Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Foto: VALERIE BAERISWYL / AFP

Presidente do Haiti é morto na própria casa

Por Redação

07 de julho de 2021 : 08h07

Na madrugada desta quarta-feira, 7, primeiro-ministro do Haiti, Claude Joseph, anunciou que o presidente Jovenel Moïse foi assassinado. De acordo com o premier haitiano, um grupo de homens armados invadiu a residência oficial no bairro de Pelerin, em Porto Príncipe, e dispararam contra o presidente e a primeira-dama, Martine, que sobreviveu.

Apesar de afirmar que está no comando do Haiti, Joseph também disse que a polícia e o Exército devem manter a ordem naquele país. O assassinato do presidente aprofunda a crise política que assola o Haiti nos últimos seis meses. A população haitiana presenciou Moïse declarar que iria se manter no presidência e que o seu mandato de cinco anos acabaria somente no próximo ano.

A violência brutal no país vitimou 20 pessoas após um atentado na semana passada em Porto Príncipe, capital do Haiti e líderes da oposição foram mortos no ataque. No que diz respeito a Pandemia, o governo haitiano não imunizou nenhum dos 11,26 milhões de habitantes contra a Covid-19.

Segundo um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), 95 facções armadas controlam os principais territórios de Porto Príncipe. “Essas gangues estão cada vez mais envolvidas em batalhas armadas pelo controle do território, afetando a vida de cerca de 1,5 milhão de pessoas”, afirma o documento.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

gilda da luz carlos

07 de julho de 2021 às 09h53

Haiti sofrendo com a ignorância humana … anos de pobreza …descaso… ações humanitárias sem soluções.. o mundo precisa acordar

Responder

Deixe um comentário