Despolarizando: pesquisa Datafolha neutraliza a terceira via?

Até o final do mandato, Bolsonaro fará diversas nomeações nos tribunais superiores e regionais

Por Redação

19 de abril de 2021 : 10h37

Estima-se que até Dezembro de 2022, Jair Bolsonaro fará 65 nomeações em tribunais regionais como TRFs, TREs e superiores como STF, STJ, STM, TSE e TST. Em julho, Bolsonaro deve indicar o substituto do ministro Marco Aurélio Mello (STF) que vai se aposentar da magistratura.

Será o segundo ministro da Suprema Corte na ser indicado. Em dezembro do ano passado, Kassio Nunes Marques foi indicado, aprovado pelo Senado Federal e nomeado como substituo do decano Celso de Mello.

De lá para cá, Nunes Marques tem se tornado alinhado as narrativas bolsonaristas na Suprema Corte. Desde a campanha de 2018, Bolsonaro promete que vai nomear um ministro “terrivelmente evangélico” para a Suprema Corte.

Já no Superior Tribunal de Justiça (STJ), o ministro Nefi Cordeiro pediu sua aposentadoria e Bolsonaro terá o poder de escolher o novo magistrado para esse tribunal.

Além de Nefi, os ministros Napoleão Nunes Maia e Félix Fischer também devem se aposentar até dezembro de 2022. No caso do STJ, Bolsonaro terá que escolher um dos nomes na lista tríplice elaborado pelo tribunal.

No TSE, Tarcísio Vieira e Sérgio Banhos vão deixar seus cargos até o final de 2022 e serão mais duas cadeiras nomeadas por Bolsonaro. No Tribunal Superior do Trabalho (TST), o presidente vai nomear os substitutos de Renato Paiva e Emmanoel Pereira.

(Com Metrópoles)

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

19 de abril de 2021 às 21h51

Essa é a parte da tragédia brasileira que poucos veem. E se for reeleito a democracia acaba na conta dos Kássios…E se ganhar o Lula acaba na conta do Lênio Streck…Tristes trópicos…

Responder

Deixe uma resposta