Paris Café: O PT tem um projeto de governo? Qual é?

Imagens: AFP

Lula e Bolsonaro mantém polarização entre eleitores de São Paulo, mostra pesquisa

Por Redação

14 de junho de 2021 : 10h58

Nesta segunda-feira, 14, o Paraná Pesquisas divulgou um levantamento de intenção de voto para a presidência da República entre os eleitores do estado de São Paulo e confirma a cristalização da polarização entre Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula (PT) nas eleições de 2022. Enquanto o ex-capitão do Exército aparece com 34%, o líder petista registra 29,3% das intenções de voto.

Na terceira colocação, uma surpresa, o jornalista José Luiz Datena (Bandeirantes) aparece com 9% de preferência do eleitorado, chegando a ficar 3,1% a frente do ex-ministro Ciro Gomes (PDT), provável candidato ao Palácio do Planalto.

Mas o levantamento também não é animador para o governador João Doria (PSDB-SP) que amarga a quinta colocação com apenas 5,2%, o tucano é um pretenso postulante a gestão federal e anunciou que deve disputar as prévias do partido. João Amoêdo que recentemente anunciou que desistiu de entrar na disputa pelo Palácio do Planalto ainda conseguiu tirar 4%. Branco e Nulo, 7,5% e Não sabe, 3,4%.

Fonte: Paraná Pesquisas

Já no segundo cenário, Bolsonaro e Lula estão tecnicamente empatados com 36,2% e 33,9%, respectivamente. A margem de erro da pesquisa é de 2,5% para mais ou menos. Branco e Nulo, 10% e Não sabe, 4,3%. Já Datena aparece na terceira colocação com 15,1%.

No cenário três e sem o ex-presidente Lula, Bolsonaro e Datena disputam voto a voto com 39,1% e 38,2%, respectivamente. Branco e Nulo dispara para 18,3% e Não sabe, 4,5%.

No cenário de polarização levantado pela pesquisa num possível 2° turno, Bolsonaro venceria a disputa com 40,3% ante os 37,8% registrados por Lula. O índice de Branco e Nulo é considerado alto com 16,7% e Não sabe, apenas 5,2%.

O Paraná Pesquisas ouviu 1818 eleitores paulistas entre os dias 07 a 10 de junho de 2021. O nível de confiança é de 95%.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Leonardo Medeiros da Silva

16 de junho de 2021 às 21h06

Lula vencerá no 1º Turno com larga vantagem…

Responder

Ronei

14 de junho de 2021 às 15h09

O problema do PT e Lula são a imundícia que produziram durante os governos petistas vai ser difícil apagar isso por um bom tempo…sem chances.

Responder

Alan C

14 de junho de 2021 às 14h47

Bolsodoria, Mandetta, Huck, Amoedo…. Próxima pauta por favor.

Responder

Manoel

14 de junho de 2021 às 13h02

Ouviu….por telefone…hum.

Responder

EdsonLuiz.

14 de junho de 2021 às 12h58

O Brasil eleitoral é mesmo muito difícil. Difícil não, impossível. E deprimente.

Tanto para ser feito neste nosso Brasil, que é o segundo país mais desigual do mundo e um dos países com o maior índice de pobreza, e os candidatos
que aparecem pontuando bem à frente são: bolsonaro, Lula e Datena.

Pior que a ignorância eleitoral de seus eleitores é o muitas vezes não tão ignorantes apoios de seus adeptos, muitos deles motivados mais por fanatismos, o que nem sempre ė ignorância, ou por fisiologismo mesmo.

Para o bolsonarista o que bolsonaro faz é boa política e irá nos tirar do imenso buraco e deserto político em que o PT nos colocou, para o lulista Lula e o PT terem produzido a maior recessão de nossa história, com as consequências que isso trás e que estamos vivendo, de desemprego, nenhum investimento, superendividamento e pagamento de juros, falta de dinheiro para educação, saúde, para tudo, é, nos termos deles, “o melhor presidente que o país já teve”.

E os lulistas e bolsonaristas não nos entendem, para eles, nós é que somos os tapados. Os dojs lados têm certeza disso: somos tapados ou coisa pior por rejeitá-los. Imagina! Nös é que somos, não eles. É até engraçado. Mas também é dramático. Muito dramático.

Daī que, quando o eleitor pensa em alguém como opção aos populismos desastrosos de Lula e bolsonaro, pensam em …Datena.

Eu desisto!

Enquanto estes dois, o demagogo Lula e o perigoso bolsonaro estiverem no palco eleitoral, seus fanáticos vão continuar a incensar seus Mitos, os dojs lados se retroalimentarão, e tudo o que pode surgir no meio é algum… Datena.

Vamos eleitores, vamos apoiadores, me surpreendam.

Não me surpreenderão. Qualquer mudança séria só vai ocorrer quando os social-democratas deste país constituírem um partido de fato, e quando o espectro edeológico ganhar definição, com o surgimento de partidos sérios de todos os sabores ideológicos. Torço muito para o Novo e o PSOL não se perderem e conseguirsm se fortacer, e para que surjam partidos dos outros quatro sabores. Enquanto isso, o Brasil vai viver de PTs, PPs, PSDs, PSLs, DEMs, PSDBs e de outras porcarias que vocês vão continuar chamando de partidos políticos.

Responder

    Batista

    15 de junho de 2021 às 12h54

    Chegaria a ser indecente e indecoroso, se hilário e risível não fosse, o rasgar da fantasia e o exibir de nesgas das nádegas, no ‘sperneandis’ de ‘mister platitudes’, no palco d’o Cafezinho, diante da realidade dos fatos que teimam em deixa-lo sem o estandarte de vestal pretendido e com a brocha à mão, mostrando-o não “tapado”, por óbvio, pois mostra-se comumente ‘analfabeto político culto’ por deficiência visual, ao pensar que enxerga o que vê, sem pensar o que a realidade dos fatos lhe mostra pra enxergar pensando.

    Deixe as platitudes e ao menos tente informar-se, onde, quando, como, por quem e para que, gestou-se o Partido Novo, guardado em prateleira até o momento adequado ao registro.
    Não fique à tona para tanto, mesmo que seja só pra variar, mergulhe.

    PS: Não precisa enraivecer-se com a realidade dos fatos e perder a linha com a qual se equilibra e esconde, nesse caso, melhor as platitudes que vociferar, pois para esse tom ‘nervoso solidão’, basta o outro ‘analfabeto político culto’ n’o Cafezinho, o ‘analfabetho’.

    Responder

      EdsonLuiz.

      15 de junho de 2021 às 23h57

      O que se percebe ė que são “platitudes” que o desnorteiam. Você reage, e se mostra reativo ao que você mesmo define como platitude. Como a sua reação se faz contraditória, ao achar platitude mas mesmo assim reagir, quem o lê estranha e alguns, provavelmente, acabam voltando e repetindo a leitura. Que bom, continue reagindo!

      Vou recordar uma lição de ciência política:

      ‘Em polītica não existe vácuo.’.

      Ė melhor, sempre, estar na iniciativa que reagindo. Vê-se que você reage porque é lulista do tipo fanático a ponto de ser mal-educado (conheço vårios petistas que não são mal-educados). Aprenda ao menos uma lição política com o seu inteligentíssimo Mito: “Em política não existe vácuo. É melhor estar na iniciativa do que reagir”.

      No dia em que nos conhecermos, talvez possamos beber um cafezinho real juntos…ou uma cachaça. Não inviabilize essa possibilidade por causa de opiniões. Ainda mais quando a opinião de quem você discordar estiver estribada nos dados e fatos documentados, portanto, passíveis de serem verificados.

      Abraço!

      Responder

Netho

14 de junho de 2021 às 11h51

Para quem considera que Lula é o candidato mais fácil de ser batido, porque passa para o segundo turno, mas morre na praia, a pesquisa é um prato cheio.
Verdade que São Paulo é o território onde Jânio e Collor fizeram história, portanto, não surpreende a derrota do lulo-petismo no maior colégio eleitoral do país.
Surpreendente o candidato que tem escalado as redes e pesquisas com o bordão “É só no nosso?”. Já com números indicadores suficientes para uma escalada ao segundo turno do governo paulista.
Os números, a despeito das catástrofes sanitária, econômica e social, seguem sorrindo para a República das Milícias.
Mais do que nunca, a terceira via é a única garantia de remover do Planalto os filhotes da ditadura apologistas da tortura.
Lula e o PT voltaram à condição originária de “cavalo paraguaio”. Só paga “placê”.

Responder

Deixe uma resposta