Live do Cafezinho: o caso Samuel Borelli, quando a esquerda produz fake news

O ex-vice presidente dos EUA Joe Biden e o presidente da China Xi Jiping. Foto: Politico.

Joe Biden “restauraria” relações entre EUA e China

Por Redação

22 de setembro de 2020 : 12h09

Segundo a Reuters, o candidato do partido Democrata à presidência dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, procuraria “restaurar” os termos das relações econômicas e tecnológicas de seu país com a China.

A mensagem teria sido dada por Tony Blinken, um conselheiro sênior de política externa da campanha de Biden.

Blinken categorizou como irrealista “desacoplar-se totalmente” da China em evento na Câmara de Comércio dos EUA.

Segundo ele, Biden focaria em expandir a influência mundial dos EUA reconstruindo vínculos com aliados para estabelecer padrões tecnológicos.

Ele chamou de “desastre” a fase 1 do acordo comercial assinado por Estados Unidos e China por este não ter resolvido os problemas sistêmicos envolvendo as duas maiores economias do mundo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ronei Silveira

22 de setembro de 2020 às 12h24

Restauraria = 90° para a China.

Responder

Deixe uma resposta