Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Prefeito de Niterói é alvo de operação da PF

Por Redação

16 de dezembro de 2020 : 14h45

Nesta quarta-feira, 16, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram uma operação que têm como alvo o prefeito de Niterói (RJ), Rodrigo Neves (PDT).

A operação investiga supostas irregularidades na obra da Transoceânica Charitas-Engenho do Mato. De acordo com os investigadores, houve um aumento de R$34 milhões na obra e que ao mesmo tempo, a Prefeitura fechou contratos de publicidade.

A residência de Neves e a própria sede da Prefeitura receberam os agentes que cumpriram ordens de busca e apreensão. No total, foram 11 mandados, sendo oito no Estado de São Paulo e três no Rio.

No Twitter, Rodrigo Neves afirmou ser vítima de perseguição política.

Leia a nota na íntegra.

“Em relação a absurda ação de busca e apreensão realizada nesta manhã, o Prefeito Rodrigo Neves esclarece que nunca foi ouvido ou convidado a prestar qualquer esclarecimento sobre quaisquer assuntos. Nenhum objeto de valor foi apreendido, apenas o seu celular pessoal. O Prefeito não possui automóvel ou qualquer objeto de valor. Apesar de não ter informações formais sobre do que se trata a ação, a Prefeitura esclarece que o túnel Charitas Cafuba e a TransOceanica foram concluídos há tempos, cumprindo o cronograma e o planejamento das obras, que melhoraram muito a qualidade de vida dos niteroienses. A prestação de contas detalhada foi aprovada e concluída por órgãos de acompanhamento e financiamento, como a Caixa Econômica Federal. O objetivo da ação sobre fatos ocorridos há muitos anos, sem que o Prefeito jamais tenha sido ouvido, tem o claro objetivo de desgastar a administração e o Prefeito que tem aprovação de mais de 85% da população e cujo sucessor obteve vitória retumbante no 1ºturno com 62% a 9%. O Prefeito repudia a utilização de aparato do Estado como a Polícia, para ações de perseguição política. A administração Rodrigo Neves assumiu em 2013 com dívidas superiores a 500 milhões de reais e vai entregar nos próximos dias a Prefeitura com mais de 700 milhões de reais em contas disponíveis. Quando assumiu em 2013, o Fundo Municipal de Previdência tinha 12 milhões de reais e hoje tem mais de 740 milhões de reais. Como todos processos da Prefeitura de Niterói na atual gestão, as informações sobre a obra estão disponíveis no Portal de Transparência. O cronograma, planejamento e execução da obra foram feitos com custo menor do que todos os projetos similares, no Brasil e na América do Sul. Trata-se de uma ação abusiva, típica de regimes autoritários, cujo objetivo político, há poucos dias do enceramento do mandato, tem o evidente interesse de desgastar a imagem da administração e do Prefeito amplamente aprovados pela população de Niterói e reconhecidos pela qualidade e transparência da gestão no Estado do Rio e no Brasil. O Prefeito vem sofrendo ataques e perseguições, sobretudo a partir de 2018, mas nada foi encontrado contra ele. O Prefeito e sua defesa tomarão todas as medidas para identificar a origem desta perseguição política e responsabilizar os seus autores”

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Neres

16 de dezembro de 2020 às 19h40

Essa notícia capciosa já chega saindo. O provável candidato do PDT ao governo do RJ está metido em corrupção segundo a força-tarefa.

Não, não sou lavajateiro, como esses seres rastejantes que abdicaram de pensar que pululam por este blogue.

Mesmo com a notícia passando batida rapidinho, sabe cumé, tem cara de treta política com o escopo de prejudicar possíveis candidatos progressistas. Não sou como esses canalhas oportunistas que ficam apontando o dedo para os outros para angariar voto e simpatia do eleitorado conservador a ponto de não ter prurido ético.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?