Live do Cafezino (20h): o novo surto de Bolsonaro! Convidado: Celso Rocha de Barros

Cunha delata o golpe: votos pelo impeachment foram comprados

Por Miguel do Rosário

15 de julho de 2017 : 12h49

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil / Fotos Públicas)

Não vou comentar mais sobre o fato da delação vazar antes mesmo de existir. Também vou tentar ignorar a possibilidade de ser mais uma barriga de Noblat.

Há algum tempo, um procurador-geral, alguns juízes, ainda faziam barulho contra o vazamento de delações – geralmente quando ela atingia alguém querido deles, ou a eles mesmos.

Hoje ninguém mais liga.

Virou bagunça.

Entretanto, se a mídia acredita nas delações, precisaria dar o devido destaque à delação de Eduardo Cunha, que é a mais importante de todas, porque denuncia que a votação do impeachment foi comprada.

Repitamos: Eduardo Cunha, que era presidente da Câmara dos Deputados e o coordenador do processo de impeachment no congresso nacional, afirmou que os parlamentares receberam propina para votar em favor do golpe.

A denúncia de Cunha, e isso é o essencial, é apenas mais um entre tantos vícios que corrompem o processo de impeachment – a começar pelo vício de não apontar nenhum crime de responsabilidade.

Não vou me estender sobre o triste papel dos ministros do STF. A mídia só consulta o judiciário se for para corroborar suas próprias teses.

E os ministros do STF só agem ou falam se antes entenderem que terão aval da mídia.

Eu poderia aqui falar sobre a necessidade do STF anular o impeachment. Mas vocês já souberam qual ministro foi “sorteado” para relatar a ação popular que pede a anulação do golpe?

Foi Alexandre de Moraes, o ministro tucano que substituiu Teori Zavascki, morto num acidente de avião dias antes de tomar uma decisão sobre as delações da Odebrecht…

Moraes, indicado por Michel Temer, não vê problemas em relatar a ação de anulação do impeachment.

Ninguém vê. Nessa exótica e atrasada república de banana que o Brasil se tornou, todos fingem que as instituições estão “funcionando normalmente”.

Carmen Lucia, presidenta do STF, numa de suas performances para Globo, falou algo sobre o cinismo vencer a esperança e o escárnio vencer o cinismo.

E agora, excelentíssima?

O que vence o escárnio?

O que vence o escárnio de ver o judiciário participando da suruba?

***

No blog do Noblat

A lista de Eduardo Cunha
14/07/2017 – 04h40
Por Ricardo Noblat

Parte da delação do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso em Curitiba desde outubro do ano passado, já foi aceita pelo Ministério Público Federal. E é nela que reside a revelação que mais assombra seus ex-colegas da Câmara: a lista dos que receberam dinheiro para votar a favor da abertura do processo de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff.

Cunha não se limitou a dar os nomes – a maioria deles do PMDB. Citou as fontes pagadoras e implicou o presidente Michel Temer. Reconheceu que ele mesmo em alguns casos atuou para que os pagamentos fossem feitos. Contou o que viu e acompanhou de perto e o que ficou sabendo depois. Não poupou nem aqueles deputados considerados mais próximos dele. Teve uma razão especial para isso.

É o troco que dá aos que antes satisfizeram suas vontades e depois o abandonaram quando mais precisou da ajuda deles. Cunha foi do céu ao inferno num período de 17 meses. Eleito presidente da Câmara em primeiro turno no dia 1 de fevereiro de 2015 com 267 votos de um total de 513, acabou cassado no dia 12 de setembro do ano seguinte por 450 votos. Somente 10 deputados votaram por sua absolvição.

Tanto Cunha quanto o Ministério Público têm pressa em fechar acordo em torno do restante da delação. Se isso ocorrer, ela poderá servir de base para uma nova denúncia contra Temer. Ou, no mínimo, para provocar um terremoto na base de sustentação do governo no Congresso, fragilizando-o ainda mais. Temer já foi informado a respeito e reagiu com tranquilidade.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

77 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Roberto Santos

10 de janeiro de 2020 às 14h47

Eu acho que acusar o PT de ladrão, é não ter consideração com a própria mãe. O Lula foi meu pai; minha mãe; meu irmão mais velho. Me tirou da “M” sem prejudicar os ricos. Será que o anônimo é de Marte?. Brincadeira!
Pô, agora temos que amargurar o retorno pro esgoto? Acorda povo!

Responder

Folha seca

30 de setembro de 2019 às 12h32

Agora,depois de estraçalharem o Brasil, escravisar o povo, é que vêm com essa notícia? Tarde,não?

Responder

    Nelo de Carvalho

    30 de setembro de 2019 às 15h52

    Rsrsrs…eu estou rindo da desgraça desse povo.

    Responder

    Berna

    01 de outubro de 2019 às 22h48

    Entendo o que você quis dizer.
    Pois é! Nós, da Esquerda, avisamos que se tratava de um “golpeachment”.
    O Brasil está SEM COMANDO desde o tribunal-farsa, montado pelos políticos golpistas fantoches do “grupo” de fazedores de guerras de DOMINAÇÃO que agem no Mundo inteiro e agora, estão agindo no Brasil também e que culminou com o “golpeachment” contra a Presidenta Dilma Rousseff, que mal pôde governar, haja vista a oposição ter estado tramando, conspirando para tirá-la da Presidência e colocarem um Presidente-Fantoche no lugar dela bem como impedirem o ex-presidente Lula de se candidatar à Presidência, certos de que o ex-presidente Lula venceria as eleições, já no Primeiro Turno e isso, eles não queriam que acontecesse. O Mundo inteiro está comentando sobre esse assunto. Wikileaks alertou e o The Intercept está denunciando e alertando também.

    Responder

Othorgenes Brandão

13 de agosto de 2019 às 22h18

“Que Deus tenha misericórdia desta nação!”
Enfim saberemos o que Eduardo Cunha quis dizer quando votou pelo impeachment de Dilma?

Responder

chichano goncalvez

05 de agosto de 2019 às 20h53

Quem acreditou que existe algum honesto nos partidos : PSDB, PMDB, PP e seus asseclas, ou é muito inocente, ou faz parte daqueles corruptos do dia a dia.

Responder

Humberto macedo

28 de julho de 2017 às 19h57

Relatória não define define resultado de votação.

Responder

LUIZ TAVE

21 de julho de 2017 às 03h11

palhaçada . babaquice

Responder

Mário Alexandre Pires Machado

17 de julho de 2017 às 23h46

SE EDUARDO CUNHA DISSE QUE VOTOS PELO IMPEACHMENT DA EX PRESIDENTE DILMA FOI COMPRADO, POR QUE NÃO ANULAR O IMPEACHMENT DELA? QUANDO É QUE O IMPEACHMENT DA EX PRESIDENTE DILMA COMEÇARA A SER JULGADO?
AGUARDO RETORNO SOBRE O MESMO.
NO MAIS ERA ISSO.
GRATO PELA SUA ATENÇÃO
ATENCIOSAMENTE
MÁRIO ALEXANDRE PIRES MACHADO

Responder

Paulino Camargo

17 de julho de 2017 às 18h14

Agora é um pouco tarde para o arrependimento.

Responder

Roberto Affonso de Miranda

17 de julho de 2017 às 00h55

Só publicam opiniões à favor.
Publicação n?o vale nada.

Responder

Anônimo

17 de julho de 2017 às 00h50

PT Partido de ladrões.
Esqueceram de todo roubo de milhões.
Esqueceram da campanha com dinheiro da Petrobras.
Esqueceram do único presidente na história do Brasil que entrou pobre e saiu com toda família milionária,com dinheiro do povo,inclusive dos pobres
Pt tem que ser enterrado,já morreu.

Responder

    carlos

    17 de julho de 2017 às 18h34

    O anônimo é tão ridículo que que não merece nem comentários, deve ser algum narcotráficante ou um chefe de quadrilha que assalta banco, ou um lambe botas do Aécio neves.

    Responder

    chichano goncalvez

    05 de agosto de 2019 às 20h52

    Covarde, acefalo, não tens coragem de dar o teu nome, deves ser um desses estrumes, que só atrapalham os serios e honestos.

    Responder

      Paulo

      30 de setembro de 2019 às 13h54

      P .T. o verdadeiro partido honesto do povo honesto , trabalhador , e Patriota brasileiro … Quem acusa sem provas , e um vagabundo , que não vale o ar que respira , e apenas um retardado , e não merece o respeito de ninguém. …

      Responder

    Luis

    17 de setembro de 2019 às 21h10

    Anônimo:

    Depois do “Temeroso” e agora com o “Bolsonauro” você pode escolher:

    1) PT: péssimo com ou ele, muito pior sem ele!

    Ou:

    2) O que é horrível, sempre pode ficar terrível!

    É isso!

    Responder

    Ibarra

    29 de setembro de 2019 às 04h19

    Lamebotas do Bolsonaro.

    Responder

Gezilda Lima

16 de julho de 2017 às 22h30

Que novidadeeeee!

Responder

Paulo Augusto Pereira

16 de julho de 2017 às 18h40

Nenhuma novidade sobre esse assunto, todos sabiam do golpe inclusive a imprensa que patrocinou…. é só lembrar da conversa de Romero Juca com Sérgio Machado.

Responder

CANDIDO LUIZ SANTOS MALTA

16 de julho de 2017 às 14h57

A delação do ex-presidente da Câmara dos Deputados da República Federativa do Brasil é mais uma prova de que o Brasil, INFELIZMENTE, é um país que foi mergulhado no abismo da podridão, no fundo do qual jaz uma Justiça apodrecida pela desfaçatez de pseudos ilibados seres que nem a pena de morte faria justiça para punir os crimes que cometeram e ainda sustentam. Se os parentes desses juízes e juízas marginais não estiverem sentindo vergonha dos atos que eles praticaram e ainda sustentam, apesar de provas irrefutáveis que comprovam várias aberrações jurídicas cometidas, dou-me o direito de chama-los de conluios de quadrilhas periculosas e não familiares de juízes e ou de juízas.

Responder

Ralfo Penteado

16 de julho de 2017 às 11h37

Grande Cunha, se não fosse tu a explicar está república de excessão de cafonos e sem caráter….Mas conte-nos :__ qual é a melhor história do crescente subdesenvolvimento no país mais rico do mundo ?

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

16 de julho de 2017 às 10h20

Desculpem. Não sei por que meu comentário saiu 3 vezes. Coisas da internet.

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

16 de julho de 2017 às 10h17

Deputados venderam seus votos pelo “impitim vagabundo”. Analisando mais friamente, a Globo entrou nessa campanha ferrrenha para destruir o PT. A pergunta é: foi coincidência as centenas de milhões de reais em propaganda da FRIBOI e da SEARA na globosta durante esse período? Tony Ramos (que substituiu Roberto Carlos) na prjopaganda da Friboi e a Fátima Bernardes fazendo propaganda da Seara são globais. Será mesmo coincidência? No dia em que um traira como Cunha abrir o bico sobre essas “coincidências” talvez os coxinhas, finalmente, reconheçam que foram manipulados por esses crápulas quadrilheiros.

Responder

Anônimo

16 de julho de 2017 às 10h15

Deputados venderam seus votos pelo “impitim vagabundo”. Analisando mais friamente, a Globo entrou nessa campanha ferrrenha para destruir o PT. A pergunta é: foi coincidência as centenas de milhões de reais em propaganda da FRIBOI e da SEARA na globosta durante esse período? Tony Ramos (que substituiu Roberto Carlos) na propaganda da Friboi e a Fátima Bernardes fazendo propaganda da Seara são globais. Será mesmo coincidência? No dia em que um traira como Cunha abrir o bico sobre essas “coincidências” talvez os coxinhas, finalmente, reconheçam que foram manipulados por esses crápulas quadrilheiros.

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

16 de julho de 2017 às 10h13

Deputados venderam seus votos pelo “impitim vagabundo”. Analisando mais friamente, a Globo entrou nessa campanha ferrrenha para destruir o PT. A pergunta é: foi coincidência as centenas de milhões de reais em propaganda da FRIBOI e da SEARA na globosta durante esse período? Tony Ramos (que substituiu Roberto Carlos) na propaganda da Friboi e a Fátima Bernardes fazendo propaganda da Seara são globais. Será mesmo coincidência? No dia em que um traira como Cunha abrir o bico sobre essas “coincidências” talvez os coxinhas, finalmente, reconheçam que foram manipulados por esses crápulas quadrilheiros.

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

16 de julho de 2017 às 09h55

MIGUEL, como jornalista você sabe melhor do que nós como funciona a midia. Lança-se uma pauta, faz-se a reportagem e depois entrevistam-se algumas pessoas para confirmar essa pauta. Até aqui, tudo normal. O problema é que a midia (a platinada, por exemplo) cria a pauta política que ela quer e depois busca 2 ou 3 “especialistas” aliados seus. Em Economia, por exemplo, todos os “entrevistados” dizem que ela está crescendo. Mas o que se vê na Economia “real”? Estamos despencando! Em maio, só a indústria de São Paulo demitiu 15.000. Quando sairão os dados do Brasil inteiro? Certamente chegaremos a quase 80.000. Mas isso eles escondem. Com a aprovação da reforma, esse número deverá atingir números estratosféricos. E os “especialistas da mídia” dizem que ela aumentará o número de empregos. Pode existir manipulação maior?

Responder

Marcio Pinós

16 de julho de 2017 às 12h17

ganhou quem comprou mais deputados….alguem mais concorda que essa republica ta morta e podre…só esperando alguem enterrar??

Responder

Pedro Junior Couzzi

16 de julho de 2017 às 05h38

Tudo no “praneta brazilia” é comprado, ou você acha que o pão com mortadela que os vermelhos davam para os baderneiros era cortesia da JBS?

Responder

Robercil R. Parreira

16 de julho de 2017 às 03h22

Mas, Nao Era So Tirar o…….????!!!

Responder

FRANCISCO MAURILIO GADELHA DE ANDRADE

16 de julho de 2017 às 00h06

Cunha imaginou que da mesma maneira que se elegeu Presidente da Câmara, e aprovou o impitiman, seria absolvido pelos corrompidos. São iguais ao Cunha, cada voto tinha um preço.

Responder

Álvaro Armando Abreu Mendes

16 de julho de 2017 às 02h55

Por isto o governo dúzia que não tinha dinheiro.

Responder

Néya Pedroso

16 de julho de 2017 às 02h15

Sério?

Responder

Suzana Weber

16 de julho de 2017 às 01h56

Que novidade, uau!!

Responder

Maria Lucia Soares

16 de julho de 2017 às 01h15

Está bem conseguiram a delação, o que farão agora? Vejo este governo se fortalecendo pela ilegalidade saqueando os direitos da CLT, favorecendo poderosos e a justiça se mostrando conivente.

Responder

Francisco De Assis Da Silva de Assis

15 de julho de 2017 às 23h54

Cunha você é uma coisinha só fala quer disser inútil

Responder

Paulo Melchor

15 de julho de 2017 às 23h29

K D o STF?

Responder

João Sapucaia

15 de julho de 2017 às 23h23

Responder

    Roberto de Araújo

    16 de julho de 2017 às 11h18

    a verdadeira face do juiz.

    Responder

Tijolino

15 de julho de 2017 às 20h22

Se o Brasil fosse um país civilizado o STF diante deste absurdo delatado pelo sr. cunha, cancelava o golpe.

Responder

    Paulo fernando

    16 de julho de 2017 às 08h38

    Provavelmente teremos que esperar 50 anos para que esse grande erra seja estornado.

    Responder

Amanda Teixeira

15 de julho de 2017 às 23h11

Gabriela Rocha
Mercia Rocha

Responder

enganado

15 de julho de 2017 às 19h54

Virou bagunça? O ___braZiUSA__ é Terra sem Leis, chega ou querem mais? Qdo um ministro-pamonha, que tem o dedo no gatilho diz que aqui o PUTEIRO está a deriva=sem rumo, e ainda coloca (2) medalhas nos peitos de juiz-de-merda/ladrão/apátrida çerJio mO(U)RO, chega ou querem mais? Qdo o que se diz ministro do __çTF__ elogia um viciado em cocaína-maconha-cachaça/ladrão/covarde(bate até em mulheres)/afronta a dignidade até do sexo oposto, chega né! Qdo se tem um __presidente-ladrão-ratazana-porco-imundo-chefe de gangue ((aliás não privilégio do TREMER, pois o FHC/CAIADO/ALCKMIN/ . . . todos o são, pior o tal __bando fardo SABE de TUDO, mas a mando dos USraHell, se calam, pois o ex-BRASIL é um mero detalhe, não vai ao caso. Detalhe, só para esclarecer: a PF_DB e o pessoal do Bando Fardado estão PERMANENTEMENTE instalados em todas as centrais telefônica do Paí. SABEM de TUDO, por TUDO, Querem ver: O senador REQUIÃO subiu na tribuna do senado e denunciou o Processo do BANESTADO, foi enviado pela DIREITA (((governo do FHC)) para os USraHell de 132 BILHÕES de “”DÓLARES””. O FDP julgou e disse que estava tudo CORRETO. E RACHUNCHA??? Na bundinha não vai nada???? Pergunto: Em quem acreditar? No Brasileiríssimo senado REQUIÃO ou neste pulha que julga sem LER, no ouvi dizer, estão dizendo, ouvi falar, é boato, na convicção, …. etc. Que LEIS são essas?? E aí, o que está escrito no artigo 142??? No entanto o sr. VILLAS BÔAS, representante do PENTÁGONO aqui no GALINHEIRO, já colocou até agora (2) meRdalhas no peitos do juizeco. Taí a lisura / honra / dignidade da Nação. O BRASIL acabou como Nação, aqui é PUTEIRO. Então ___bagunça__ ainda é para os mais educados, tenho NOJO / ASCO / OJERIZA e vergonha de ter nascido na Terra desta Gentinha que manda no PUTEIRO, não é rede GOEBBELS=covil de ladrões=bando de crápulas= … etc. Apostem comigo que ainda vão ser meRdalhados pelo Bando Fardado, aguardem!!!!

Responder

Vera Lucia Kovalski

15 de julho de 2017 às 22h50

CHOVENDO NO MOLHADO

Responder

    Hebe de Oliveira lima

    16 de julho de 2017 às 00h40

    Moro deu vida ao direito.

    Responder

Vera Lucia Kovalski

15 de julho de 2017 às 22h50

NÃO DIGA.
DESCOBRIU A PÓLVORA.

Responder

.Flavio ferreira

15 de julho de 2017 às 19h43

Menos Platão e mais Maquiavel.
O que a TV Globo faz? Fustiga a justiça. Ameaça desembargadores e também procuradores. O PT precisa fazer o mesmo com o própria TV Globo e todos aqueles que tratam o PT como inimigo.
Todos os membros do PT tem que estar focados neste objetivo.
Cobrar a aplicação da Lei para todos os inimigos. Expor as contradições da Justiça, como a não prisão dos Tucanos, como o Eduardo Azeredo, e leniência da Justiça com a TV Globo, como no caso Parati, Mossak e Copa 2002.
Pesquisar essa ligação do Moro com o desembargador Gebran. Alfinetar a Carmen Lucia sobre a falta de julgamento do Moro no CNJ, afinal a lei é para todos e o cala boca já morreu, como ela mesmo disse.
Em cada entrevista, por qualquer assunto, lembrar que o MPF não investiga a TV GLOBO, que tem um sócio preso pelo FBI.
E lançar várias campanhas, tais como:
# Moro deixa livre Herdeira da Globo: caso Mossak.
# Moro liberta bandidos da Mossak.
# MPF tem medo da TV globo? Casos Mossak e Copa 2002.
# Justiça tem medo da herdeira TV Globo: caso Parati.
# Moro deixa traficante solto por 8 anos: caso escuta Youssef.
# Justiça e o caso Doria na Embratur?
# Contas no exterior de Aécio e Serra: e aí Justiça?
# Justiça e MPF e os trens de Alckmin e Serra, nada?
# TV Globo e FHC: empréstimo do BNDES é o caso Miriam, MPF não fala nada?
Contra-atacar para tirar o foco dos desembargadores do TRF4, dá um alívio para os caras, mas ao mesmo tempo pesquisar sobre os mesmos.
Lembrar: ninguém tem mais telhado de vidro que a TV Globo

Responder

Maria Sousa

15 de julho de 2017 às 22h20

Só a pessoa sendo mt burro, pra não saber dessa vergonha, que essas pessoas que se dizem ser nossos (representantes) armaram pra cima da população brasileira, mais estamos só anotando os nomes,dos nossos (representantes )

Responder

Carla P. Bergamo

15 de julho de 2017 às 21h59

não tínhamos dúvidas

Responder

Marli Bbarbosa

15 de julho de 2017 às 21h30

Mas esta claro que Ministra Carmem Silva não sente vergonha de STF ser parte da suruba “faz parte” dos que apoiam bandidos corruptos para garantir suas mesadaa no final de cada ação!!

Responder

Analú Almeida da Silva

15 de julho de 2017 às 21h10

Bombástica está revelação! SQN

Responder

Lobo

15 de julho de 2017 às 16h55

Cunha é hoje um único delator que não precisa delatar Lula para delação ser aceita. Por que? Porque Janot precisa alguma coisa bem bombástica e pesada contra o Temer bem rápido! Cunha, claro, pode pedir bastante coisas em troca… Agora, golpe não interessa mais ninguém, exceto Janot, porque pagamento de votos é propina. Outra coisa, em delação do Joesley já existe essa parte, porque JBS dava dinheiro para Cunha pagar deputados. Então, nos temos Cunha, doleiro, Janot e Fachin como interessados de processar pagamento de votos e STF inteiro, que faz parte do golpe e quer botar esse escândalo na geladeira. Para sociedade ter algum proveito disso, quando homologada pelo Fachin, nós precisamos levantar vozes na frente do STF e pedir exaustivamente que, finalmente, togados reagem e processam golpe. Sem de pressão do povo não vai dar em nada…

Responder

Paulo Mauricio Prata

15 de julho de 2017 às 19h20

Mas tem amigos nossos que vão continuar dizendo que não foi golpe e que a Dilma caiu pq eles foram pra rua no domingo aproveitar a área de lazer da Avenida Atlântica. Bruno Harten, Shant Purven

Responder

    Bruno Harten

    15 de julho de 2017 às 20h06

    Leandro Torturella Bernardo Murgel Miguel Goes

    Responder

    Miguel Goes

    15 de julho de 2017 às 20h14

    Os a favor foram e o contra não né?!?! Vamos parar de ingenuidade?!? Só tem fdp no congresso. Ou buscamos novas lideranças ou vão continuar reclamando de tudo.

    Responder

Socorro Sandim

15 de julho de 2017 às 19h08

Foi muito, muito e muito dinheiro então.

Responder

Sebastiao Amorim

15 de julho de 2017 às 18h49

Nada que o cunha possa dizer merece credibilidade pois o golpe ja foi dado , a moral dos Brasileiras esta la embaixo e a dos politicos sem nenhuma .

Responder

Lu Rodrigues

15 de julho de 2017 às 18h08

Delata é ótimo Isso até o Temer traíra já tinha admitido naquela entrevista.

Responder

Eliane Costa

15 de julho de 2017 às 17h47

Isso todo mundo ja sabia

Responder

Maria Luna Dias

15 de julho de 2017 às 17h33

Isso todo mundo já sabe.

Responder

Rai Pinheiro

15 de julho de 2017 às 17h30

Isso não é novidade!

Responder

Wanda Myane

15 de julho de 2017 às 17h18

Uauuu! Eu não sabia e nem imaginava uma coisa assim! Se não fosse pelo Cunha…

Responder

Eliane Brum

15 de julho de 2017 às 17h05

E daí ? Até os bebês sabem disso ! Mas a justiça sumiu ! A não ser que ele apresente provas cabais! Delação só é prova se for contra o Lula!

Responder

Elias S Rosa

15 de julho de 2017 às 17h01

Um parlamento movido a propina. A máfia no poder…

Responder

Paulo Fernandes De Souza Rosinha

15 de julho de 2017 às 16h50

Amanda Lu

Responder

Luciano Prado

15 de julho de 2017 às 13h42

Acredito mais em Cunha do que em Noblat.
Portanto, a parada é indigesta em se tratando dessa dupla.

Responder

Elcio Kaminski

15 de julho de 2017 às 16h30

Que novidade

Responder

Vinicius Muhlethaler Beire

15 de julho de 2017 às 16h13

“Meu voto é sim, que Deus tenha piedade de nós”

Esta frase foi bem emblemática

Responder

Jamile Sacramento

15 de julho de 2017 às 16h07

Isso não vai passar na globo.

Responder

    Maju Gomes

    15 de julho de 2017 às 17h19

    Claro que NÃO. …imagina a dona do golpe vai se abster….com certeza da impunidade melhor esperar a tempestade passar ??

    Responder

Pedro Lira

15 de julho de 2017 às 16h06

Uau! Que surpresa! O golpe de 2016 está sendo revelado em espaço de tempo tão curto? Quem bateu panelas na varanda gourmet e vociferou palavras de odio nos chavões em plena avenida paulista jurava e afirmava aos quatro cantos do mundo que haviam derrubado um governo e limpado o país da corrupção, seria por essa razão que se calam, se omitem e se escondem diante do atual descalabro? Querem esconder a sua responsabilidade? Hipocritamente ridículos!

Responder

Luís Fernandes

15 de julho de 2017 às 15h58

E onde isso é novidade?

Responder

Trazibulo Meireles (Zibinho)

15 de julho de 2017 às 12h56

Cadê o STF mesmo golpista que não toma providências? A Corte golpista não vai anular este golpe?

Responder

Humberto Barbosa

15 de julho de 2017 às 15h55

todo mundo sabe disso , foram votos comprados , e não foram baratos !!!

Responder

Roberto Oliveira

15 de julho de 2017 às 15h52

Facil saber quem são eles… Todos que votaram a favor da reforma trabalhista, salvar o MT na CCJ e que votarão na reforma da previdência. Esses foram os vendidos.

Responder

Deixe uma resposta