Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

TSE autoriza Tabata Amaral a sair do PDT

Por Redação

26 de maio de 2021 : 11h12

Nesta terça-feira, 26, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou, por seis votos a um, que a deputada federal Tabata Amaral (SP) possa se desfiliardo PDT sem perder o seu cargo no Parlamento.

Na ação, a parlamentar afirmou ter sido alvo de perseguição no PDT por ter votado favorável a Reforma da Previdência em 2019, contrariando orientação do partido à bancada.

A deputada também alegou que o movimento Acredito, que é cofundadora, assinou uma carta-compromisso com o PDT em meados em 2018 onde prevê que o partido teria que resguardar “as autonomias política e de funcionamento” e “a identidade do movimento e de seus representantes”. No Twitter, a deputada comemorou a decisão.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ricardo JC

26 de maio de 2021 às 17h35

Alguém está surpreso com essa atitude?

Responder

Cuban crafter

26 de maio de 2021 às 13h17

Ficaram doi velhos podres como Cirolipa e o outro comunistoide barbudo…jovens que é bom para o futuro nada…PDT = Partdio de Trogloditas

Responder

Efrem Ventura

26 de maio de 2021 às 13h14

O PSOL é o partido mais ridciulo do Brasil e o PDT o mais inutil.

Responder

Alexandre Neres

26 de maio de 2021 às 11h44

Mais uma vez como de costume o ministro de punhos de renda, Barroso, manifesta suas preferências partidárias. Depois ainda se dá ao luxo de criticar o sistema político e não entende o quanto contribui para acabar com os partidos.

Ora, por que não poder votar a favor da reforma da previdência só pelo fato de estar no partido do vetusto Brizola?

Tabata é a prova cabal de que não se pode servir a dois senhores ao mesmo tempo. Acredito! Será que com seu viés neoliberal e conservador migrará para o Novo?

Responder

Deixe um comentário