Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Deputados votaram pela participação em bloco de centro-esquerda. Foto: Humberto Pradera

A nota do PSB sobre o novo bloco com o PT

Por Redação

01 de fevereiro de 2019 : 13h45

No site do PSB

PSB decide integrar bloco de centro-esquerda e lança candidato próprio para eleição na Câmara

31/01/2019

Por maioria, a bancada do PSB na Câmara dos Deputados decidiu, na tarde desta quinta-feira (31), integrar um bloco com PT, PSOL e Rede para fazer frente à candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na eleição para a presidência da Casa, nesta sexta-feira (1º).

Os socialistas terão candidato próprio à presidência, o deputado João Henrique Caldas, o JHC, do PSB de Alagoas.

Para o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, esta foi uma decisão “acertada, respeitosa e democrática”. “Foi uma decisão que temos que respeitar e que garantirá a nossa bancada condições para exercer um protagonismo na oposição ao governo autoritário de Jair Bolsonaro”, afirmou Siqueira.

Na reunião, o socialista Rafael Motta (PSB-RN) foi escolhido para disputar a suplência da Mesa Diretora durante a votação desta sexta.

Segundo o líder da bancada do PSB na Câmara, Tadeu Alencar, foi uma decisão amadurecida após longa discussão interna.

“A aliança é pontual para este momento circunstancial, que irá nos fortalecer para o enfrentamento ao governo Bolsonaro, o que exigirá de nós uma unidade interna do PSB, mas também uma aliança com todas as forças progressistas do país”, disse.

Assessoria de Comunicação/PSB Nacional

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Justiceiro

01 de fevereiro de 2019 às 14h29

PDT e PC do B deram uma rasteira no PT.

Eles registraram um bloco composto por 10 partidos, que reúne 105 parlamentares.

O bloco é maior do que aquele formado PT, PSB, PSOL e Rede, que tem 98 deputados.

Regimentalmente, diz o grupo do PDT e do PC do B ganhou o direito de indicar o líder da minoria – “posto que o bloco capitaneado pelos petistas já havia garantido ao PSB, com Alessandro Molon”.

O bloco do PT poderá indicar apenas duas suplências.
****************

O PT queria humilhar o PDT, fazendo-o mendigar uma aliança ao bloco do PT.

Gleisi queria que o coronel batesse continência pra ela.

O coronel deu o troco.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?