Despolarizando: pesquisa Datafolha neutraliza a terceira via?

Kalil (PSD) manda recado para três nomes ligados ao Centro: “Tratem de ganhar essa guerra”

Por Redação

01 de maio de 2021 : 10h52

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), possível candidato ao Governo de Minas Gerais, mandou um recado para três nomes ligados ao centro político, os ex-ministros Ciro Gomes (PDT), Luiz Henrique Mandetta (DEM) e o ex-governador de São Paulo, Márcio França (PSB).

“Cabe a esse homens, a vocês, pela importância que têm: tratem de ganhar essa guerra (contra o coronavírus), de não deixar esse país destruído”, alertou na live da CSB sobre reconstrução nacional.

“Ajudem os negacionistas, os ignorantes, que não têm noção do que falam. O país destruído leva à derrota. A extrema direita ou extrema esquerda: não sei. Pode ser um grande mote político para esse centro: é ciência, pesquisa”, completou.

Considerado um dos prefeitos mais populares do Brasil, Kalil lembrou que “é desumano falar em eleições no meio de pandemia” e que “o povo está de saco cheio. O povo está por aqui com políticos que não sabem o que falam, que não é o caso de ninguém aqui”, disparou.

“Esqueçam, o povo não vai entrar nisso agora. O médio, o pequeno, o informal, o miserável: a última coisa que ele quer saber agora é eleição. E não vamos nos iludir, pois esse não é o assunto que o povo vai pensar agora (no meio da pandemia)”.

Assista a live completa!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

MARILDA BRAZ

02 de maio de 2021 às 21h22

A ciência está respondendo a todos.

Infelizmente vamos ter no futuro historiadores negacionistas que não vão contribuir em nada para um fato histórico tão marcante.

Nos resta orar a Deus por misericórdia do Brasil principalmente.

Infelizmente temos um governo federal omisso e contraditório.

FORÇA PREFEITO. BH CONTIGO.

Responder

Netho

01 de maio de 2021 às 16h37

Aliás, pelo andar destrambelhado da carruagem, o nome do prefeito de BH pode ser o grande trunfo, não à presidência, nem ao governo das Gerais; mas à própria vice-presidência da República em dobradinha do PDT/PSD.

Responder

Alan C

01 de maio de 2021 às 13h57

Muito fácil jogar a responsabilidade pra cima dos outros.

Responder

Deixe uma resposta