Cafezinho & Cinema: conversa com Ducca Rios, diretor de Meu Tio José

Bolsonaro desafia TSE e diz que “vamos ter voto impresso e ponto final”

Por Redação

11 de junho de 2021 : 11h51

Na sua live de quinta, 10, Jair Bolsonaro voltou a lançar suspeitas, sem provas, sobre o voto na urna eletrônica no Brasil. Dessa vez, ele afrontou o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, no que diz respeito ao famigerado voto impresso.

“Se o Congresso aprovar o voto impresso, vamos ter eleições com voto impresso e ponto final. Não se discute mais este assunto. Ponto final”, disse.

“Cada um de nós deve respeitar a Constituição, respeitar o Parlamento brasileiro, respeitar as decisões nossas, respeitar as decisões de vocês também, do Judiciário. Não é se meter em tudo. ‘Ah, se não for judicializado, vamos cumprir’. Vai cumprir, sim!”, completou.

Na Câmara, já foi criada uma Comissão Especial para debater uma PEC que não propõe o voto impresso raiz, mas a impressão de um comprovante do voto confirmado na urna eletrônica e que seria armazenado em uma outra urna lacrada.

O modelo foi recém defendido pelo presidente Nacional do PDT, Carlos Lupi, e pelo pré-candidato ao Palácio do Planalto em 2022, Ciro Gomes.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Tony

11 de junho de 2021 às 12h05

Tanto vale votar no papél pois que perder vai pedir a contagem de votos dos comprovantes….ou é 100% manual ou 100% eletronico.

Responder

Efrem Ventura

11 de junho de 2021 às 12h00

Isso ja foi votado tempo atràs se nao me engano…porque ainda nao foi posto em pratica ?

Responder

    Liliana

    14 de junho de 2021 às 10h57

    Bom dia desculpa a intromissão, Em 2015 foi votado pelo Parlamentares, sancionado pela Dilma é vetado pelo STF. Era para ter sido colocado em pratica já nas eleições de 2018. É se trata de auditoria impressa também, sem excluir a apuração eletrônica. E ainda tem parte da esquerda defendendo a Jurostrocacia, como se fossem deuses do Olimpo. Esqueceram já tudo que foi feito com o Lula(e que ainda tá arriscado em se repetir em 2022), Dilma..

    Responder

Bandoleiro

11 de junho de 2021 às 11h55

Se o Congresso votar pelo voto impresso vai ter, quem decide é o Congresso e o resto do Mundo se adequa.

Responder

Deixe uma resposta