Cafezinho das 3: por que as manifestações de domingo floparam?

1ª pesquisa pós-condenação mostra forte crescimento de Lula entre mais jovens

Por Miguel do Rosário

29 de julho de 2017 : 17h13

O Instituto Paraná Pesquisas não merece nenhuma confiança. Fui dar uma olhada no histórico das pesquisas deste ano e tomei um susto. Ele presta assessoria à Lava Jato e ao PSDB. Há diversas pesquisas com uma pergunta só, do tipo: você gosta da Lava Jato? Você concorda com a liberdade de Dirceu? E a mais patética de todas: você acha que o triplex é de Lula?

Nenhuma pesquisa sobre os flagrantes do Aécio, claro…

Pois então. Mesmo assim, a pesquisa realizada nos dias 24 a 27 de julho, ou seja, já com a condenação de Lula bastante divulgada e explorada pela grande imprensa, mostra que o ex-presidente continua liderando, isoladamente, as pesquisas de intenção de voto.

Não sei porque o Paraná Pesquisas não fez um comparativo com suas próprias pesquisas anteriores. Eu tive que ir no arquivo do instituto para encontrar a pesquisa eleitoral de maio (antes da condenação de Lula por Sergio Moro), para comparar.

Pois bem, no geral, Lula manteve, na pesquisa atual, os mesmos 25,8% de maio (o Instituto Paraná é tão preguiçoso que não mudou nem os decimais do ex-presidente). Provavelmente, Lula cresceu e o instituto não teve coragem de mostrar isso, mas teve escrúpulos suficientes para não mostrá-lo em queda.

Pesquisa atual: 24 a 27 de julho de 2017 

Pesquisa maio: 25 a 29 de maio de 2017

Vê-se que Bolsonaro cresceu um pouco. Aliás, Bolsonaro já é, de longe, o principal adversário de Lula, justamente por encarnar o “antipetista”. O fascismo midiático cobra seu preço.

A própria pergunta mostra quão tendencioso é o instituto, mas deixa para lá.

Bolsonaro já ganha em alguns segmentos importantes: em regiões inteiras do país, como no Sul e no Centro-Oeste/Norte, e em faixas de renda mais altas.

 

A força de Bolsonaro está nas “esclarecidas” classe A e B. Neste segmento, ele lidera com 21,6%, contra 15% de Lula e 16% de Doria. Nas classes mais baixas, a partir da C, porém, a força de Lula cresce. Nas classes D e E, Lula tem 39%.

Num eventual segundo turno, Lula ganha em todos os cenários, com relativa folga. O candidato que mais pode ameaçá-lo continua sendo… Bolsonaro. Até mesmo Marina Silva, que até outro dia ganhava (embora com margem apertada) de Lula no segundo turno, perdeu força e está  mais de 7 pontos atrás.

O que me chamou atenção na pesquisa, contudo, foi o crescimento de Lula entre os mais jovens. De maio a julho, a intenção de voto em Lula entre jovens eleitores até 24 anos passou de 26 para 30% e dos jovens de 25 a 34 anos, de 21,6% a 28%. Bolsonaro seguiu na direção inversa: está perdendo votos da juventude e ganhando dos mais velhos.

O gráfico é o que abre o post.

Essa é uma matemática, naturalmente, que ajuda Lula, visto que os jovens representam, quase sempre, as tendências mais fortes.

Doria também perdeu, de maio a julho, votos na juventude…

***

Quanto à rejeição, ela é praticamente igual entre Lula e Bolsonaro. A de João Dória está crescendo à medida em que as pessoas o vão conhecendo.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

José Caetano Florencio Florencio

30 de julho de 2017 às 13h59

Lula Presidente 2018.

Responder

Petronio Carvalho

30 de julho de 2017 às 03h31

Lula 2018 no presídio. Quase lá.

Responder

Marcia Amaral Freitas

30 de julho de 2017 às 03h16

Esse pessoal de Curitiba precisa ir pro hospício

Responder

Sebastiao Marcirio De Araujo Magalhaes

30 de julho de 2017 às 02h35

EU Quero um Brasil diferentes sem Corrupção Bolsanaro e a Solução

Responder

Ailton Melo Melo

30 de julho de 2017 às 01h29

Lula, quanto mais apanha mais cresce, isso deve dar dor de cabeça!

Responder

Renner Malta

29 de julho de 2017 às 23h30

Parana pesquisas?! Vao se fuder. Nego da eskerda ainda da credito p esses fdp?!

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

29 de julho de 2017 às 20h13

LULA ganha em todas as faixas etárias. A elite, claro, é anti-PT. Mas “azelite” não ganha eleição. Por isso entendo o desespero dos coxinhas.

Responder

Eduardo Francisco

29 de julho de 2017 às 23h07

E mesmo em um instituto sem credibilidade o Lula está em primeiro

Responder

Raquel Linhares

29 de julho de 2017 às 22h54

Não acredito nessa pesquisa fajuta. Moro no Nordeste, só aqui Lula leva mais de 70 % dos votos, por isso é mentirosa.

Responder

Fausto Amaral DE Barros

29 de julho de 2017 às 22h39

Disse e repito: tal ‘instituto’ não existe.

Responder

Tania Maria Maria

29 de julho de 2017 às 21h02

Paraná Pesquisas não é confiável nenhum pouquinho.

Responder

Eduardo Silverio Oliveira

29 de julho de 2017 às 20h39

Eu cago para essas pesquisas!

Responder

Deixe uma resposta