Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

João Amoedo no canal do Rafinha Bastos

Por Redação

26 de agosto de 2019 : 12h51

No canal do Rafinha Bastos:

Quinto candidato mais votado para a presidência do Brasil, João Amoedo conversa hoje comigo, aqui no Mais Que 8 Minutos, sobre liberalismo econômico, partido Novo, financiamento para campanhas políticas, aborto, drogas e responde: por que o Brasil não consegue crescer?

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Nelson

27 de agosto de 2019 às 18h05

O Partido Novo defende o novo na política só porque tem a palavra novo no nome?

Nem assim amigo. O que tem de novo o já velhíssimo liberalismo que, nas últimas décadas, desde os anos 1970, se mimetizou de neoliberalismo? E quais as ideias novas que o neoliberalismo apresentou para resolver os problemas que afligem os povos?

Enfim, é de abismar a maneira como as pessoas adoram se deixar iludir por rótulos.

Responder

    Edibar

    29 de agosto de 2019 às 11h54

    Falou groselha, Nelson.
    Quem tem se apegado a rótulos, como esses que vc disse, são vocês. O novo tem defendido ideias, atitudes e posturas. Defende que o melhor é o estado interferir menos e deixar que as pessoas produzam e prosperem livremente. Defende inclusive que as pessoas cometam erros e que aprendam e paguem o preço desses erros, ao contrário da esquerda superprotetora, que acaba criando um monte de dependentes de muletas estatais.
    Enfim, daria pra escrever uma bíblia das diferenças e vantagens das ideias do Novo em relação a vcs.

    Responder

      Paulo

      29 de agosto de 2019 às 21h22

      Edibar, na sua opinião, existe um “paraíso liberal”, um Estado paradigma do liberalismo, digamos assim, que sustente teórica e praticamente esse modelo? E por quê?

      Responder

Edibar

26 de agosto de 2019 às 14h00

O Partido Novo é o que saiu de melhor na última eleição. E nas próximas virá com mais força ainda, é só aguardar.

Responder

    Paulo

    26 de agosto de 2019 às 18h04

    É só subir na popularidade que se fundirá com o tucanato – ou se confundirá, rsrs…

    Responder

      Edibar

      27 de agosto de 2019 às 14h25

      Talvez o tucanato aderindo ao Novo. O Novo é quem defende as melhores ideias!

      Responder

Deixe um comentário