Fórum Reforma Tributária BandNews

A íntegra da pesquisa Veja/FSB para 2022

Por Redação

26 de agosto de 2019 : 10h25

A íntegra da pesquisa Veja/FSB, divulgada na sexta-feira passada, pode ser baixada aqui.

A pesquisa também traz muitos gráficos e dados sobre a aprovação do governo Bolsonaro.

Eu separei gráficos referentes às eleições de 2022, e faço alguns comentários. Clique nas imagens para ampliar.

É importante ficar atento às diferenças nos votos por escolaridade, idade e renda.

A pesquisa sondou, inicialmente, o voto do eleitor no primeiro turno de 2018. Em seguida, a pesquisa perguntou aos entrevistados em quem eles votariam em 2022, se a eleição fosse hoje.

Quando perguntados em quem votaram no primeiro turno, os números foram esses:

Quando perguntados em quem votariam em 2022, se os candidatos fossem os seguintes, os resultados da pesquisa foram estes:

 A seguir, faço algumas observações sobre os números acima:

  1. As primeiras tabelas da pesquisa apuram os votos totais do primeiro turno e não votos válidos, por isso a diferença com os números concretos que emergiram das urnas. Mesmo assim, os números da pesquisa acabaram um pouco distorcidos.
  2. De qualquer forma, vale a pena olhar os dados estratificados, para darmos atenção menos os totais e mais às diferenças internas no perfil dos eleitores. Por exemplo, quando se examina os números por escolaridade, vemos algumas diferenças importantes. Bolsonaro se posiciona bem entre eleitores de todas as escolaridades, oscilando de 41% a 46%. Haddad se destaca entre eleitores com menos escolaridade, onde pontua 24% a 25%. Ciro Gomes tem um desempenho melhor entre eleitores com ensino superior, onde fica em segundo lugar, com 15%.
  3. Temos dois cenários eleitorais para 2022, o cenário I, com Bolsonaro, e o cenáro II, com Sergio Moro.
  4. No cenário 1, com Bolsonaro, ele lidera com 35% dos votos totais, sendo 44% entre homens e 27% entre mulheres. A maior vantagem de Bolsonaro se dá entre eleitores com ensino médio, onde ele pontua 41%, contra 16% de Haddad,  10% de Ciro e também 10% de Huck.
  5. Ainda no cenário 1, Bolsonaro é melhor entre jovens de 25 a 40 anos, onde tem 39%, contra 16% de Haddad e 11% de Ciro.
  6. Hadadd concentra forças entre o público mais jovens, até 24 anos, onde ele detêm 26% das intenções de votos para 2022.
  7. Entre eleitores com mais de 60 anos, Bolsonaro tem 33%, Haddad 13% e Ciro 15%.
  8. Na estratificação por escolaridade, o destaque vai para João Amoedo, que tem 16% entre eleitores com ensino médio, seguido de Ciro, com 15% e Haddad, com 14%.
  9. Ainda no cenário I, que mostra as divisões por renda, observamos que a grande vantagem de Bolsonaro se dá entre eleitores que ganham entre 2 e 5 salários, onde ele pontuou 44%, contra 13% de Haddad e 11% de Ciro.
  10. Na estratificação por região, Bolsonaro tem sua pior performance no nordeste, onde pontua 26%, dois pontos à frente de Haddad, que tem 24% na região. Tanto Haddad quanto Ciro (18%) tem seu melhor percentual no nordeste, e o pior no Sul.
  11. Em termos de faixa etária, Haddad tem sua melhor performance entre jovens até 24 anos., onde pontuou 26%, empatando com Bolsonaro, que tem 27%. Ciro tem 15% entre esses mais jovens. Entre eleitores com mais de 60 anos, Bolsonaro tem 33%, Ciro 15%, Haddad 13% e Huck 12%.
  12. Nas capitais, Bolsonaro tem 34%, Haddad 13%, Ciro 15% e Luciano Huck, 11%.
  13.  No cenário II, com Sergio Moro no lugar de Bolsonaro, os destaques são os seguintes: Haddad lidera entre mais jovens até 24 anos, com 27%; seguido de Moro, com 19% e Ciro, com 16%.
  14. João Amoedo também pontua bem entre jovens, com 12%.
  15. Entre eleitores com ensino superior, Sergio Moro lidera com 31%, seguido de Amoedo, com 16%, Ciro, com 15%, e Haddad com 14%.
  16. Na estratificação por renda, chama a atenção a liderança de Haddad entre eleitores com renda familiar até 1 salário, onde ele pontua 25%, contra 19% de Huck, 15% de Moro, 13% de Ciro e apenas 2% de Amoedo.
  17. Entre eleitores do estrato superior da pesquisa, com renda familiar acima de 5 salários, Sergio Moro lidera folgadamente, com 36%, seguido de Amoedo e Ciro, com 15% e 14%, respectivamente, e Haddad, com 12%.
  18. Na divisão por região, Ciro e Haddad estão empatados tecnicamente com 20% e 22%, respectivamente. Moro também tem 20% no nordeste, mas 40% no Sul, onde Haddad tem 15%, Amoedo 8% e Ciro apenas 4%.
  19. Nas capitais do país, Moro lidera com 27%, e Haddad tem a mesma pontuação de Ciro, 13%.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcio

26 de agosto de 2019 às 11h12

Moro nào serà candidato a nada em 2022.

Luciano Huk…? Kkkk

Quem serà o novo poste de Lula para 2022…?

2026 a gente volta no assunto.

Responder

    leandro

    13 de outubro de 2019 às 17h01

    br tem q se fuder msm. por isso estamos assim na vdd. é um fanatismo primitivo e irracional quando n eh por um lado, eh pelo outro. so no brasil mesmo pra defender reeleiçao de um presidente q assumiu n faz nem 1 ano e nem se sabe como sera o governo no final. talvez um dia esta merda va pra frente quando o povo deixar a alienação de lado pr analisar cm mais frieza e imparcialidade TODOS os seus candidatos

    Responder

Deixe uma resposta