Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Federação Nacional de Jornalistas: sequestro de Eduardo Guimarães é ataque à liberdade de expressão

Por Miguel do Rosário

23 de março de 2017 : 10h51

No site da Fenaj

Nota oficial da FENAJ e do SJSP – condução coercitiva de Eduardo Guimarães é censura e ataque à liberdade de expressão

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) protestam contra a condução coercitiva do blogueiro Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, levado de sua residência na capital paulista, na manhã desta terça-feira (21), para prestar depoimento à Polícia Federal (PF) no âmbito da Operação Lava Jato.

Guimarães teve seu apartamento vasculhado, foram apreendidos seu celular, notebook e um pen drive de uso pessoal e o blogueiro foi conduzido à Superintendência da PF no bairro da Lapa, zona oeste paulistana.

A Polícia Federal, em mais uma demonstração de arbitrariedade e violação de direitos inspirada na época da ditadura militar no país, quer violar o sigilo de fonte por Guimarães ter vazado a informação de que o ex-presidente Lula seria conduzido coercitivamente pela PF, o que forçou o adiamento da ação no ano passado.

Além da arbitrariedade da condução coercitiva, sem que qualquer intimação prévia tenha sido feita ao blogueiro, a PF devassa dados pessoais e desrespeita o sigilo de fonte garantido pela Constituição Federal em seu Artigo 5º, parágrafo XIV, em que define que ´“é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional”.

A Polícia Federal ataca, ainda, a liberdade de imprensa e de expressão do blogueiro – a mesma PF que tem vazado informações seletivamente de acordo com os próprios interesses, sem levar em consideração os interesses da sociedade.

O SJSP e a Fenaj expressam seu veemente repúdio à arbitrariedade da Polícia Federal, pois a condução coercitiva do blogueiro também representa um terrível precedente, que coloca em risco um dos mais importantes princípios do jornalismo – garantir o direito da população à informação.

O Sindicato e a Federação também se colocam à disposição de Eduardo Guimarães para lutar contra mais esse ato de lamentável autoritarismo e censura, além de prestar solidariedade e apoio na adoção de todas as medidas legais cabíveis.

São Paulo, 21 de março de 2017.

Direção do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo
Federação Nacional dos Jornalistas – Fenaj

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

44 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Rogério Carvalho

24 de março de 2017 às 11h52

Andre Massao Noce, cara, pelo amor de qualquer coisa, faça pelo menos o MOBRAL! Arrume um serviço qualquer, pão com mortadela a vida toda não sustenta ninguém, e viver só de bolsa vagabundagem também na dá dignidade!
Vou tentar te ensinar uma coisa: O MORO É CONCURSADO!!! Entendeu ou vai assistir os teletubies?!?!

Responder

Andre Massao Noce

24 de março de 2017 às 11h27

Rogério Carvalho kkkkk… Prerrogativa para indiciar é do Moro do PSDB corrupto, sim… Mas vai indiciar os amigos golpistas corruptos do PSDB, nunca na vida…

Responder

Eva Adão Silva

24 de março de 2017 às 07h28

Uma golpista imundo como você, que faz tudo para parecer rico, é patético!

Responder

LUIZ TAVE

24 de março de 2017 às 02h53

SO DEUS E TODO BRASIL SABE PORQUE DONA MARIZA MORREU , agora querem atingir a saude da filha do EDUARDO GUIMARAES ! SERA` QUE UM FILHO DENTRO DE CASA , CONSEGUE TIRAR O ODIO DO CORAÇAO DE UM PAI OU DE UMA MAE ?

Responder

Rogério Carvalho

24 de março de 2017 às 04h11

Andre Massao Noce, mas o problema dos bandidos do PSDB não é do Moro, é do STF! Esses bandidos tem foro privilegiado! Agora, só pra provocar um pouquinho: nós ja arrumamos um JUIZ COMPETENTE E HONESTO pra prender os bandidos de vocês! Arrume um para prender os “nossos”! Será um grande favor! Hehehe

Responder

Andre Massao Noce

24 de março de 2017 às 04h03

Rogério Carvalho KKKKKK… e votou no aécio…

Responder

Andre Massao Noce

24 de março de 2017 às 04h03

Rogério Carvalho KKKKKKKKKK… o Moro do PSDB corrupto… não vai indiciar nenhum dos amigos golpistas corruptos do PSDB… aguente o mico do seu governo golpista corrupto…

Responder

Fernando

23 de março de 2017 às 19h03

Déjà vu
Mas é real!

Isto já aconteceu no passado e está perigosamente acontecendo agora, falta pouco para coisa pior.

A imprensa alternativa sempre foi um importante veículo de comunicação, na ditadura militar brasileira foi censurada, perseguida e muitos jornais, revistas e periódicos foram fechados.

Jornalistas que investigavam e ousavam revelar a verdade, foram presos, interrogados e torturados.

Um dos fatos ou talvez o mais relevante e semelhante como esta acontecendo agora, foi o caso do jornalista ValdimIr Herzog diretor de jornalismo da TV Cultura, por “presunção de culpa” foi preso e interrogado por sua ligação com o PCB.
O que difere, mais esta preste a ocorre agora, foi a tortura e morte de Vladimir, que assim como outras vítimas foi “suicidado”.

Sua “misteriosa” morte impulsionou fortemente o movimento pelo fim da ditadura militar brasileira.

Será que será necessário ocorrer fatos trágicos como os do passado para ter mobilizações mais concretas para combater este “estado de exceção” que estamos vivendo agora.

Alguns dos jornais, revistas e periódicos importantes da época.

Revista Pif-Paf – Millôr Fernandes – 1964

Jornal Pasquim – Sérgio de Magalhães Gomes Jaguaribe (Jaguar) – 1969

Jornal Opinião – Fernando Gasparian – 1972

Jornal Movimento – 1975
Raimundo Rodrigues Pereira e outros

Responder

Atreio

23 de março de 2017 às 16h42

não vai levar 21 anos de novo.

assistam:
o dia q durou 21 anos
utopia e barbarie
marighella
q hrs ela volta?
zietgeist I e II

o povo é a chave, abriremos os portões.

Responder

Alba Carlota

23 de março de 2017 às 19h37

kkkk Deixa o juiz trabalhar…Sérgio Moro, coloca de uma vez ordem nessa casa! Ta pensando que o tempo todo pode fazer chiqueiro? kkkkk Boto total apoio nesse juiz PORRETA!!!

Responder

    Alba Carlota

    23 de março de 2017 às 19h37

    Olha o meu beijinho no ombro!

    Responder

    Carrie Coleman

    23 de março de 2017 às 22h13

    Alba Carlota Só otário pra acreditar nisso!

    Responder

    Andre Massao Noce

    24 de março de 2017 às 04h02

    Alba Carlota KKKKKKKKKK… o Moro do PSDB corrupto… não vai indiciar nenhum dos amigos golpistas corruptos do PSDB… aguente o mico do seu governo golpista corrupto…

    Responder

    Eva Adão Silva

    24 de março de 2017 às 07h27

    Uma vadia golpista imunda como você, que faz tudo para parecer rica, é patética! kkk fica aí vendo sua novelinha na Globo. kkkk

    Responder

Gerson Pompeu

23 de março de 2017 às 17h55

Jesus!

Responder

Katinha Ladeira

23 de março de 2017 às 17h45

Moro tem q ser penalizadoI

Responder

José Roberto Muniz

23 de março de 2017 às 17h43

Onde que combater golpistas, intolerantes, cheios de ódio e fascistas vermelhos é ataque a liberdade de expressão??? Só vcs!

Responder

    Atreio

    23 de março de 2017 às 16h41

    3 nomes de novo…. tão inspirados, os meninos…. o laerte…o luiz…a camila… aiai…
    se liga, fio.
    tente ser amado por alguem hj, acordará melhor amanha.
    desejo melhoras!

    Responder

    Andre Massao Noce

    24 de março de 2017 às 04h02

    KKKKKKKKKK… o Moro do PSDB corrupto… não vai indiciar nenhum dos amigos golpistas corruptos do PSDB… aguente o mico do seu governo golpista corrupto…

    Responder

Rogério Carvalho

23 de março de 2017 às 17h37

Claro que eu tenho autocrítica sr. José Arcanjo! Exatamente por causa dessa consciência, foi que eu deixei de votar no PT, no LULA e na DILMA!

Responder

José Arcanjo

23 de março de 2017 às 16h55

Você pensa, mesmo, que a sua moral é melhor que a dos outros?! Já ouviu falar em autocrítica, limitações humanas, imperfeito, erro…?

Responder

henrique

23 de março de 2017 às 13h54

Nada disso. É a mais pura e clara aplicação do Estado de Exceção em vigor. Alguma dúvida?

Responder

Rogério Carvalho

23 de março de 2017 às 16h53

Eu só quis ser polido! Não estou querendo dar uma de “santo”! Estou me referindo a vocês, petralhas, vagabundos, crimjnosos, bandidos, salafrarios, mentecaptos, que defendem a patifaria da ideologia de gênero, gostam de cagar no meio da rua e de cheirar o furico dos outros!

Responder

Veronica Dan

23 de março de 2017 às 16h40

oi? eu sou progressista e sou decente, se VOCÊ é libertino e descompromissado como vc mesmo se descreve, é problema seu, mas não nos meça pela sua régua, e pare de projetar seus defeitos (reais ou imaginários) nos outros.

Responder

Antonio Normandio Teixeira Antonio

23 de março de 2017 às 16h19

Considero, literalmente, reportagem quando a mesma é imparcial e busca levar noticia de algo para o publico em geral, sem interesses particulares da fonte!

Responder

    Andre Massao Noce

    24 de março de 2017 às 04h03

    KKKKKKKKKK… o Moro do PSDB corrupto… não vai indiciar nenhum dos amigos golpistas corruptos do PSDB… aguente o mico do seu governo golpista corrupto…

    Responder

    Antonio Normandio Teixeira Antonio

    24 de março de 2017 às 13h09

    André Massao, bom dia, o Moro é juiz ele não indicia ninguém , o Ministério Público recebe a noticia do crime e analisa os fatos , se houverem indícios capazes de sustentarem a denúncia, então ele a oferece ao juiz competente. Veja, só após a autoridade policial fazer seu relatório e o MP denunciar o acusado é que o juiz, realmente, dá inicio a ação penal contra o agora réu. Portanto o juiz não indicia ele recebe a denúncia e inicia a instrução criminal, entendo que Moro não engaveta processo de político nenhum. Além do que ele só pode receber denúncia de político que não tem foro privilegiado, pois se tiver é o stf ou stj que podem julgar políticos com foro privilegiado, veja se os políticos que você pensa que o Moro não vai indiciá-los se não são de competências do STF ou do STJ! isso fazer? E o que ouço ou leio é que é o stf que está lento nas punições!

    Responder

Paulo Rinaldi

23 de março de 2017 às 12h58

Miguel, Boa Tarde!

Uma sugestão para você desenvolver com sua imensa sabedoria.

Qual o traço comum em gente como Sérgio Cabral, Gilmar Mendes, Janot e Moro?

Eles não tem freio – um rouba sem parar, o outro – para um mesmo fato – muda de opinião constantemente, outro macula seu cargo público indiciando somente quem quer, não quem deveria e, o último, usa o cargo para vingança pessoal, entre outros absurdos.

Pergunto – são arrogantes? são doentes? ou é só maldade mesmo? ou tudo junto?

Obrigado pelos seus excelentes textos.

Grande abraço.

Responder

Marcia Vieira

23 de março de 2017 às 14h59

Sequestro???

Responder

Julio Osborne Marins

23 de março de 2017 às 14h48

Fora moro.

Responder

Rogério carvalho

23 de março de 2017 às 11h37

Liberdade de expressão tem que ser exercida com responsabilidade! Vocês não estão acostumados com ordem e com decência! Nós, patriotas, conservadores, estamos lutando pra mudar esse péssimo hábito de sermos libertinos e descompromissados com o verdadeiro exercício da cidadania.

Responder

Adriana CF Silveira

23 de março de 2017 às 14h16

Responder

Adriana CF Silveira

23 de março de 2017 às 14h16

Os ratos comemoram!

Responder

Adriana CF Silveira

23 de março de 2017 às 14h16

Responder

Jorge Rodrigues

23 de março de 2017 às 13h52

Apenas duas pessoas são a favor da terceirização:

O empresário e o idiota.

Você é o empresário?

Lula2018?

Responder

Deixe um comentário