Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Em 2020, famílias mais pobres tiveram inflação de 6,22%, diz Ipea

Por Redação

23 de janeiro de 2021 : 11h10

Na última sexta-feira, 15, o Insitituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou os índices de inflação por faixa de renda da população e mostra que as famílias mais pobres (que ganham até R$1.650, 50 ao mês) tiveram taxa de 1,58% ao mês.

Fonte: Ipea

Em comparação a 2019, houve um aumento de 1,8% na taxa de inflação dos mais pobres que vivem cada vez mais arrochados pela alta nos preços dos alimentos no domicílio, o reajuste da energia elétrica e a alta nos preços dos serviços livres.

Ainda de acordo com o Ipea, isso foi impulsionado pelos 9,3% de reajuste nas tarifas de energia e pelos aumentos no preço do gás de botijão (2,0%), arroz (3,8%), feijão (3,3%), batata (7,3%) e carnes (5,6%). 

Na cesta básica, os itens que mais pesaram no bolso das famílias de baixa renda em 2020 foram o arroz (76%), feijão (45%), carnes (18%), leite (27%) e óleo de soja (104%).

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta