Análise da reunião ministerial de Bolsonaro

Governo prevê déficit primário de R$ 350 bilhões para este ano

Por Redação

30 de março de 2020 : 14h25

O diretor da Secretaria de Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse que o governo estima que o déficit primário do ano deverá ficar em torno de R$ 350 bilhões de reais. Antes da crise do coronavírus, a meta do governo era fechar o ano com déficit de R$ 124 bilhões.

A projeção foi feita hoje, durante a apresentação dos relatórios do Resultado Fiscal de Fevereiro (clique aqui para baixar a apresentação).

Abaixo, alguns gráficos retirados da apresentação.

Vídeo: autoridades do Tesouro Nacional explicam o resultado:

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Netho

31 de março de 2020 às 14h03

A equipe econômica faz fila no Posto Ipiranga para ajoelhar no altar do Keynesianismo e beijar a mão e a cruz da Teoria Geral do Juro, do Emprego e da Moeda e se renderem ao fato econômico que dentro do liberalismo e da ideologia econômica do neoliberalismo não há saída para o metabolismo do capitalismo.
A economia do Posto Ipiranga já estava no brejo.
Agora faltarão vacas para tanto brejo!

Responder

Alan C

30 de março de 2020 às 16h36

A bozolândia não vai conseguir vender nada esse ano e o déficit vai aparecer de forma nua e crua.

Vai ser engraçado, não percam! rs

Responder

Andressa

30 de março de 2020 às 14h27

Este ano prometia bem para a economia, foi tudo pro brejo e provavelmente 2021 vai junto.

Responder

    putin

    30 de março de 2020 às 18h12

    prometia bem UMA OVA!
    capitais fugindo, em janeiro consumo no varejo -1%, balança comercial de prufundis, renda caindo para 88% da populaçao (tudo mundo menos empregadores, militares e juizes).
    e com o cambio despencando a inflaçao ia desparar com certeza.

    Responder

    putin

    30 de março de 2020 às 18h19

    esqueci a maravilhosa produçao industial: janeiro -0.9%, terceira queda consecutiva.

    Responder

Deixe uma resposta