A entrevista de Lula a Bob Fernandes

Líder do PT diz que partido foi vitorioso e que bloco PDT/PCdoB é “fake”

Por Redação

02 de fevereiro de 2019 : 13h33

Na Revista Forum

Paulo Pimenta: “O PT sai vitorioso diante dos objetivos que se propôs alcançar”

As críticas sobre os votos da bancada revelam um desconhecimento da realidade objetiva do que aconteceu. É natural uma especulação na base, no entanto nós, que participamos do processo, sabemos que ‘entregamos’ além do que nos comprometemos. Desconheço qualquer voto do PT em Rodrigo Maia.

Por Paulo Pimenta*

Estou muito orgulhoso e satisfeito com o resultado da eleição na Câmara. Somos a maior bancada do Congresso Nacional e atuamos com elevado grau de unidade nesse processo. Desde o início a bancada se colocou três objetivos.

1 – evitar o isolamento político proposto pelo PDT/PCdoB que pretendia excluir o PT da ‘oposição’.

2 – ocupar os espaços na casa condizentes com nosso tamanho e relevância.

3 – manter um diálogo com os demais partidos para o PT estar incluído no centro do debate sobre a governabilidade da casa.

Nosso programa foi alcançado. A bancada atuou com firmeza e disciplina e não fez nenhuma disputa pública sobre nossa difícil e delicada estratégia.

O PSB, o PSOL e REDE saíram deste processo conscientes que o PT cumpriu os acordos integralmente e consolidamos um polo de unidade popular real no parlamento com grande repercussão na nossa base.

As críticas sobre os votos da bancada revelam um desconhecimento da realidade objetiva do que aconteceu. É natural uma especulação na base, no entanto nós, que participamos do processo, sabemos que ‘entregamos’ além do que nos comprometemos. Desconheço qualquer voto do PT em Rodrigo Maia.

Tivemos candidatos regionais e também outros nomes no nosso bloco. Uma eventual divergência com a linha majoritária ou votos de uma minoria em desacordo com nossa orientação não desqualificam a bancada nem o PT.

A reação despropositada do PCdoB revela a forte crítica na sua própria base em função de sua desastrosa tática. Após frustada sua intenção de nos isolar, junto com PDT, aliou-se e direita com beneplácito de Rodrigo Maia e Bolsonaro para criar um bloco Fake para desgastar a esquerda no parlamento.

Por isso agradeço a nossa bancada e a direção do Partido. Criamos as condições objetivas para avançar nesta Unidade Popular, construímos pontes para resistência na sociedade e na defesa da democracia e o principalmente na defesa da liberdade do Presidente Lula e no combate ao governo Bolsonaro e seus aliados. A oposição se consolidou e se afirmou neste processo. O PT sai vitorioso diante dos objetivos que se propôs alcançar.

* Paulo Pimenta é deputado federal (PT/RS), líder da bancada do PT na Câmara Federal.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Bozo & Andrade Artigos para Festas Infantis

06 de fevereiro de 2019 às 10h54

O PeTeca é, de fato, um partido seríssimo! PeTeca e verdade factual por vezes se confundem!
Rodrigo Maia é, declaradamente, um político de direita.
É justamente por isso que, fiel aos seus compromissos históricos, os parlamentares do PeTeca, em legislatura passada, jamais votaram nele…

Responder

Marcelo

04 de fevereiro de 2019 às 14h46

“O PT é a ‘esquerda’que a direita aplaude” – Darcy Ribeiro

Responder

Jose carlos

03 de fevereiro de 2019 às 22h31

Sinceramente eu não voto em quem apóia o DEM.
Ciro só tá se queimando. É a nova Marina.

Responder

    Pedro Accioli

    04 de fevereiro de 2019 às 10h35

    Cara, se a oposição não apoiasse o Nhonho, ficaria isolada e sem espaço para diálogo, o PDT deixou claro a inteção de votar nele pois a situação é feia: o congresso é ainda mais conservador do que o eleito em 2014! Ele já estava praticamente eleito e ai o que fazer??? Agora, o apoio ao Freixo foi cheque sem fundo pois não iria ter chances e pior! Uma parte votou no Nhonho prometendo antes ter votado no Freixo e isso é muito pior!!!!

    Responder

léo molini

03 de fevereiro de 2019 às 14h38

o PT fez
alianca com
o PSOL, mas
votou no Maia e nao jo Freixo…

PT = fakesquerda ….

Curo esta certo em tentar for ar um bloco sem o PT…

precisamos de uma
nova oposição

Responder

Oblivion

02 de fevereiro de 2019 às 22h56

Seria o escolhido para suceder a gleise na função de querer tampar o sol com peneira? Ou seja, grande parte da população não aguenta mais essa demagogia barata que nos trouxe toda essa abominação que está aí… Porém, isso não me deixa cego para tudo que está acontecendo aí, por exemplo, enquanto o lula é impedido até de ir no enterro do irmão (garantia constitucional) o dr bumbum e o richa são soltos por nossa justiça. Esse paisinho de quinto mundo é uma vergonha. O erro do lula e do pt em manter a candidatura e trazer essa abominação não pode confundir as coisas…. Mas votar no pt? No more!

Responder

Cid

02 de fevereiro de 2019 às 17h44

Muita infantilidade desse Sr.

Responder

CezarR

02 de fevereiro de 2019 às 15h53

Desconheço voto do PT em Rodrigo Maia… vai ver o Freixo votou no Maia.

Responder

    Pedro Accioli

    04 de fevereiro de 2019 às 10h43

    Teve vários parlamentares (cerca de 15) que votaram no Nhonho!!! O PT perdeu a noção da realidade ao abandonar a classe trabalhadora e se aliar em movimentos sociais cirandeiros controlados muitas vezes por ONGs internacionais!!!

    Responder

Zé Maconha

02 de fevereiro de 2019 às 14h20

A afirmação é verdadeira , a bancada do PT é igual a do PSL , portando a maior , empatada em primeiro lugar.

Responder

FRANCISCO F BEZERRA

02 de fevereiro de 2019 às 14h10

Paulo Pimenta, lider do PT! Isso e esquerda? Tchau.

Responder

Alan Cepile

02 de fevereiro de 2019 às 14h10

Vai trabalhar deputado!

Responder

Marcos Videira

02 de fevereiro de 2019 às 14h09

A arrogância do PT mostra que o partido não aprendeu nada com as sucessivas derrotas nos últimos anos.
É falsa a afirmação de que o PCdoB/PDT pretendiam excluir o PT da oposição. O fato é que aqueles partidos não aceitam mais as imposições políticas do PT. Está comprovado que não existe mais a danosa hegemonia do PT no campo da centro-esquerda.
É falsa a afirmação de que “somos a maior bancada do Congresso”. A maior bancada é a da direita com o PFL de Bolsonaro.
Fantasiar a realidade não muda a realidade.

Responder

    Oblivion

    02 de fevereiro de 2019 às 23h02

    “Fantasiar a realidade não muda a realidade”. Se depois do “eleição sem lula é fraude” eles não aprenderam isso, desisto, vou parando por aqui.

    Responder

Deixe uma resposta