Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

Ciro no Datena: há um acordão das elites para sustentar a agenda neoliberal de Bolsonaro

Por Redação

20 de agosto de 2020 : 12h34

Na conversa entre Ciro Gomes e José Luiz Datena, o jornalista da Band último fez afirmações bastante duras sobre a questão tributária no país, lembrando que os ricos pagou pouco imposto, e os pobres, muito.

E observou que o maior problema do país é a evasão fiscal.

Ciro, por sua vez, especulou sobre o possível “acordão” entre as elites do dinheiro, após um encontro de Bolsonaro com o ministro Alexandre de Moraes, do STF, relator do inquérito das fake news.

Para o ex-ministro, os grandes interesses do setor financeiro se conjugaram aos dos conglomerados da mídia para que sustentar o governo e sua agenda neoliberal, desde que Bolsonaro permaneça calado.

Ciro disse que é normal que a aprovação de Bolsonaro tenha parado de cair, após a distribuição do Auxílio Emergencial, mas que o país só tem futuro se souber unir os interesses do trabalho e da produção, através de um projeto de desenvolvimento. Políticas compensatórias são importantes, disse Ciro, mas não resolvem o problema econômico nacional.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

José Milton

25 de agosto de 2020 às 10h53

Ciro foi direto ao ponto. É isso mesmo, simples assim. E Datena concordou tanto, que quer entrar no PDT para ser senador rs.

Responder

Paulo

20 de agosto de 2020 às 22h23

Até a Globo tá nesse “acordão”. Vide as matérias de hoje sobre o “reajuste dos servidores”!

Responder

Fábio maia

20 de agosto de 2020 às 19h26

O fiador do acordão é o aliado de vocês, Rosário. viva o Botafogo.

Responder

Beltrano

20 de agosto de 2020 às 19h07

A agenda liberal, de menos Estado e mais cidadão, é a melhor para todos, do pobre ao rico, com uma única exceção: os POLÍTICOS, dada a diminuição das atribuições e poderes do Estado. Não por acaso a esquerda é tão contrária ao liberalismo.

Responder

    Sicrano

    21 de agosto de 2020 às 12h28

    É isso aí, primo Beltrano, “a agenda liberal, de menos Estado e mais cidadão, é a melhor para todos, do pobre ao rico…”, principalmente para o pobre que, nesse país sabidamente sem Desigualdade e sem Patrimonialismo, ‘finalmente’ se verá livre das amarras da educação, saúde, assistência social, etc., minimamente concedidas por esse Estado ‘inchadão’ que tu ‘enxerga’ e poderá então, de peito aberto, ‘sem fome, sem telefone, sem lenço, sem documento, nada no bolso ou nas mãos, eles vão seguir vivendo, por que não, por que não…’, competindo com MERITOCRACIA com essa ‘gente de bens’ nascidos da classe dominante e das classes médias eternas aspirantes a cenoura acenada.

    “Não por acaso a esquerda é tão contrária ao liberalismo”.

    ‘Faz todo sentido, primo rico’, vai baratear e como o custo do ‘secretariado do lar e os serviços gerais’, e vá ver também por isso que Marcelo Adnet alerta: “Como morar no Brasil e não ser de esquerda”.

    Tu não consegue entender o que bem alerta Adnet, Beltrano, e isso é o que explica a tragédia Brasil, em cartaz, com breves intervalos, há 520 anos.

    Responder

      Beltrano

      23 de agosto de 2020 às 16h30

      O Adnet certamente ganha um salarinho de miséria neh. E sem merecer ainda por cima….
      E td vez que alguém vem com esse papinho de desigualdade eu sinto o cheiro típico da inveja. Vc deve ser algum servidor público que morre de inveja das pessoas ricas e bem sucedidas, não só do Brasil, mas do mundo.

      Responder

chichano goncalvez

20 de agosto de 2020 às 13h20

O Ciro é algo assim como muda para que nada mude, é pouco menos ruim que esse psicopata, genocida, chefe de quadrilha que esta no poder central, alias dito pelo proprio Ciro que esse Bolsonarco é ladrão de gasolina.

Responder

Deixe uma resposta