Análise da reunião ministerial de Bolsonaro

SP registra duas mortes de jovens e chega a 98 óbitos por coronavírus

Por Redação

30 de março de 2020 : 12h33

Na secretaria de Saúde de SP

Homens de 26 e 33 anos estão entre as 14 vítimas fatais registradas nas últimas 24h; município de São Paulo investiga histórico clínico dos jovens

O Estado de São Paulo registra pela primeira vez, neste domingo (29), a morte de dois jovens pelo novo coronavírus, no mesmo dia. Os rapazes de 26 e 33 anos da Capital estão entre as 14 vítimas fatais da COVID-19 contabilizadas hoje, todas atendidas na rede privada de saúde.

Além dos dois jovens, há um homem de 89 anos de São Bernardo do Campos e outros 11 da Capital, sendo cinco mulheres (71, 84, 84, 87 e 90 anos) e seis homens (60, 67, 79, 76, 63, 83). O histórico clínico dos jovens, se tinham algum tipo de comorbidades por exemplo, estão sendo investigados
Até o meio desta semana, apenas a Capital paulista registrava óbitos relacionados à COVID-19.

Agora, os municípios de Vargem Grande Paulista, São Bernando do Campo, Guarulhos, Taboão da Serra, Embu das Artes, Sorocaba e Ribeirão Preto também contabilizam pelo menos um óbito.

SP também registra 1.451 casos confirmados.

Dados atualizados 29/03 – 15h30

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

nando pons

30 de março de 2020 às 12h57

Se tirar os casos de SP o resto do Brasil o virus é até aqui (torcendo para que continue) menos de zero.

Responder

Fonzie

30 de março de 2020 às 12h54

Como pode SP ter mais o dobro de obitos da media nacional e o triplo da mundial ?

Responder

Deixe uma resposta