Despolarizando: pesquisa Datafolha neutraliza a terceira via?

Servidores do Ibama afirmam que Salles patrocina desmonte no órgão

Por Redação

21 de abril de 2021 : 10h59

Cerca de 400 servidores do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) enviaram uma carta ao presidente do órgão, Eduardo Bim, afirmando que não estão conseguindo realizar os trabalhos de fiscalização após o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, alterar as regras de multas ambientais.

“Registramos que, no momento, os meios necessários para o estrito cumprimento do nosso trabalho não estão disponíveis e que todo o processo de fiscalização e apuração de infrações ambientais encontra-se comprometido e paralisado frente ao ato administrativo publicado”

Ainda de acordo com os servidores, a medida de Salles inviabiliza as ações de combate ao desmatamento na Floresta Amazônica.

Na prática, a multa só poderá publicada depois de passar pela análise de um supervisor e isso impacta diretamente no trabalho dos fiscais que acabam perdendo autoridade e competência para tal medida.

Na carta, os servidores também criticam a anuência do governo Bolsonaro no desmonte do Ibama mas que mesmo diante dessa situação, reafirmam o compromisso de combater os crimes ambientais.

“Por isso, reafirmamos publicamente o compromisso de permanecermos firmes no combate aos delitos ambientais e em protegermos o meio ambiente brasileiro para as presentes e futuras gerações, sempre no estrito cumprimento da legislação ambiental vigente, necessitando para isso também um comprometimento imediato e inequívoco do governo e seus gestores com o fortalecimento das instituições e das normas ambientais, e não o contrário, como vem sendo feito”

Organizações da sociedade civil, ONGs ambientalistas e coletivos de artistas já manifestaram ser contra que o presidente dos EUA, Joe Biden, feche acordo com Jair Bolsonaro devido a falta de políticas ambientais do governo brasileiro e o aumento explosivo nos índices de desmatamento na Amazônia.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Valeriana

22 de abril de 2021 às 06h42

@023 vem aí e a cadeia tb, pra esse sapatenis que anda e pra família bozo.

Responder

Deixe uma resposta