Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Ciro sobe o tom para defender Lula

Por Miguel do Rosário

04 de setembro de 2018 : 19h00

Na sabatina organizada pela Faap e Estadão (íntegra aqui), realizada hoje, o presidenciável do PDT subiu o tom quando jornalistas tentaram chamar Lula de corrupto. Um deles, perguntou a Ciro se ele visitaria um “apartamento na planta”, tentando dar a entender que isso seria “prova” de propriedade do imóvel.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

49 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Renata

05 de setembro de 2018 às 11h33

Nós que fazemos parte da esquerdinha boboca e todos juristas não golpista do país, já estamos bem informados sobre a condenação sem crime de Lula que tem como único objetivo estancar a sangria da Soberania Popular. É bom saber que Centro esperto do país já se deu conta disso.

Responder

Teylor Dias

05 de setembro de 2018 às 09h15

Esse juiz de Curitiba é um tremendo picareta, só não vê isso quem não quer.
O triplex é um muquifu, não tem nada de luxo. E outra o prédio não estava na planta, é mentira do jornalista que disse perguntando isso.
O Lula, o FHC são políticos muito conhecidos. Que construtora não gostaria de te-los como clientes para faturar mais com propagandas ainda que de boca a boca. Estampar a cara do lula numa faixa de propaganda qualquer já paga o preço daquele AP vagabundo.
Olha as fotos do muquifu na internet. As imagens verdadeiras, reais, não mentem.
E o pior de tudo. Não tem uma prova sequer de que o triplex seja do Lula ou de algum parente ou laranja. Não tem prova nenhuma.
É desproporcional os bilhões roubados da petrobras com aquele triplex muquifu. As coisas não batem. Se ele estava roubando a Petrobras em bilhões como só conseguiu para si essa ninharia de um AP de muito baixo padrão de qualidade.
Mas o procurador Dallagnol pode comprar um AP do minha casa minha vida que é destinado para famílias pobres sendo que ele ganha uns 40 mil reais líquidos por mes e revender por preco maior do que o da compra o AP depois sem morar um único dia no AP do minha casa meu óleo de peroba.
É certo servidores públicos darem palestras remuneradas em dia e horário de trabalho, frequentemente ?
Qdo Moro e Dallagnol dão palestras no Brasil ou no exterior quem faz o serviço desses dois nos órgãos públicos onde eles trabalham. Não tem alguma coisa errada nessa história.
Se o Lula qdo estava no cargo de presidente desse uma palestra remunerada no horário de expediente o que a imprensa diria.
E se minha memória não falha, Lula fez a suposta visita após deixar o comando do país.
Dar palestras remuneradas é atribuição de um juiz e de um procurador federais. Foi para isso que o contratamos e pagamos seus salários. Deve ser por isso que o judiciário está abarrotado de processos. O cara trabalha num único processo e tira folga todo mês para fazer mini viagens de férias.
Resumindo: nós somos uns otários.
Para o bonde que eu vou descer.

Responder

Jailson

05 de setembro de 2018 às 08h16

Mas, vejam que na mesma entrevista ele concorda com o TSE e Barroso e diz que Lula não pode ser candidato. Claro que pode. A lei da ficha limpa permite. Mais de 1000 políticos na mesma situação de Lula foi candidato. A ONU e a OEA dizem que Lula pode ser candidato. Ciro e Barroso dizem que não. Não entendi essa de Ciro.

Responder

    Marcelo Abb

    05 de setembro de 2018 às 09h20

    Simples.

    A Lei Complementar Nº 135 de 2010, popularmente conhecida como a Lei da Ficha Limpa, determina que se encontram inelegíveis:

    “os que tenham contra sua pessoa representação julgada procedente pela Justiça Eleitoral, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão colegiado” (ipsis literis).

    Não preciso transcrever toda a lei, citando todos os casos que são considerados para determinar que um candidato esteja inelegível.

    Fato é que o Lula tem uma decisão proferida por órgão colegiado e isso é suficiente para enquadrá-lo na lei da Ficha Limpa.

    O pessoal faz uma confusão grande com isso aí. Deixa eu ser mais claro:

    1 – Ciro CLARAMENTE diz que a sentença contra Lula é injusta. Alguém discorda disso? Ele inclusive simula uma situação em que um potencial comprador de um apartamento tem uma cobertura oferecida pelo dono da incorporadora, visita o apartamento mas desiste da compra, por ser muito caro. Ele pede para o entrevistador repetir a pergunta dele e o cara fica sem reação, claramente defendendo Lula.

    2 – Ciro não só diz que a sentença de Lula é injusta, como diz que é um ABSURDO, levantando a voz e colocando o dedo na cara da repórter, que estejamos condenando pessoas ou fechando os olhos para injustiças do judiciário por conveniência política, claramente defendendo o Lula mais uma vez.

    3 – Ele critica a decisão do Lula de recorrer ao judiciário, o que eu também concordo. Se o Lula diz que é vítima de um golpe do judiciário, como ele espera que o judiciário o absolva? A utilização de recursos pressupõe a confiança no sistema. Se o Lula, o PT e a militância acreditam que existe um golpe em curso, ele deveria ter fugido para uma embaixada, saído do país, pedido asilo político, coisa que o Ciro até se ofereceu para ajudar, pagando um preço ALTÍSSIMO por isso, pois até hoje questionam ele sobre a famosa frase de “sequestrar o lula e colocá-lo em uma embaixada”.

    4 – Uma vez que o Lula optou por confiar no sistema e recorrer ao judiciário, é líquido e certo que ele se enquadra na lei da ficha limpa, pois ele recebeu uma condenação de órgão colegiado (segunda instância). Mesmo que a decisão seja injusta, o fato é que ela existe e está valendo (tanto é que o Lula está preso!). Ele pode SIM se candidatar, tanto que o fez. Mas a lei é claríssima ao dizer que ele não pode ter a sua candidatura deferida. Se existem milhões de outros casos, cada um deve ser analisado individualmente. E convenhamos, você realmente acredita que depois de TODO O GOLPE que sofremos, eles iriam mesmo deixar o lula se candidatar?

    Conseguiu compreender?

    Criticar a sentença é uma coisa.

    Criticar o Lula é outra.

    E dizer que o lula é inelegível também é outra coisa.

    No meu entendimento, Ciro Gomes fez uma defesa do Lula como NENHUM outro petista fez até agora. Uma defesa clara, sensata, arrojada, embasada e muito arriscada, pois ele é candidato sem o apoio do PT!

    Responder

      NeoTupi

      05 de setembro de 2018 às 10h02

      Não vale deixar de citar o artigo 26-c (a parte da lei que garante o direito de Lula recorrer e disputar a eleição, artigo usado e aceito por centenas de outros candidatos na mesma situação). Isso é espalhar fake news. É desinformar. Mais honestidade, por favor.
      E Ciro ainda tem que comer muito feijão ainda, pois está devendo defender Lula como preso político, com direitos aviltados, vítima de um golpe para tirá-lo das eleições, está devendo defender o cumprimento da decisão da ONU, e está devendo defender a inocência do Lula (como ele defendeu Lupi). Dizer apenas que a sentença é errada é muito diferente de defender a inocência.
      Lula não confia no judiciário. Ele é obrigado a defender-se nele até esgotar os recursos para a ONU julgar o mérito da violação de seus direitos. De novo, mais honestidade nos argumentos, por favor. Além disso, obrigar juízes a colocarem suas assinaturas em sentenças absurdas para cumprir o roteiro do golpe é uma atitude POLÍTICA, nada tem a ver com confiança no judiciário.

      Responder

      Jandui Tupinambás

      05 de setembro de 2018 às 10h14

      Marcelo,

      vamos, pelo menos, transcrever esta parte da famigerada lei aqui:

      “… inciso I do art. 1o poderá, em caráter cautelar, suspender a inelegibilidade sempre que existir plausibilidade da pretensão recursal e desde que a providência tenha sido expressamente requerida… ”

      A grande maioria dos juristas brasileiros concordam que existe a plausibilidade e acho que você também há de concordar que um processo que condena um cidadão sem provas deva ter um monte de pontos que levam a esta plausibilidade. Os advogados do PT apontaram pelo menos 12 absurdos que levam à esta conclusão.

      Na sua resposta você não considerou este inciso. Foi por esquecimento, desconhecimento ou você tem uma interpretação diferente?

      E somando-se tudo isto, temos 145 casos de candidatos a prefeitos condenados em segunda instância e usaram deste inciso para manter suas candidaturas. Lembrando que 75% deles conseguiram se diplomar. É a tal da juriisprudência que parece não existir quando se trata de Lula.

      Mas, na verdade, tudo isto vira blá-blá-blá uma vez que a determinação da ONU é supralegal. Fachin que o diga, aliás, ele será o relator no stf deste embróglio. Muita água pra rolar ainda.

      Não sei se fui claro para você entender.

      Abraço

      Responder

        Marcelo Abb

        05 de setembro de 2018 às 10h27

        Companheiro,

        Creio que estamos falando a mesma coisa.

        A questão da “condenação sem provas” é a mesma coisa que falar que a sentença é injusta. Ciro Gomes fala isso com muita clareza. Diz que a sentença é injusta e frágil.

        Mas o fato é que ela é existe e foi referendada por um colegiado na segunda instância. A questão é toda essa.

        Dizer que o Lula está inelegível não tem NADA a ver com achar que o Lula é culpado! Consegue entender?

        O Lula está inelegível exatamente por causa do golpe! Por causa da sentença injusta! Por causa do Moro e das aberrações jurídicas! O Ciro deixa isso muito claro.

        E é este o X da questão. Você mesmo falou: “as jurisprudências parecem não valer para o Lula”.

        Eu concordo contigo! Tudo no processo do Lula é estranho, aberrante, foge dos ritos. Quem mais denuncia isso? Ciro Gomes! Quem denunciou o grampo ilegal da Dilma e a divulgação mais ilegal ainda? Ciro! Quem denunciou o grampo ilegal do escritório de advocacia do Lula? Ciro! Quem denunciou a aberração que aconteceu naquele famigerado domingo, do “solta-lula-prende-lula”? Ciro!

        Ora, se NADA e NENHUM rito processual parece valer para o lula, nenhuma jurisprudência, precedente, decisão, argumentação, prova… Como o Lula espera que a sua salvação será recorrer à… JUSTIÇA!?!?!?!?!?!??!?!

        Mais uma vez, Ciro Gomes está certo! O Lula deveria ter pedido asilo político em outro país, e não recorrido ao sistema que o condenou injustamente!

        Agora ele está preso injustamente, sofrendo porrada de tudo que é lado, lutando contra uma força imparável, que é a máquina do golpe, manobrando para isolar um candidato progressista (Ciro), dizendo que será candidato, montando uma farsa para a população menos informada, quando todo mundo sabe que ele não será, e arriscando o futuro do país e das nossas crianças, nos submetendo ao perigo de vermos a direita ou um fascista no poder, tudo por conta de hegemonia partidária e falta de sagacidade política, para não dizer humildade!

        A saída é apoiar Ciro, um longevo aliado, dar um bypass na mídia, no judiciário, na direita, no conservadorismo, ganhar as eleições com as mãos nas costas, restaurando a democracia no brasil e dando esperança ao povo! Lula entraria para a história como uma LENDA se fizesse isso! Até para o bem dele, do próprio Lula. Você acha que ele terá ALGUMA CHANCE de sair da prisão se a direita ganhar o poder?

        Tudo poderia ser negociado. De repente, em 2022, Ciro poderia apoiar um candidato petista, ou o vice seria Haddad, tanta coisa poderia ser arquitetada.
        Do jeito que está, Lula não será candidato, seus votos serão dissipados em diversos outros candidatos, e o pobre coitado do Haddad, que é um excelente quadro petista, está sendo queimado, quando poderia ser um nome a ser preservado para o futuro do partido.

        Abraços! Estamos juntos.

        Responder

          Alexandre Neres

          05 de setembro de 2018 às 14h09

          Caro Marcelo, tamo junto. Não vejo nenhuma vantagem entre lulistas e ciristas ficarem brigando, isso de certa forma é estimulado por este blogue. Quero deixar claro que o Miguel não quer semear a cizânia, ele tem lado e isso fica patente, mas o alinhamento aqui existente entre trolls e haters com ciristas repetidas vezes é ilustrativo do que estou dizendo. Sou de esquerda e teria tudo pra votar no Boulos, mas votarei no “Andrade” por causa do estupro ao estado democrático de direito, embora tenha severas críticas ao candidato. Não admito que a soberania popular seja tutelada por juízes de camisas negras desprovidos de conteúdo e cheios de convicção.

          Ciro tem todo o direito de ser candidato. Ponto. Isso porém não lhe dá o direito de querer levar Lula para ser asilado em uma embaixada, ao dizer isso ele dá mostras de que quer tirar do páreo seu oponente mais forte e ainda quer posar de herói. Numa hora dessas agir com cálculo político pega mal, não à toa Ciro foi o único candidato do campo progressista a não se solidarizar com Lula naquele momento histórico em São Bernardo. Agora Ciro parabenizou o TSE por ter agido lépido e fagueiro para evitar a “fraude”, enquanto o referido tribunal estava desrespeitando jurisprudência consolidada e encurtando prazos, fazendo sessão exclusiva para impedir Lula de aparecer na propaganda eleitoral. Quanto medo! Isso para não falar que o “Andrade” foi denunciado três vezes nos últimos dias pelos mesmos fatos na esfera eleitoral, cível e penal.

          Outros pontos de discordância com relação aos seus textos: não basta que as decisões do judiciário se legitimem pelo procedimento, precisam também se legitimar pela sua essência, pelo seu conteúdo; ninguém é impedido de concorrer só porque foi condenado em segunda instância por decisão colegiada, basta olhar artigos e incisos dessa mesma lei. Que a Globo e caterva fiquem repetindo isso o tempo todo, até entendo, agora pessoas do nosso campo ficarem se utilizando desse raciocínio tosco, como se fosse líquido e certo, antes de haver uma decisão definitiva nesse sentido, é um pouco demais. Quem sabe o que é melhor para o destino de Lula e do PT são eles próprios, cabe a eles a decisão, em que pese que os jornalões todo dia repitam que Lula deveria fazer isso brevemente, ao tempo em que não podemos saber o resultado do novo Ibope e do Datafolha. Por que será?

          Forte abraço e estaremos juntos no segundo turno.

      Jailson

      05 de setembro de 2018 às 12h00

      Negativo. A lei da ficha limpa diz que sempre que houver possibilidade de reversão da condenação, a candidatura deve ser homologada. Depois se for confirmada ele perde o cargo. Mas tem direito de concorrer. Isso não é interpretação minha. Tá na lei e assim foi interpretada pela ONU, pela OEA e por centenas de advogados independentes. Portanto, Ciro prefere comprar a tese dos juízes que participam do golpe. Quanto a ir para uma embaixada acho (apenas acho) que foi esperteza de Ciro para Lula não participar das eleições e ser ele o ungido das esquerdas. Ciro é muito inteligente e deve ter bolado esse plano. Os resultados mostram que a estratégia do PT e de Lula está correta. Constranger e expor ao máximo esses juizes golpistas perante o Brasil e ao mundo

      Responder

    Renata

    05 de setembro de 2018 às 12h06

    Só vi o trecho em que ele fala do processo do Triplex. A sua observação reforça minha impressão sobre a posição oportunista de Ciro. A Lei da Ficha Limpa, que é aliás inconstitucional, abre espaço para recursos. A liminar do Comitê do Pacto de Direitos Civis e Políticos da ONU, por outro lado, reforça a reivindicação do candidato. A omissão de Ciro é de conveniência portanto.

    Responder

Jorge

05 de setembro de 2018 às 07h22

Ciro é esperto… Sabe que só tem alguma chance se conseguir captar os votos das viúvas petistas.

Responder

    Jessé Guimarães

    05 de setembro de 2018 às 13h18

    Esperto ou não, contundente em defesa do Lula. Colocar a mão no fogo ninguém pode. Eu não creio sinceramente, que o Hadaad defendesse o Lula com tanta veemência. Ele não estava fazendo um comício, ele estava na toca dos lobos. Esta política do PT, vai nos levar ao Bolsonaro e este tem ganas no PT.

    Responder

Luciana Silva

05 de setembro de 2018 às 06h25

Sinto-me frustada por não ver uma coligação PT com PDT, não teria para mais ninguém, o golpe seria derrubado de vez. Infelizmente acompanhar um imbecil, despreparado politicamente, grosseiro, preconceituoso, misógino etc com chances de chegar ao segundo turno, Lula mantido em cárcere e Ciro em terceiro lugar quando deveria estar ao lado de Lula, Haddad enfim o Brasil só iria ganhar com essa união

Responder

    Alan Cepile

    05 de setembro de 2018 às 07h11

    Comentário muito lúcido.
    Infelizmente não foi possível, o PT até vendeu a disputa de um governo pra que essa divisão acontecesse e agora os votos serão divididos para o deleite da direita.

    Responder

      Jandui Tupinambás

      05 de setembro de 2018 às 10h21

      Alan,

      posso estar errado mas estou pressentindo que esta será uma eleição de um turno só. Em tempos assim tão radicalizado, teremos somente 2 candidatos com votação de verdade e minha aposta é:

      a) Lula e Bolsonaro
      ou
      b) Haddad e Bolsonaro

      Responder

        Alan Cepile

        05 de setembro de 2018 às 12h52

        Repare bem em que situação está parte da esquerda:

        A sua alternativa A apresenta um cara que já foi barrado, ainda tem recurso mas o mundo sabe que será barrado definitivamente.

        A sua alternativa B apresenta um cara que NÃO É candidato, e se vier a ser carrega o rótulo de ter perdido, NO CARGO, a prefeitura de SP no primeiro turno perdendo pra branco e nulo.

        O deleite da direita não tem tamanho.

        Responder

Alan Cepile

05 de setembro de 2018 às 06h18

Depois dessa, se ainda houver lulista, petista ou seja lá o que for que ainda tiver a sandice de ter alguma dúvida sobre a amizade de Ciro e Lula, esta pessoa deverá se internar com urgência.

Responder

    Nostradamus ( banquinho & bacia )

    05 de setembro de 2018 às 09h35

    Para os mais velhos não estranha a afirmação de que tudo pode acontecer em política. E o ser humano estará sempre confirmando o dito. Quem puder entender que o entenda diria o evangelhista.

    Responder

    NeoTupi

    05 de setembro de 2018 às 11h10

    Oportunismo não é amizade, Alan. Amigo é quem é solidário nos momentos mais difíceis, não é aquele que só aparece nos momentos que tem a ganhar se aproximando. Ciro infelizmente queimou relação de amizade, ao explorar a desgraça de Lula em vez de ser solidário nos momentos mais difíceis, com declarações abaixo da linha da cintura: ataques à família, à honra e à moral de Lula, não reconhecimento da condição de preso político, fez insinuações nada diferentes do powerpoint do Dellaganoll de que Lula deixaria roubar (o que é mentira e Ciro sabe disso, pois Lula no governo fez o máximo possível para dissuadir a corrupção, enquanto era obrigado a construir maioria no Congresso com uma base de apoio perigosa, ao mesmo tempo fortaleceu a PF, a CGU e acabou com o engavetador geral da república para dissuadir). Fofocas e boatos sem provas (muitas vezes falsas de quem disputa espaços de poder e quer puxar o tapete de outro da mesma base aliada) não guiam decisões de presidentes da República em uma democracia. É o Ministério Público quem deveria ter apurado diante das fofocas e boatos se procedem ou não, buscando provas, mas sem perseguir uns nem proteger outros.
    É claro que políticos estadistas como Lula colocam os interesses maiores do povo acima de desavenças e interesses pessoais e podem e devem ser aliados no segundo turno e no governo. Mas amizade não existe mais, porque Ciro queimou pontes.
    Agora, deixando amizade de lado, que é coisa secundária para os problemas nacionais, a questão política de Lula apoiar Haddad e não Ciro é porque Haddad tem total identidade com o programa de governo de Lula. Além da soberania nacional, do papel do estado, da questão econômica do poder dos bancos, Lula e o PT tem o projeto urgente de reformar a pirâmide social brasileira ascendendo os pobres para a classe média o mais rápido possível, de empoderar o povo econômica e politicamente para haver mais participação popular nas decisões de governo, de costurar pactos com os movimentos sociais. Ciro nunca seguiu esse caminho de buscar protagonismo popular no governo. Ele crê mais em dirigismo de elites (no bom sentido da palavra elite) políticas, intelectuais e econômicas. De forma bastante resumida, minha visão é de que Lula crê que o centro do crescimento econômico é aumento da renda da base da pirâmide social, gerando demanda para o empresariado prover a oferta. Ciro crê mais em um desenvolvimentismo de investir primeiro no empresariado produtivo (via BNDES e outros incentivos) para fazer o bolo crescer e depois distribuir renda (na prática, depende de exportar para crescer por pelo menos uma década, o que é um caminho mais lento para ascensão social dos mais pobres). E é mais arriscado para o povo, pois Dilma tentou isso o tempo todo e o empresariado desenvolvimentista brasileiro não reagiu aos estímulos e ainda se submeteu à oposição do mercado financeiro. Essa é a principal razão porque eu voto em Haddad e não no Ciro (tem outras).
    Como o próprio Ciro diz, ele tem diferenças do projeto de Lula e do PT. É natural que Lula apoie quem tenha a visão de país e de mundo mais próxima da dele e da base dele.
    De qualquer forma espero que estejamos juntos no segundo turno e no governo, seja quem for o vencedor (que espero ser do nosso campo, Haddad ou Ciro).

    Responder

Ultra Mario

05 de setembro de 2018 às 01h12

Nossa, que coincidência um juiz recebendo premiozinho dos EUA julgando como se aqui fosse os EUA.

Responder

Francisco

05 de setembro de 2018 às 00h56

O ‘Ciro-Ciro-noFubá’ continua o mesmo espertalhão de sempre.
Considerando Lula fora da eleição (não entendeu ainda a estratégia que elegerá Lula em qualquer situação) passa a defende-lo contra as hienas midiáticas, pensando com a ‘boa ação’, atrair petistas, que por sua vez, só pensam naquilo:
Em 07 de outubro, Aperta 13 e Confirma Haddad para eleger Lula.

Responder

Fernando Soares Pereira

04 de setembro de 2018 às 23h38

Taí Ciro levou meu voto sem lula!

Responder

    luiz-sc

    05 de setembro de 2018 às 01h34

    Levou meu voto também.

    Responder

      Alan Cepile

      05 de setembro de 2018 às 06h22

      Já tinha o meu e só confirmou.

      Responder

Antonio Passos

04 de setembro de 2018 às 23h13

Só existe uma pessoa no Brasil que consegue vencer Ciro num debate, é Lula. Não pelo conhecimento, mas pela genialidade política e carisma.

Responder

    Luciana Silva

    05 de setembro de 2018 às 06h08

    Sem dúvida! Como gostaria de ver uma aliança entre esses dois Líderes, certamente o Brasil ganharia muito com isso.

    Responder

GUI MALLON

04 de setembro de 2018 às 22h17

Ciro fez sua melhor apresentação do ano na entrevista do Estadão. Simplesmente calou as hienas prepotentes da imprensa “do baronato”, como ele se refere. Neste exato momento não é o meu candidato, mas é inevitável que, vencendo qualquer candidato de esquerda, teremos que ter o Ciro na coalizão e até no governo. Mas, neste exato momento, eu entendo que o mais importante ainda é o de focar na luta contra o golpe. Realisticamente, se não conseguirmos vencê-lo pelo menos para continuar a enfraquecê-lo. Porque se as forças nacionais por detrás do golpe; Jurídico + Globo e mídia monopolizada + a maioria do Judiciário banda podre conseguirem chegar empoderadas e unidas à 2019… aí estaremos f. mesmo! E aí não adiantará ganhar as eleições. É este o fato mais importante embutido dentro do processo eleitoral (única boa notícia talvez neste cenário de terra arrasada) : as eleições estão, de fato, enfraquecendo o golpe.

Todos os candidatos presidenciais, sabendo ou não disso, estão ajudando a enfraquecer o golpe (até o abominável capitão cowboy) Dentre eles o Lula, preso como está, é o maior detonador anti-golpista entre os presidenciáveis, justamente por ser sua maior vítima. Vemos claramente que toda a estratégia do golpe agora se resume a manter Lula preso a qualquer custo, contra a Lei, contra a Constituição, contra a mínima noção de civilização, contra o mundo. Isso demonstra todo o desespero do golpe, que só se sustenta pela força e pelo terror jurídico. Por 6 ministros do STF e pela Globo, esta é a base de sustentação do golpe. Destes 6 ministros, Temos uns 2 que já mostram claros sinais de fraqueza e começam a titubear.

O Ciro Gomes, um dos quadros mais inteligentes, coerentes e lúcidos que temos, entendeu isto e se põe agora, cada vez mais veementemente, na defesa de Lula. É isso! Todos unidos para derrotar o golpe.

Responder

João Pessoa

04 de setembro de 2018 às 22h17

Miguel, faz uma matéria sobre o encontro do Bolsonaro com o Roberto Marinho. Eles passaram UMA HORA E MEIA só conspirando secretamente.

GERALDO CHUCHU NÃO É MAIS O CANDIDATO DA GLOBO.

Que coisa, hein?!

Globo covarde.

Responder

Brasileiro da Silva

04 de setembro de 2018 às 22h08

Espero que o Ciro não caia nessa de defender corruptos.

Responder

    Alan Cepile

    05 de setembro de 2018 às 06h24

    Eu não teria a menor paciência de falar sobre a esquerda nos fóruns do MBL, Antagonista, Vem pra Rua ou outras porcarias afina, na boa….

    Responder

NeoTupi

04 de setembro de 2018 às 22h03

Até Meirelles defendeu mais o Lula do que Ciro no conjunto da obra até agora. Até o golpista Meirelles vence Ciro no quesito esperteza.
Mas não é hora de atacar o Ciro, como os ciristas atacam o PT. O inimigo é Bolsonaro, Alckmin e os demais neoliberais.

Responder

Antonio

04 de setembro de 2018 às 20h58

O gatinho que passa aqui na rua mia mais forte.

Responder

    Robinson Barbosa Pimentel

    04 de setembro de 2018 às 23h23

    Seria de fome?

    Responder

Saul Braga

04 de setembro de 2018 às 20h56

A militância petista é foda, se não defende reclama, se defende reclama também, ele continua coerente desde o início com sua opinião.

Responder

Glauber Tocha

04 de setembro de 2018 às 20h14

Não tem mais volta! O povo vai fazer a coisa certa. 13.

Responder

    Brasileiro da Silva

    04 de setembro de 2018 às 20h53

    Será? Vamos aguardar. Não acredito que o “Andrade” chegue.

    Responder

      Nostradamus ( banquinho & bacia )

      05 de setembro de 2018 às 08h09

      Sua opinião verdadeiramente não cola cambacica MBL, patinho paneleiro, pago pelo PSDB com dinheiro estrangeiro e cositas mais. De formas que pode espernear a vontade.

      Responder

José Marcelo da Silva Mello

04 de setembro de 2018 às 20h11

Desculpe sr. Miguel mas o título da sua matéria é tendencioso e exatamente igual aqueles jornalistas que tanto criticamos. O Sr. Ciro Gomes estava defendendo o Direito e a Constituição e não o ex presidente Lula.

Responder

    Miguel do Rosário

    05 de setembro de 2018 às 09h23

    José, a pergunta era sobre Lula.

    Responder

    Marcelo Abb

    05 de setembro de 2018 às 09h26

    Você ao menos assistiu a entrevista?

    Por que a internet faz isso, meu deus?

    Todo mundo opina sobre tudo, sem ter conhecimento de nada.

    Eu assisti as duas horas de sabatina. A pergunta era sobre o Lula.

    Procure se informar.

    Responder

Justiceiro

04 de setembro de 2018 às 20h06

Que coisa, hein Miguel?
Seu herói virou machão pra cima da Eliane Cantanhede. Mas quando ele está em um debate televisivo, não tem essa bravura toda. Responde caladinho sem dar esses espasmos de brabeza.

Responder

Franklin Caetano de Freitas.

04 de setembro de 2018 às 20h04

Gostei. Primeiro sou Lula e se não der Lula, em quem ele indicar e ponto. Porque acredito que isso é resistência ao golpe ponto. Agora independente de qualquer coisa Ciro é preparado e Haddad também. Se Ciro está fazendo política parabéns. Normal. Eu voto Lula se não der Haddad, se não der Ciro ou Boulos ponto. Não voto Marina, não voto Alckmin, Bolsonaro. Fala sério …rsrs.
Parabéns ao Ciro é isso que eu quero de gente séria.
PS: não concordo com o mimi dos ciristas. Mas é fato Ciro sempre foi leal a Lula. Algumas falas dele são injustas na minha opinião é são um erro. Nessa ele acertou.

Responder

Aliança Nacional Libertadora

04 de setembro de 2018 às 19h56

Muita cara de pau….depois da justiça rápida torna-lo inelegível…..Antes tava lambendo os amigos jornalistas….Inês é morta….

Responder

    Marcelo Abb

    05 de setembro de 2018 às 09h24

    Cara de pau é você.

    Te desafio a postar um vídeo ou entrevista em que Ciro Gomes fala que a sentença do Moro é justa.

    Vamos lá, estou esperando.

    Responder

JOÃO BATISTA

04 de setembro de 2018 às 19h34

Ciro é o mais preparado candidato a presidente. Experiente, capacitado e sem medo de dizer o que pensa, Ciro não age por conveniência, como vimos na sabatina. Aliás, daqui até 07 de outubro, Ciro colocará com franqueza e clareza suas ideias, propostas e compromissos, confrontando seus adversários para eles saiam das generalidades e apresentem propostas concretas.
Ciro está preparado para encaminhar as soluções para as grandes questões que afligem os brasileiros. Primeiro, sua eleição restaurará a autoridade de um presidente que deve estar distante de acusações de ordem moral, que os grupos utilizam para a chantagem. Segundo, tem conhecimento que permite a ele debater sobre qualquer tema. Terceiro, seu plano de governo diz claramente o que fará após eleito nas principais áreas. Na economia, gerará 2 milhões de empregos no primeiro ano, simultaneamente ao programa para retirada do nome do spc/serasa. Educação, saúde e segurança pública, que são os principais temas de interesse da população, assim como muitos outros, estão expostos no plano de governo que está em http://www.cirogomes.com.br .
Com Ciro, os três poderes, pilares da democracia, retornarão às suas funções, ou seja, assumirão e se limitação às suas responsabilidades, pois o chefe de estado não é corrupto e não transige com a corrupção, pois Ciro não roubou, nem deixou que roubassem, quando ocupou cargo público.

Responder

Robson Bonelli

04 de setembro de 2018 às 19h07

Depois da impugnação do TSE.
Muito cara de pau. Muuuuuito.

Responder

    Rosa

    04 de setembro de 2018 às 20h29

    Verdade.

    Responder

      Damião Bonfim

      04 de setembro de 2018 às 21h00

      Não, se o senhor fosse um pouco mais sensato e informado, consideraria que antes mesmo de o Lula ser preso, Ciro já, quando questionado em entrevistas, dizia que a sentença de Moro é falha. E olha que nem mesmo decisão em 2ª instnacia havia sido prolatada. Menos paixão, e mais razão, por favor!

      Responder

    Marcelo Abb

    05 de setembro de 2018 às 09h23

    Com todo o respeito, nobre amigo, cara de pau é você.

    Ciro Gomes SEMPRE disse que a sentença do juiz Moro é injusta.
    Digite “Ciro Gomes+Lula+Sentença+Moro” no google, no youtube.

    Assista as dezenas de vídeos dele falando sobre o assunto.

    Você pode não gostar do Ciro, está no seu direito. Mas não minta.

    Ciro Gomes fez ontem uma defesa do lula que NENHUM petista fez até o momento.

    Ciro foi o único que se voluntariou para SEQUESTRAR O LULA E ABRIGÁ-LO EM UMA EMBAIXADA, coisa que o lula deveria ter feito!

    Se ele acredita que é vítima de um golpe, a solução genial dele é RECORRER À JUSTIÇA?
    É inocência demais ou burrice demais. Não tem outra opção.

    Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?