Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Foto; Reprodução / Ministério do Turismo

Para defender trabalho infantil, Bolsonaro diz que menor pode cheirar “paralelepípedo de crack”, menos trabalhar

Por Redação

26 de agosto de 2020 : 10h14

Na noite desta terça-feira, 25, durante abertura do congresso nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o presidente Jair Bolsonaro disse que seu primeiro emprego foi em um bar, sem carteira assinada e com apenas 10 anos de idade no Vale do Ribeira (SP).

Além disso, Bolsonaro defendeu o trabalho infantil e ainda disse que nos dias de hoje, menor pode fazer tudo, menos trabalhar.

“E bons tempos, né?, onde menor podia trabalhar. Hoje, ele pode fazer tudo, menos trabalhar, inclusive cheirar um paralelepípedo de crack, sem problema nenhum”

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

26 de agosto de 2020 às 17h08

Mentira! Ele nunca trabalhou. E não, sr presidente ignorante, não pode cheirar crack nem trabalhar até os 14 anos (e, quanto ao crack, continua valendo depois disso a proibição)! Se a polícia e o conselho tutelar não intervêm, é outra história…

Responder

Lourival Gervásio

26 de agosto de 2020 às 13h01

Isso é td fruto dessa ideia de q o governo tem q salvar a nossa vida.
Bem dizia Roberto Campos, q o poder do Estado em ajudar é limitado mas o poder de atrapalhar é infinito.

Responder

Olavo

26 de agosto de 2020 às 11h41

é só um animal

Responder

Jerson7

26 de agosto de 2020 às 10h59

O problema vem das familias e é a consequancia de mais da metade dos problemas civilizatorios do Basil.

Os brasileiros fazem um monte de filhos a toa e depois os jogam no colo de tias, avòs e por aì vai.

Nào hà educaçào dentro de casa, nao hà regras, nao hà cultura do estudo e muito menos do trabalho…a tendencia no tempo é sò piorar.

Se os filhos vao para escola ou ficam na rua o dia inteiro para os pais tanto faz e se vao para escola e fazem merda tanto faz do mesmo jeito, nao sao estimulados ao aprendizado, cobrados, etc…

Uma tragedia sem fim infelizmente e a culpa é dos pais.

Responder

Hilux12

26 de agosto de 2020 às 10h52

E’ fato que os jovens de hoje preferem a maconha ao trabalho.

Responder

AlanF

26 de agosto de 2020 às 10h38

“Hoje, ele pode fazer tudo, menos trabalhar, inclusive cheirar um paralelepípedo de crack, sem problema nenhum”

Perfeito!

Responder

    Paulo Cesar Cabelo

    26 de agosto de 2020 às 16h39

    Tipo o crack que a milícia de Rio das Pedras chefiada pela família Bolsonaro vende?
    Crack não se cheira , só a cocaína , tipo aquela apreendida no avião presidencial.
    Bolsonaro nunca trabalhou na vida , cuidar do boteco do papai não é trabalho , nem ser militar parasita que não produz nada , muito menos político corrupto fazendo rachadinha.
    Família de parasitas vivendo do dinheiro do povo enquanto vende drogas.

    Responder

    Paulo Figueira

    26 de agosto de 2020 às 16h58

    Só que isso não serve para os filhos dele que nunca trabalharam

    Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?