Torres

      22 de setembro de 2016 às 13h57

      quebrar é aumentar a dívida pública impossibilitando os serviços públicos.
      procurar o FMI é não ter mais crédito no mercado.
      isso ocorre quando a dívida pública estoura.
      estamos próximos disso se nada for feito para impedir o aumento dos gastos do governo.

      Responder

        Pedro Pereira

        22 de setembro de 2016 às 14h15

        só os gastos, só o povo vai sofrer, e os juros exorbitantes… não tem proposta para crescer a economia de novo, e vem com esse discurso pra atacar o povo. por tu sabe muito bem dá onde vão vir esses cortes, os bandidos da lava jato não vão ter corte nenhum…

        Responder

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 14h20

          os cortes terão que ser feitos.
          não adianta chorar.
          eu tb vou sofrer.
          os juros exorbitantes são uma merda mesmo.
          mas no Brasil, temos uma cultura inflacionária muito forte.
          sem os juros, a inflação come.
          Dilma descuidou da inflação…
          ela voltou.
          daí o BC aumentou os juros, ainda sob o comando de Tombini, funcionário de Dilma.
          aumentar os juros foi algo que Dilma fez, depois da tentativa frustrada de baixá-los na marra.

          Pedro Pereira

          22 de setembro de 2016 às 14h27

          com o governo legitimo é até negociável um ajuste fiscal,
          só que hoje um governo ilegitimo que NÃO negocia, que não tem proposta decente. Não dá.
          Até porque o governo dos tucanos tinham um discurso de ajuste, que a privatização seria importante para a questão fiscal. E explodiram a dívida

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 14h28

          as privatizações não foram feitas como deveriam ter sido.
          ajuste fiscal com DIlma estava impossibilitado por ela ser incompetente em política.
          até mesmo o PT votou contra o ajuste de Dilma.
          mas de toda forma, tem que ser feito, queiramos ou não.

          Pedro Pereira

          22 de setembro de 2016 às 14h31

          propinização…

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 14h35

          propinização, petrolão, mensalão, reeleição.
          tudo isso fode com o país.

          Pedro Pereira

          22 de setembro de 2016 às 14h41

          a impunidade da direita tb fode muito a democracia

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 14h43

          a impunidade em qualquer área fode tudo.
          Lula passou anos dizendo não saber de nada e ficou impune.
          mas quem conhece o PT sabe muito bem que Lula sabia de tudo.
          agora virou o alvo.

          Pedro Pereira

          22 de setembro de 2016 às 14h45

          cara muito vago isso que tu fala… generalização é muito simplismo

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 14h50

          generalização não, Pedro.
          a realidade é essa.
          Lula escapou no mensalão por conta de apoio político.
          ele é o articulador dos acordos do PT.

          Pedro Pereira

          22 de setembro de 2016 às 14h55

          falo mano, tem um problema pra resolver, continue aí fazendo o jogo sujo da direita. semana que vem a gente conversa, quando prederem o lula, pro prazer sádico da direita.

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 14h56

          não faço jogo sujo nem pra direita, nem pra esquerda, Pedro.
          eu sou do tipo que defende políticas públicas de ambos os espectros.
          eu duvido que Lula seja preso, mas creio que será condenado.

          Celso Junqueira

          22 de setembro de 2016 às 16h51

          E o trensalão de S.Paulo?

      Torres

      22 de setembro de 2016 às 13h58

      os desmandos foram o aumento da dívida pública, a maquiagem fiscal, as distorções com as desonerações fiscais, a política dos empréstimos a amigos, etc…
      tem muita coisa que foi feita de forma errada.

      Responder

        Pedro Pereira

        22 de setembro de 2016 às 14h12

        a divida liquida do setor público fechou em abril de 2016 em 38,9% do PIB, em 2002 era 51,3%.
        O governo tinha que tomar inciativas para enfrentar a crise de 2008, desonerações é politica fiscal, não ter dado os resultados esperados não transforma ninguém em criminoso.

        Responder

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 14h17

          nunca falei que isso era crime, falei que foram desmandos.
          quem estuda economia sabe que esse tipo de coisa resulta em distorções.
          quanto à dívida pública, Lula fez certo, Dilma fez errado.
          diminuímos a dívida e agora essa dívida cresceu e ainda vai crescer mais.
          infelizmente a quebradeira que Dilma promoveu vai nos levar a um atoleiro.
          perdemos mais uma década…
          lamentável.

          Pedro Pereira

          22 de setembro de 2016 às 14h20

          a crise politica e a lava jato não tem responsabilidade nenhuma com o momento que vivemos. tu comemora corte de investimentos e vem lamentar o futuro. O rentismo manda no país, e vc culpa a Dilma.

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 14h24

          tudo faz parte da crise. lava jato, política…
          o corte de investimentos é necessário para equilibrar as contas.
          o rentismo é horrível…
          o PT teve anos para mudar o país, investindo em infraestrutura.
          fez muito pouco.
          o custo Brasil é alto, os investimentos aqui são quase todos especulativos.
          para melhorar, somente com infraestrutura e melhores condições.
          investir no Brasil é arriscado.

          Pedro Pereira

          22 de setembro de 2016 às 14h30

          aí eu concordo contigo, “investir no brasil é arriscado”. já que a lava jato e a crise política trouxe tanta incerteza e insegurança política institucional, que entramos numa espiral de decadência e destruição que não sei onde vai parar. Não é atoa que o meirelles teve em NY de quatro para os “investidores” gringos.

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 14h33

          precisamos dos investidores.
          infelizmente a política fiscal no Brasil do PT de Dilma deixou muito a desejar.
          ela gastou muito mais do que podia, mesmo sabendo que a arrecadação ia cair.
          é preciso que aceitemos uma realidade, ciclos economicos existem.
          Dilma apenas adiou a crise, e fazendo isso, a aumentou muito.
          em 2011 e 2012 teríamos uma crise leve, que se transformou num maremoto que destruiu tudo.
          Dilma economista esqueceu da ciência para investir na ideologia.
          deu no que deu.

          Pedro Pereira

          22 de setembro de 2016 às 14h41

          esse negocio de ciência é meio questionável, se a Dilma tivesse as condições de governabilidade e a lava jato não fosse esse ataque suicida contra a economia nacional, na minha opinião, a situação seria totalmente corrigível.
          A China estava disposta a investir US$ 50 bilhões no Brasil.
          Mas infelizmente, o país preferiu entrar numa espiral de sabotagem, já que se dilma conseguisse implantar o regime de partilha do pré sal, as novas refinarias e hidoreletricas em funcionamento, a oposição sem projeto de nação, morreria.

          Torres

          22 de setembro de 2016 às 14h45

          Dilma é incompetente em política.
          ela praticamente criou a crise política.
          Lula é articulado, e com ele no poder tudo seria diferente.
          mas Lula já teve sua chance e seu mandato.
          eu não curto essa história de reeleição.

          Osmar Gonçalves Pereira

          23 de setembro de 2016 às 19h28

          Pedro, falando em Economia, vale a pena ler o artigo/ resenha abaixo. A “tal politica fiscal da Dilma”, como diz o Torres, não é bem o que ele pensa. E Dilma “não esqueceu a ciência”.
          http://dowbor.org/2016/09/ladislau-dowbor-o-alto-custo-do-sistema-financeiro-resenhaartigo.html/

          Celso Junqueira

          22 de setembro de 2016 às 16h53

          Então por que você comemorou a prisão de Mantega? Desmandos administrativos não justificam uma prisão, de quem quer que seja. Seja coerente, menino.


Deixe um comentário

O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou?