Manuel Castells na FGV

As delegações eleitas para Congresso da UNE

Por Redação

09 de julho de 2019 : 17h21

Começa amanhã o 57º Congresso da UNE. O Cafezinho, que é muito lido por estudantes universitários, terá diversos voluntários trabalhando como correspondentes, nos enviando entrevistas, vídeos, e informes.

Abaixo, uma relação aproximada do número de delegados eleitos das correntes mais representativas.

A direita ainda não tem vez no movimento estudantil.

Corrente (partido mais próximo) – Número de delegados
União da Juventude Socialista (PCdoB) 3.700
Levante Popular da Juventude (MST – muito ligado ao PT) 900
Correnteza (PCR) 500
Para todos + Luta (CNB – PT)
Democracia Socialista (PT) 400
Movimento Reinventar (PDT) 420
Partido Socialista Brasileiro (PSB) 300

(estamos apurando ainda quantos delegados as correntes ligadas ao PSOL conseguiram).

Segundo nossas fontes, todas as correntes cresceram muito, empurradas sobretudo pela agitação criada pelo Ministério da Educação, quando ameaçou (e cumpriu) fazer cortes nas verbas repassadas às universidades. Em alguns congressos de anos anteriores, não havia, nem de perto, o nível de politização que se verá este ano.

Algumas correntes cresceram mais que outras, naturalmente. A JS, do PDT, por exemplo, tinha quase desaparecido, em anos anteriores. Agora estará entre as grandes delegações enviadas à Brasília, e formará, com UJS, Levante e outras, a chapa majoritária, Esquerda Democrática, que deve governar a UNE pelos próximos dois anos.

PSOL, PCB e PCR devem formar a chapa Oposição de Esquerda, cujo candidato à presidência da UNE será Gabryel “Japão” Henrici, do movimento Correnteza, ligado ao PCR (mais informações sobre ele aqui).

O candidato da chapa majoritária também já está indicado (e praticamente eleito). Será Iago Montalvão, estudante de Economia da USP, conforme adiantado pelo Cafezinho há algumas semanas.

A eleição é proporcional, então quase todas correntes principais conseguem emplacar membros da diretoria, mas o file mignon (presidência, tesouraria, diretoria de comunicação) fica sempre com a chapa majoritária.

***

No site da UNE:

57º Conune: confira a programação em detalhes
05/07/2019 às 15:00, por Da Redação.

”Mais livros e menos armas” é o tema da campanha que será lançada durante a abertura

Começa em Brasília na próxima quarta-feira (10) o 57º Congresso da UNE, o maior encontro da juventude organizada no país. A estimativa é que 10 mil estudantes universitários de todos os Estados participem do fórum até o domingo (14), quando irão eleger a nova presidência da UNE e definir os rumos da entidade no próximo biênio. O tema do congresso é “Na sala de aula é que se muda uma nação”.

Pague meia-entrada: Solicite agora seu Documento do Estudante 2019!

Realizado na Universidade de Brasília (UnB) e no Ginásio Nilson Nelson, o congresso terá inúmeras atividades, como debates, grupos de discussão, atos políticos e uma grande passeata. Mais de 60 convidados participarão do encontro, entre congressistas, artistas, ativistas sociais, escritores, intelectuais e representantes da academia.

Confira abaixo detalhes da programação:
ABERTURA E CAMPANHA ”MAIS LIVROS MENOS ARMAS”

A UNE está fortemente mobilizada contra qualquer retrocesso na educação. Por isso, a campanha ”Mais livros menos armas” vai abordar a importância das escolas e universidades no combate à violência e desigualdade. Afinal, é na sala de aula que se muda uma nação!

DEBATES E GRUPOS DE DISCUSSÃO

Os debates do Conune têm início na quinta-feira (11). Neste dia acontecerão 24 debates divididos no período da manhã (10 às 13h) e da tarde (15 às 18h). Os temas abordam desde a situação do desemprego e a reforma da previdência até fake news e a defesa da universidade pública.

Na sexta-feira (12), acontecem os grupos de discussão. Movimento estudantil. educação privada e pública e entre outros temas serão debatidos de estudante para estudante durante toda a tarde do Conune.
PASSEATA ”NÃO MATEM NOSSO FUTURO”

Ainda na sexta, a UNE promoverá uma grande passeata que deverá parar as ruas de Brasília, em protesto aos cortes na educação pública e à proposta de reforma da previdência apresentada pelo governo.

Com o mote “Não matem nosso futuro: educação, desemprego e aposentadoria”, a UNE alertará sobre os perigos da aprovação de uma reforma que privilegia os mais ricos em detrimento da grande maioria da população trabalhadora do Brasil. A passeata se concentrará às 10h na Esplanada dos Ministérios.

ATO POLÍTICO EM HOMENAGEM AOS 40 ANOS DE RECONSTRUÇÃO

Em maio de 1979 acontecia na capital baiana o 31º Congresso da União Nacional dos Estudantes, um evento histórico: o chamado “Congresso da Reconstrução” marcava o fim de 6 anos sem a eleição de uma diretoria de forma direta, quando a pressão pelo fim da ditatura militar começava a tomar forma no país.

Não à toa, este congresso leva o número 57, tendo agora considerado o Congresso de refundação como o 31º da entidade.

O ato político em homenagem aos 40 anos de reconstrução da UNE acontece no sábado (13), no Ginásio Nilson Nelson, a partir das 10h.

ELEIÇÃO DA NOVA PRESIDÊNCIA

No sábado (14) os preparativos para a eleição da nova gestão já começam. Das 12 às 18h serão votadas as propostas de conjuntura, educação e movimento estudantil do Conune. No domingo (14) acontece o momento mais esperado: a eleição da nova diretoria e da nova presidência da entidade. Quem ganhar as eleições estará à frente de sete milhões de universitários e definirá os rumos e o posicionamento da UNE no próximo período. Já foram presidentes da UNE nomes como os senadores José Serra e Lindbergh Farias, o ministro Aldo Rebelo, os deputados federais Orlando Silva e Wadson Ribeiro. Nas últimas gestões, a UNE foi presidida por mulheres. Virgínia Barros, Carina Vitral e a atual presidente Marianna Dias completam a trilogia feminina à frente da entidade.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta

x