Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Foto: Agência Brasil / EBC

Transporte público na América Latina durante a pandemia

Por Redação

22 de junho de 2020 : 13h19

Um estudo conduzido em cidades da América Latina indica que os brasileiros são os que mais seguem dependendo do transporte público para trabalhar, mesmo durante a pandemia.

O estudo ouviu passageiros de Bogotá, Buenos Aires, Ciudad de Mexico, Guadalajara, Guaiaquil, Montevidéu, Rio de Janeiro, Santiago e São Paulo no fim de abril e foi feito pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento em parceria com o aplicativo Moovit.

Em São Paulo e no Rio de Janeiro, apenas 3% pensam em deixar o transporte público mesmo após a pandemia acabar, enquanto em Guiaquil, no Equador, 19% não pretendem voltar a depender dele.

São Paulo e Rio de Janeiro têm o maior percentual de viagens por motivo de trabalho, com 80% e 79% respectivamente, seguidos por Buenos Aires e Montevidéu.

“Isso ocorre porque no Brasil a maior parte dos usuários de transporte público são das classes mais vulneráveis economicamente, correspondendo a 53,8% na classe C e 60,8% nas classes D e E. Essa população, principalmente na crise, precisa continuar trabalhando e normalmente seus trabalhos não podem ser executados em home office” , afirma Morgan Doyle, representante do BID no Brasil.

Desde o início da pandemia, o setor de transporte público no Brasil enfrenta uma crise.

Quase todas as cidades que adotaram medidas de isolamento viram o número de passageiros cair mais de 70%. Sem dinheiro, faltam recursos para a manutenção do sistema.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro