Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Enfermeira de São Paulo é a primeira vacinada do Brasil

Por Redação

17 de janeiro de 2021 : 16h39

A enfermeira do hospital Emílio Ribas Mônica Calazans, 54 anos, recebeu neste domingo (17) a primeira dose da Coronavac após a aprovação do imunizante pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Mônica, que faz parte do grupo de risco da Covid-19 – é diabética, hipertensa e obesa – se voluntariou em maio a trabalhar na linha de frente contra o novo coronavírus mesmo com comorbidades.

Mônica foi voluntária do estudo da Coronavac. Uma política dos desenvolvedores da vacina é chamar os participantes do grupo placebo para se vacinar após a aprovação. A Coronavac foi testada pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

A vacinação ocorreu em uma coletiva de imprensa do governo de São Paulo, logo após a reunião da Anvisa, que aprovou por unanimidade o uso emergencial da Coronavac e da vacina Oxford/AstraZeneca.

(Com Portal Vermelho)

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta