Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

A depressão final de Marina Silva

Por Redação

11 de outubro de 2016 : 18h48

(Foto: Alan Marques/ Folhapress)

‘Perdemos a chance de mudar’, diz Marina Silva

na Folha

Com discurso mais pessimista que o habitual, a ex-ministra Marina Silva afirmou nesta segunda (10) à Folha que seu partido perdeu “a chance de mudar” e agora “será mudado” diante da mais aguda crise que acometeu políticos do país.

Em seu escritório na sede da Rede Sustentabilidade, sigla que fundou em 2015, Marina disse que ainda avalia se será candidata à Presidência em 2018, pois é preciso descobrir se essa é “a melhor forma de contribuir” para o que chama de “renovação” da política.

“Tem horas que a gente muda, tem horas que a gente é mudado. Acho que perdemos a chance de mudar e agora vamos ser mudados.”

(…)

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

GISELA MARIA MOREAU

14 de outubro de 2016 às 11h15

Ao dizer que, por não mudarmos teremos que ser mudados, Marina Silva se referia ao BRASIL e não à REDE. infelizmente a jornalista não teve capacidade ou vontade de discernir. Preferiu passar por cima do que se ater ao detalhe e à compreensão da reflexão de Marina – dando assim vazão a uma imagem negativa do partido. É assim, por descaso, desatenção… e neste caso, infelizmente talvez, propositalmente, que se constroem falsas narrativas sobre Marina e sobre a REDE.

Responder

17Abril2016

12 de outubro de 2016 às 20h06

Rotas distintas levaram marina, marrta, c.buarque ao mesmo destino: a lata de lixo da historia.

Responder

    Sérgio Roberto

    13 de outubro de 2016 às 09h08

    Ô chupa taca. Você é CORNO!

    Responder

Calvinista Marineiro

12 de outubro de 2016 às 17h51

Idiotas! Ela estava falando do sistema político e não da Rede Sustentabilidade!

Responder

Pedro Pedro

12 de outubro de 2016 às 16h57

O chororô dela passa, principalmente, pela proibição de financiamento da campanha por empresas jurídicas. Daí, ó, perdeu o “filé”.

Responder

    Antonio Carlos Conceição

    12 de outubro de 2016 às 21h05

    A proibição das doações, comemorada por nós de esquerda, acabou tendo efeito contrário.
    Como a direita é imune a investigação, se fartaram no caixa 2. Já o PT, sob intenso escrutínio da Justiça, teve que se virar sem dinheiro.

    Responder

Maria Aparecida Lacerda Jubé

12 de outubro de 2016 às 10h02

Marina, onde você ouviu falar que ódio e ambição pelo poder, renova alguma coisa? Tudo em você é arcaico, é podre. Nos primórdios da humanidade, segundo a Bíblia, Caim matou Abel movido pelos mesmo sentimentos.

Responder

Fernando Santos

12 de outubro de 2016 às 00h15

nem vou dizer o que penso dessa criatura..para não chocar as pessoas que frequentam o cafezinho!!!!

Responder

James Ferreira Gressler

11 de outubro de 2016 às 22h26

Trololó da Marina sempre ecoa.Ganhou um partido pra chamar de seu e deu no quê deu.
Devia agradecer por ter perdido o voo do jatinho sem dono e botar a viola no saco.

Responder

    Jst

    12 de outubro de 2016 às 12h35

    perdeu o jatinho ou foi avisada para não embarcar?
    Se não fosse a morte do Campos a Dilma teria vencido no primeiro turno e talvez não estivéssemos sendo golpeados pelos maiores ladrões do país.
    Eu não acredito em coincidências.

    Responder

Jorge Leite

11 de outubro de 2016 às 21h32

Demorou… Lerdinha a moça, não?
Resta saber se foi por burrice ou cinismo mesmo…

Responder

olinto

11 de outubro de 2016 às 22h07

Pelo menos ela, Joaquim Barbosa, Eduardo Cunha, etc. podem dormir com a consciência tranquila, pois cumpriram com louvor o papel que lhes couberam na desinfestação da Casa Grande.

Responder

Luis Claudio

11 de outubro de 2016 às 19h45

Tchau fadinha da floresta!
“Durante muito tempo, ela foi o quim-dim de iáiá, o bolo de rolo que a Casa Grande servia no chá.
Especialmente a Casa Grande do Itaúúúú.
Entre outras jabuticabas, o Brasil é um dos únicos países do mundo em que o movimento ambientalista é reacionário!
Por culpa dela, sobretudo, a Bláblárina.” (PHA)

Responder

ZeDasKouves

11 de outubro de 2016 às 19h45

Vai te catar carapanã dos infernos.
Falsa até a medula.
O esgoto da história te recebe de braços abertos.

Responder

Biana

11 de outubro de 2016 às 19h40

Desmascarada a alpinista eleitoreira que pediu a cabeça da presidenta eleita.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?