Ciro Gomes ao vivo na Band

O genial Aroeira já tinha se ligado

Moro, o Napoleão de hospício

Por Pedro Breier

08 de julho de 2018 : 16h09

É de Alexandre Vasilenskas, sagaz militante do PCB, a melhor definição para o mal que acomete Sérgio Moro: síndrome de Napoleão de hospício.

Moro cometeu mais um grave crime hoje ao impedir que fosse cumprida a ordem de soltura de Lula, expedida pelo desembargador Rogério Fraveto.

Como sabe que terá a proteção da Globo e demais integrantes da máfia midiática, Moro não coloca freio algum nos seus delírios de grandeza e, tal qual um Napoleão de hospício, age como o imperador que não tem competência legal para ser.

O louco é que, para milhões de brasileiros, o homem que está preso sem provas é o bandido, enquanto o juiz que age fora da lei é o herói. Eis o nível de distorção da realidade proporcionado pela concentração dos meios de comunicação nas mãos de algumas famílias ricas e conservadoras. Na verdade é mais que uma distorção, é a completa inversão da realidade.

De qualquer forma, o dia de hoje é mais um que vai entrar para a história desse período bizarro pelo qual passamos.

Moro acabou ganhando a contenda com a entrada em campo do desembargador João Gebran Neto, relator do processo que saiu das suas férias para salvar a narrativa global/lavajateira, ordenando a manutenção da prisão de Lula.

O preço a pagar, entretanto, foi alto: a nova travessura do nosso Napoleão deslumbrado é mais um furo monumental no enredo de ficção montado para dar ares de legalidade a essa perseguição insana ao político mais popular do país e ao seu partido.

A credibilidade do golpe derrete como um queijo no microondas.

Atualização: O desembargador Favreto, cujo plantão no TRF da 4ª Região vai até amanhã, publicou nova decisão na qual rejeita as interferências de Moro e Gebran e determina que se solte Lula no prazo de uma hora. Além disso, determinou o envio da manifestação de Moro para a corregedoria do TRF 4 e para o CNJ, solicitando a apuração de eventual falta funcional. A coisa vai ficando cada vez mais feia para o Napoleão de Curitiba.

Pedro Breier

Pedro Breier, colunista d'O Cafezinho, é formado em direito mas gosta mesmo é de jornalismo. Nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

maria do carmo

09 de julho de 2018 às 07h52

O verdugo Moro vaidoso se acha Deus nao respeita constituicao se acha presidente do Supremo, o estadista Lula inocente preso sem provas e seu presioneiro pessoal, so ele Napoleao decide, o verdugo Moro tem lado tem partido PSDB adora midia Globo, Aecio, Doria ( outro napoleao ) em Nova York, em Monaco Paraiso Fsical com principe, e pior acabou com empresas brasileiras com EEUU atraz, Esta na hora de imppedir esse destruidor do Brasil, punir corruptos sim mas respeitando a constituicao e punir pessoas nao empresas em beneficio do Imperio que onde tem petroleo alicia traidores da patria para tomar requezas!

Responder

Grupo de Juristas Renomados em defesa da Democracia

09 de julho de 2018 às 03h12

Como um desembargador mequetrefe de pantao desafia e tenta quebrar uma decisao tomada no STF de manter o Lula preso? Uma patetica tentativa de criar instabilidade juridica que rapidamente foi resolvida por seus superiores. Nao sei qual o involvimento de Moro nessa historia, pelo que sei ele esta de ferias.

Responder

Reginaldo Gomes

08 de julho de 2018 às 21h16

Perfeito ! É o napoleão do hospício. Pensa ser o anjo que irá tirar os pecados do mundo.
Ele quis mostrar tanta eficiência , tanta perfeição , tanto comprometimento , tanto amor a causa; mas em verdade , mostrou foi é a bunda. É motivo de chacota em todo o mundo.

Responder

    Nostradamus

    09 de julho de 2018 às 13h13

    Dizem que Napoleão não tinha pelos na bunda. Vai ver que o coxa também… kakakakaka

    Responder

Marise

08 de julho de 2018 às 17h46

Se todos operadores do Direito agirem contra a lei e com suas próprias convicções, como quer Moro e as redes de televisão brasileiras, logo logo teremos um caos instalado nas instituições. Daí, prevalecerá a lei do mais forte.
C’est la guerre!

Responder

Marise

08 de julho de 2018 às 17h42

Hoje, Moro perdeu a noção por completo.

Despachou contra decisão de instância superior, mesmo afastado do serviço por motivo de férias, publicada no Diário Oficial.

Desacatou decisão de soltura em HC, junto com Delegado Federal como se o preso fosse deles e não do Estado Brasileiro

Estudantes e operadores do Direito do Brasil deveriam jogar fora o Código Penal, o Código de Processo Penal e, sobretudo (Pra que serve isso mesmo?), a Constituição Federal.

Ufa!

Responder

    Brasileiro da Silva

    08 de julho de 2018 às 18h13

    Moro tinha direito de se pronunciar. Ele foi citado no HC

    Responder

Ferreti

08 de julho de 2018 às 17h14

Rogério Favreto é incompetente para julgar o caso e não poderia ter dado o H.C. Ordem ilegal não se cumpre.

Responder

Napomucemo Dantas

08 de julho de 2018 às 16h56

O pior sao os brasileiros mal carater que endeusa esse patife de juiz. Nao passa de um pau mandado dos poderosos, um faz tudo, um capitao do mato, um jagunço.
Ele pode ca.gar na constituiçao federal que tá certo. Por isso que esse pais é essa mer.da.
Esse juiz merdao ja deveria ter sido demitido ha muito tempo.
Bom que ele ja tem um canhao pra guerra.

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com