Cafezinho & Cinema: conversa com Ducca Rios, diretor de Meu Tio José

Patrick Ryan: Brasil chora a morte de Paulo Gustavo

Por Redação

06 de maio de 2021 : 09h52

Por Patrick Ryan

Essa noite, o Brasil inteiro chorou pela morte do humorista Paulo Gustavo, ator brilhante, jovem, com dois filhos pra criar e uma vida inteira pela frente. Me questionei se seria o momento de apenas viver o luto de uma perda irreparável para o humor brasileiro ou, se chegou o momento de convidar a sociedade a fazer uma reflexão sobre esta situação caótica que estamos vivendo.

Cheguei a conclusão que não dá pra falar da morte de Paulo Gustavo como um acontecimento trágico, sem olhar com indignação e tristeza para os mais de 400 mil irmãos e irmãs brasileiros que perderam a luta para o covid-19.

É importante frisar que todos que perderam suas vidas e tiveram suas histórias interrompidas pelo covid não perderam a batalha apenas para o vírus. Essa batalha que a nação brasileira está perdendo é contra o negacionismo, contra a irresponsabilidade do governo federal, contra o egoísmo de parte da população brasileira, contra o charlatanismo e contra a politização da pandemia. Estamos perdendo essa batalha e pessoas amadas estão perdendo a VIDA.

Essa tragédia humanitária que o Brasil está vivendo poderia SIM ter sido evitada se o presidente da República tivesse investido em vacina ao invés de perder tempo prescrevendo medicações sem comprovação científica para a população, sem nem ser médico.

Essa tragédia humanitária poderia SIM ter sido evitada se o governo federal mantivesse o auxílio emergencial de R$600,00 por todo o período da pandemia para ajudar a população mais pobre a ficar em casa sem o ônus de passar fome

Essa tragédia humanitária poderia SIM ter sido evitada se o governo federal tivesse montando uma equipe de médicos e especialistas pra combater o vírus desde o começo e tivesse dado carta branca pra que esses especialistas ‘estabelecessem’ protocolos de distanciamento social e medidas restritivas desde o princípio da pandemia com base no que estava sendo aplicado no mundo todo.

Essa tragédia humanitária poderia SIM ter sido evitada se Bolsonaro tivesse permitido que os governos estaduais fizessem testagem rápida nos aeroportos para barrar a entrada do vírus no país

Essa tragédia humanitária poderia SIM ter sido evitada se o presidente da República tivesse apostado na pesquisa científica e na ciência

Irmãos brasileiros, não indigna a vocês o fato de que diariamente mais de 1000 outros irmãos brasileiros, filhos desse país assim como nós, estão morrendo por um patógeno da qual já existe vacina?

Não indigna vocês que o governo federal faça pouco caso de um vírus que está matando milhares de pessoas diariamente e destruindo famílias?

Não indigna vocês que filhos estão perdendo seus pais e pais estão perdendo seus filhos pra uma tragédia sem precedentes que poderia ter sido evitada?

Irmãos brasileiros, a morte não é digna de nossa indignação?

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta