Live do Cafezino (20h): o novo surto de Bolsonaro! Convidado: Celso Rocha de Barros

No Ceará, Camilo Santana (PT) apoia candidatos a prefeito em mais de 90% dos municípios

Por Gabriel Barbosa

28 de setembro de 2020 : 10h21

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), apoiará cerca de 170 candidatos a prefeito de todas as regiões do estado. O número representa 92,4% dos 184 municípios cearenses.

A equipe de comunicação de Camilo têm gravado vídeos e áudios com o governador para atender todos os aliados. 

Com 76% de aprovação no estado, o petista têm apoiado candidaturas de diversos partidos como PP, PDT, PTB, Cidadania, DEM, PSD, PC do B, Solidariedade e o próprio PT.

Como é o caso de Tauá, no interior do estado, onde Camilo está apoiando o candidato a prefeito do município, Fred Rêgo (DEM).


Já em Sobral e Canindé, o governador apoia as candidaturas a reeleição de Ivo Gomes (PDT) e Rozário Ximenes (DEM). 

View this post on Instagram

?

A post shared by Ivo Gomes (@falaivo) on

Em Caucaia, a dobradinha entre Elmano de Freitas (PT) e Natecia Campos (PP).

O chefe do executivo cearense deverá fazer campanha presencial em Fortaleza na região do Cariri, seu berço político.

(Com Roberto Moreira)

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Batista

28 de setembro de 2020 às 11h32

O Redação, abastecido de pretensas ‘extravagâncias partidárias’, pelo Gabigol cearense, tenta analisar as eleições municipais sob a ótica da ideologização, quando até os postes, onde antigamente colavam-se os cartazes dos candidatos, sabem o que interessa nos mais de 4 mil municípios com até 30 mil habitantes por aí, é o candidato a prefeito, o partido é apenas exigência para cumprir o regulamento obrigatório, já que após a eleição todos, à exceção do PT, PSOL e PC do B, quando caso, alinharão automaticamente com o governador do estado, de olho não no verbo e na sigla partidária do governador, mas nas verbas.

Camilo, não faz nada diferente que também rezar essa tradicional oração política municipal de apoiar candidato a prefeito com maior chance de vencer, pouco importando sua sigla no mercado municipal de siglas partidárias, à exceção de PT, PSOL e PC do B, pois esse candidato tornado prefeito o apoiará nas eleições estaduais e federais, quando então a ideologia e interesses maiores fazem a diferença, e esses prefeitos eleitos em siglas de conveniência, salvo as exceções de praxe, estão pouco se lixando com as mesmas:
O que é bom para eles e para o município, abraçam, como se correligionários fossem desde criancinhas.

De dia tem, que é de noite no Cafezinho…

Responder

Deixe uma resposta