Live do Cafezino (20h): o novo surto de Bolsonaro! Convidado: Celso Rocha de Barros

Reuters/Diego Vara/ Direitos Reservados

Covid-19: Brasil tem 142 mil óbitos e 4,74 milhões de casos acumulados

Por Redação

28 de setembro de 2020 : 22h06

Do total de contaminados, 86% se recuperaram da doença

Publicado em 28/09/2020 – 20:30

Agência Brasil — O boletim diário do Ministério da Saúde, divulgado nesta segunda-feira (28), revela que o Brasil registrou 4.745.464 casos confirmados do novo coronavírus desde o início da pandemia.

Desse total, 3% dos casos resultaram em morte (142.058); 10,9% dos pacientes estão em tratamento (519.224); e 86,1% dos brasileiros que contraíram covid-19 estão recuperados (4.084.182).

Nas últimas 24 horas, foram registrados 317 óbitos e 13.155 novos casos. Os casos são menores aos domingos e segundas-feiras pelas limitações de alimentação da base de dados pelas equipes das secretarias de saúde. Já às terças-feiras, o número tem sido maior pelo envio dos dados acumulados do fim de semana.

As autoridades de saúde ainda investigam se outras 2.533 mortes foram provocadas por coronavírus.

Onde há mais casos de covid-19 no Brasil

*Casos acumulados desde o início da pandemia

São Paulo = 973.142

Bahia = 306.629

Minas Gerais = 290.137

Rio de Janeiro = 262.006

Ceará = 239.062

Onde há mais mortes por covid-19 no Brasil

São Paulo = 35.125

Rio de Janeiro = 18.291

Ceará = 8.921

Pernambuco = 8.190

Minas Gerais = 7.240


Boletim epidemiológico covid-19

Edição: Liliane Farias

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta