Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Villa entrevista João Amoedo

Por Redação

29 de dezembro de 2019 : 11h00

No canal do Marco Antonio Villa:

João Amoêdo: O indivíduo é melhor gestor que o Estado

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alan C

29 de dezembro de 2019 às 18h47

Dois serviçais da elite brasileira.

Responder

Wellington

29 de dezembro de 2019 às 11h13

Certamente,

o Estado è um concentrador de renda (nao è a toa que servedores publicos, politicos, eccetera…ganhem mais que os privados) e uma fabrica de prejuizos e dividas monstruosas pagas com o dinheiro dos outros…uma merda imunda na qual ninguem acredita mais mundo a fora.

Essa palhaçada de terçeiro mundo de depender do estado vai acabar no Brasil tambem um dia.

Responder

    Paulo

    29 de dezembro de 2019 às 11h48

    “Não é à toa que servidores públicos ganham mais que os privados”.

    Quem seriam os “servidores privados”?

    Responder

      Wellington

      29 de dezembro de 2019 às 19h13

      os que nao trabalham no setor publicos…que pergunta è essa ?

      Responder

        Paulo

        29 de dezembro de 2019 às 21h07

        O que eu quis dizer é que são duas realidades distintas, mesmo quando a formação acadêmica coincida. Como encontrar, na iniciativa privada, o correspondente de um juiz, de um promotor, de um policial, de um fiscal, por exemplo? Logo, são realidades incomparáveis. Por que esse ódio contra o servidor? Não há nada mais democrático no Estado brasileiro (e no país, de forma geral) que um concurso público. O que não funciona adequadamente, na prestação de serviços, não é culpa do servidor, em regra. Que achem exagero isso ou aquilo, que modifiquem a situação dos ingressantes (em boa parte, isso já foi feito, no que toca à paridade e integralidade da aposentadoria, por exemplo), que façam, mas respeitem os contratos, porque há vidas empenhadas ali! Este Governo não respeita o servidor, de uma forma que nunca vi, esses anos todos…

        Responder

      Alan C

      29 de dezembro de 2019 às 19h28

      Isso é muito relativo, no âmbito federal, em geral, sim, mas há muitas exceções, um engenheiro da Petrobrás no ápice da carreira ganha menos que qualquer engenheiro médio de qualquer outra operadora de óleo e gás operando no Brasil.

      Já no âmbito municipal, por exemplo, não há praticamente nenhum servidor que ganha mais que no privado.

      Responder

        Paulo

        29 de dezembro de 2019 às 21h10

        Alan, com as modificações que Porco Guedes “et caterva” querem fazer, em breve veremos esse quadro se inverter…e o nível profissional do funcionalismo público cair estrondosamente…

        Responder

          Wellington

          30 de dezembro de 2019 às 09h47

          …eu acho que voce vota sim mas tem vergonha.

    Andre Gotha

    29 de dezembro de 2019 às 15h28

    Amoedo = Bolsonaro Personalité…

    Responder

      Alan C

      30 de dezembro de 2019 às 00h04

      bozo, posto ipiranga. aecio, meirelles, alckmin, marreco, pirralhada de curitiba, temer, cunha, pezão, geddel, witzel, doria… estão todos no mesmo saco de merda.

      Responder

Deixe um comentário