Paris Café: O que esperar da classe média para 2022?

Beto Albuquerque: “A candidatura do Ciro é boa para o PSB e para o centro”

Por Redação

07 de abril de 2021 : 21h17

Após o ex-presidente Lula (PT) se reunir com a cúpula do PSB, o vice-presidente Nacional do partido, Beto Albuquerque, afirmou que a candidatura do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) é benéfica aos socialistas e ao centro político.

“A candidatura do Ciro é boa para o PSB e para o centro. Não estaremos nadando de braçada em um momento econômico alvissareiro e tranquilo, como foi quando Lula presidiu o país. O presidente vai ter que entender mais do que a equipe econômica sobre economia e desenvolvimento.”, disse ao O Antagonista.

Na sequência, o líder socialista ressaltou que o “Ciro tem esse perfil, é experiente, estudado e gosta do Brasil de verdade. Acho também que a candidatura de Eduardo Leite vai se viabilizar no PSDB e poderá ser uma alternativa a ser estudada e bem avaliada pelo centro.”

Albuquerque também falou que uma possível vitória de Lula e Bolsonaro poderia rachar o país novamente.

“Terá sempre metade do Brasil contra”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Helio

08 de abril de 2021 às 01h13

Como se diria no futebol, Ciro está prestigiado no PSB.

Responder

O Demolidor

08 de abril de 2021 às 00h11

Fala a verdade….a quinta coluna odeia o Lula……sem froidismos….hahaha

Responder

Alexandre Neres

08 de abril de 2021 às 00h07

Enquanto a direção do PSB está claramente flertando com o PT, o Cafezinho me arrumou um vice-presidente do RS para falar sobre o Ciro. No Sul, terra onde o minto é aclamado, o PSB é de direita, não tem escapatória. Até aí, ainda vá lá. Mas buscar matéria do Antagonista é demais, né não?

Enquanto os comentaristas ciristas deste blogue atacam o Brasil 247, vou reproduzir um trecho de uma matéria publicada naquele sítio do jornalista Luís Carlos Pinto que tocou a campanha do Ciro em 2002 e foi responsável pela aproximação entre Ciro e Lula àquela época. Achei o texto bem interessante e creio que traz alguns pontos de vista interessantes para quem pertence a este campo:

“Durante o almoço analisáramos os porquês da acachapante derrota de Ciro Gomes no 1º turno presidencial – terminou em quarto lugar, com 10 milhões e 880 mil votos, atrás até de Anhotny Garotinho, que concorria pelo PSB e obtivera 15 milhões de votos.
– Conte-me, depois desses meses de convívio intenso com Ciro… – seguiu Tasso – …vocês se conheciam desde quando mesmo?
– 1990 – respondi. – Foi você quem nos apresentou, quando ele era candidato à sua sucessão no primeiro mandato.
– Pois bem. Depois desse tempo de convívio tão próximo na campanha presidencial, você diria que Ciro é o homem mais inteligente que você já conheceu; ou é o político mais mentiroso com o qual você já conviveu?
Não esperava a pergunta. Ela veio acompanhada de um sorriso sarcástico que o senador tucano sabe dar nas conversas reservadas, quando quer analisar a fundo alguns problemas. Ganhei alguns segundos para pensar com o silêncio que impus. Deixava claro que estava pensando na melhor resposta e tentava adivinhar a intenção da pergunta.
– É o mentiroso mais inteligente com o qual já cruzei na vida – devolvi enquanto olhava direto nos olhos dele.
Rimos à larga. Depois, ele concordou:
– Também acho. É exatamente isso. Mas, é um homem de boa-fé – disse Tasso, pontuando o fim daquele tópico e abrindo nova agenda política.”

https://www.brasil247.com/blog/ciro-esta-a-se-afogar-no-pantano-do-bolsonarismo

Responder

    Francisco*

    08 de abril de 2021 às 13h31

    Esse é o grande problema de Ciro, ‘o calcanhar de aquiles’, o verbo CONVIVER substituindo o verbo CONHECER, ao correr do tempo.

    Daí a necessidade de recompor correligionários e assessores nos escalões de comando, a cada ciclo eleitoral, recrutando-os fazendo-se CONHECER inteligente e único no muro dos Nem-Nem e no circuito Universitário, além de ‘cooptar’ novos assessores no mercado político e midiático, até a convivência afastá-los, admiradores e assessores, após o ciclo eleitoral (duas campanhas).

    Exceção à família, alguém conhece alguém, de fato, junto a Ciro por mais de seis anos?

    Para ilustrar, trecho de matéria, ‘Oligarquia Irritada’, na Revista Piauí, edição – março de 2007:

    “(…) Tendo como vitrine a cidade sertaneja de Sobral, a oligarquia dos Gomes acalenta um sonho: botar Ciro na Presidência da República. “Vamos trabalhar muito para isso”, diz a senadora Patrícia Gomes. “Não há ninguém com tanto potencial e honestidade como ele”, emenda o deputado Ivo Gomes. “Conversamos muito e Ciro está certo de que agora é o momento dele”, revela Tim Gomes. O DESEJO DOS OLIGARCAS É QUE O PRESIDENTE LULA O LANCE COMO SUCESSOR…”.

    Responder

Deixe uma resposta