Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Prefeito João Dória Jr em Veneza com o prefeito Luigi Brugnaro. Foto @Jdoriajr

O decreto de Doria e a arrogância tucana

Por Pedro Breier

08 de março de 2018 : 11h30

(Toda a finesse de Doria em Veneza. Foto: @Jdoriajr)

Por Pedro Breier

O episódio do decreto assinado por João Doria que estendeu a ex-prefeitos os serviços de segurança pessoal prestados pela PM – os quais hoje abrangem somente o atual prefeito – demonstra algo a mais do que a conhecida hipocrisia dos liberais brasileiros.

Sobre esta, recomendo a leitura da boa reportagem da Folha sobre o recuo de Doria em relação ao decreto.

Como um bom liberal tupiniquim, ficam só no discurso as críticas ao Estado e as louvações ao setor privado. Na prática, Doria pega dinheiro emprestado do BNDES para comprar o seu jatinho – afinal, quem não gosta de juros baixinhos financiados pelos pagadores de impostos, não é? – e usa seu poder de prefeito para auferir algumas benesses pessoais.

Além da hipocrisia, o decreto evidencia toda a arrogância de Doria, a qual é corriqueira em seu campo político e em seu partido.

Explico.

Doria só arriscou se queimar por algo tão pequeno – ou o businessman não teria dinheiro para contratar alguns seguranças particulares para fazer sua campanha? – porque sabe que o conservadorismo de São Paulo engole qualquer coisa vinda dos tucanos.

Ele muito provavelmente concorrerá ao governo do estado e tem, apesar de fazer um governo medíocre na prefeitura, altíssimas chances de se eleger. Afinal, o estado de São Paulo é muito mais conservador do que a capital. Se Doria ganhou no primeiro turno na eleição municipal, façamos as contas.

O PSDB governa os paulistas há mais de 20 anos. Alckmin, o atual governador, deixou faltar água em uma das maiores metrópoles do mundo e mesmo assim foi reeleito no primeiro turno.

Ou seja, não importa o que os tucanos façam no governo e nem mesmo se eles usam seus cargos em benefício próprio, contrariando espetacularmente todo o seu discurso. O voto do paulistano é decidido com o fígado: desde que não sejam os malditos vermelhos, comunistas, petistas, ciclistas, etc., engolem qualquer coisa.

Os tucanos sabem disso e acabam deixando a certeza da vitória subir à cabeça e transformar-se em arrogância.

Entretanto, apesar do feudo paulista estar sempre sob controle, tal postura vem garantindo ao PSDB estupendas derrotas a nível nacional.

O discurso mequetrefe de Estado mínimo e o antipetismo pueril não enganam tanta gente fora de São Paulo e de mais alguns estados da metade sul do país.

Ainda bem.

Pedro Breier

Pedro Breier nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo. É formado em direito e escreve n'O Cafezinho desde 2016, sendo atualmente um dos editores do blog.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Waldo

08 de março de 2018 às 19h27

Governo americano oficializa taxação sobre importação de aço e atinge setor de aço brasileiro. Golpistas sempre do lado errado da história. Apoiando o golpe contra os interesses do trabalhador, contra os interesses do brasil e contra seus próprios interesses. Brasil , um pais de tolos.

Responder

Cibele

08 de março de 2018 às 12h20

Muito bom o texto, explica porque São Paulo ainda é Tucano, mas acho que a mídia tem uma grande parcela de culpa, protege os tucanos de uma forma muito escancarada, por isso eu tenho nojo da Rede Globo.
Essa frase o conservadorismo de São Paulo engole qualquer coisa vinda dos tucanos foi perfeita.

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro