Entrevista de Lula à Revista Forum

Marcio França na frente em SP

Por Redação

31 de maio de 2019 : 14h31

Está circulando em algumas redes o seguinte tracking do PSDB, com números para a disputa em São Paulo.

É um tracking, não uma pesquisa registrada, então alerto aos internautas para olharem com cautela.

Publiquei mas já estou meio arrependido…

***

TRACKING INTERNA 4.200 – 27 a 30 de maio (3,5% margem de erro)

CENÁRIO 1
Márcio França (PSB): 21%
Janaína Paschoal (PSL): 16%
Celso Russomanno (PRB): 15%
Tabata Amaral (PDT): 11%
Bruno Covas (PSDB): 8%
Ana Estela Haddad (PT): 4%
Major Costa e Silva (DC): 3%
Guilherme Boulos (PSOL): 2%
Paulinho da Força (SDD): 2%
Branco/Nulos: 6%
Não sabem: 12%

CENÁRIO 2
Márcio França (PSB): 23%
Celso Russomanno (PRB): 17%
Bruno Covas (PSDB): 13%
Tabata Amaral (PDT): 12%
Joice Hasselmann (PSL): 7%
Major Costa e Silva (DC): 4%
Ana Estela Haddad (PT): 4%
Paulinho da Força (SDD): 3%
Guilherme Boulos (PSOL): 2%
Branco/Nulo: 5%
Não sabem: 10%

Avaliação Prefeito Bruno Covas
Bom/Ótimo: 19%
Regular: 30%
Ruim/Péssima: 45%
Não sabem: 6%

Avaliação Governador João Doria
Bom/Ótimo: 31%
Regular: 35%
Ruim/Péssima: 29%
Não sabem: 5%

Avaliação Presidente Jair Bolsonaro Capital
Bom/Ótimo: 34%
Regular: 29%
Ruim/Péssimo: 31%
Não sabem: 6%

Avaliação Presidente Jair Bolsonaro Estado
Bom/Ótimo: 44%
Regular: 30%
Ruim/Péssimo: 21%
Não sabem: 5%

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

19 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Tiago Rodrigues Ferreira

02 de junho de 2019 às 16h04

Números estranhos. Poucos se lembram de quem é Márcio França. Quase ninguém sabe quem é Tabata Amaral para que ela tenha mais de 10%. Pesquisa realizada pelo Paraná pesquisas colocou Russomano em primeiro e Haddad em segundo.

Responder

Sebastiao

02 de junho de 2019 às 14h45

Será que querem a volta da esquerda, num período curto de tempo? A imprensa paulista fez todo o trabalho de queimar a esquerda, pra favorecer o PSDB. No final, o PSDB acabou sendo enxotado com a derrota acachapante de Alckmin, e Dória ganhou por uma margem muito pequena. Pois essa luta insana contra a esquerda, favoreceu Bolsonaro.

Responder

    Carlos Marighella

    02 de junho de 2019 às 15h03

    Foi a primeira derrota da Globo na história.

    Responder

      Aliança Nacional Libertadora

      04 de junho de 2019 às 11h55

      Já foram três mandatosna história Erundina, Marta ex-Suplicy e Haddad.

      De Marighela só o nome…

      Responder

Roberto Sampaio Júnior

01 de junho de 2019 às 19h38

Dória abandonou a prefeitura e deixou um prefeito tampão, Bruno não tem capacidade pra governar, como coadjuvante tem feito uma péssima gestão, o paulistano não tolera mais incompetentes e pessoas desapalavradas, fiquei feliz em ver que o Ex-governador Márcio França está muito bem cotado, infelizmente, por poucos votos não é o governador do estado. Enquanto isso muitos amargam o atual governo.

Responder

Emerson

01 de junho de 2019 às 00h23

Maioria da esquerda! São Paulo está muito mal de candidatos!! Cadê o Partido Novo???

Responder

    Aliança Nacional Libertadora

    04 de junho de 2019 às 12h04

    Parece que a isca artificial que a Redação está usando funciona bem…..

    Aglutina inclusive os Laranjas….

    Responder

Ricardo

31 de maio de 2019 às 20h46

Quem sera o poste petista da vez??
Que sera terceiro ou quarto colocado isso ja sabemos!!!

Responder

    Tiago Rodrigues Ferreira

    02 de junho de 2019 às 15h59

    Porque o candidato do PT seria um poste? Sendo assim, posso chamar a Tabata de “poste do Ciro;” a Janaína de “poste da extrema direita”, o Covas de “poste do Doria”. Eu heim. Essa gente não sabe nem criticar.

    Responder

      Miramar

      02 de junho de 2019 às 16h46

      Tabata (minha candidata) têm nome próprio, personalidade e uma alma. A mesma coisa se passa com candidatos por quem não tenho apreciação, como Bruno Covas e Janaína. Petistas não. Petistas não tem nome próprio. Como o último candidato por esse partido a uma eleição presidencial.

      Responder

        Tiago Rodrigues Ferreira

        03 de junho de 2019 às 07h43

        É o mesmo que dizer “eu acho o Haddad um poste, porque eu quero que ele seja um poste”. Tenhamos divergências, mas pra que diminuir a um poste uma pessoa com a bagagem intelectual do Haddad, que foi um ministro da educação revolucionário e prefeito eleito da gigante São Paulo???

        Responder

          Miramar

          03 de junho de 2019 às 16h32

          Em respeito a você eu não usarei mais a palavra porte para me referir a esse cidadão. Mas continuo achando que, exceção feita ao Lula, petistas não tem nome próprio.

Miramar

31 de maio de 2019 às 19h03

A Tabatinha tem quase o triplo da poste do poste?! Interessante…muito interessante…

Responder

    Aliança Nacional Libertadora

    04 de junho de 2019 às 11h57

    Coroné começou assim…..foi pra Paris no segundo turno….

    Responder

Paulo

31 de maio de 2019 às 19h00

Se a Tábata concorresse e eventualmente ganhasse (o que acho muito difícil) ela teria uma equipe preparada para auxiliá-la, na governança? O PDT tem quadros suficientes no Estado, pra isso? Ou teria que recrutar fora? Ou ceder Secretarias a partidos coligados, eventualmente?

Responder

    Miramar

    31 de maio de 2019 às 19h11

    Paulo, pergunta interessante.
    Acredito que a própria equipe da Tabata já seria um início, porém a prioridade deveria ser a escolha pelo equilíbrio entre afinidade ideológica e capacidade, independente da possível filiação partidária. Claro que haveria pessoas ligadas ao projeto do Ciro, mas a filiação é o de menos.
    Porém é bom lembrar que a discussão é prematura, posto que a própria Tabata já declarou que não gostaria de ser candidata.

    Responder

      Israel Just da Rocha Pita

      03 de junho de 2019 às 09h59

      Vocês sabem quem financiou a Tabata? Não então vão pesquisar.

      Responder

Aliança Nacional Libertadora

31 de maio de 2019 às 18h55

Treking bolsodória…..

Responder

Miramar

31 de maio de 2019 às 17h57

Se a Tabata não for candidata, Márcio França será meu candidato!

Responder

Deixe uma resposta