Paris Café: O que esperar da classe média para 2022?

Em live com Marina (Rede) e Manuela (PCdoB), Huck chama Bolsonaro de ‘entulho’

Por Redação

01 de março de 2021 : 20h44

De volta aos holofotes da política, o apresentador Luciano Huck participou nesta segunda-feira, 1, do painel virtual Davos Lab Brasil, iniciativa do Fórum Econômico Mundial juntamente com a ex-senadora Marina Silva (Rede) e a ex-candidata a prefeita de Porto Alegre, Manuela D’Ávila (PCdoB).

Durante a transmissão, Huck criticou a atuação do presidente Jair Bolsonaro na pandemia e disse que é necessário tirar o “entulho da sala” e voltou a defender uma frente ampla para 2022. O apresentador é um possível candidato a presidência da República.

“A gente tem um entulho no meio da sala, neste momento. E a gente tem de somar forças para tirar esse entulho do meio da rua ou do meio da sala. O que a gente está vivendo hoje é um momento de muita incompetência, de falta de planejamento, o negacionismo que gerou mais de 250 mil mortes e a gente não vê, a curto prazo, a perspectiva de solução. Não nos apresenta, esse momento do Brasil, hoje, nenhum tipo de perspectiva de futuro, um monte de blábláblá que a gente tá ouvindo. Eu não vejo nenhum tipo de perspectiva social, econômica, de meio ambiente, nem segurança pública, muito menos de ética”

Assista a live completa!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuiz.

02 de março de 2021 às 04h26

Eu acho que Huck piscou.
É namoro? É amizade?
Pela necessidade de ampliar uma frente possível, se fosse eu, piscava de volta.

(Mas não piscava pro ACM Neto, que piscar para esse não seria nem namoro, nem amizade; seria permissividade).

Responder

Deixe uma resposta