Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Randolfe afirma que ‘não resta dúvida’ que Bolsonaro cometeu crime de prevaricação

Por Redação

13 de julho de 2021 : 10h06

O vice-presidente da CPI da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), deixa claro que para a comissão não existem mais dúvidas que Jair Bolsonaro cometeu crime de prevaricação ao receber a denúncia do deputado federal Luís Miranda (DEM-DF) sobre corrupção na compra da vacina indiana Covaxin e não ter tomado nenhuma providência.

 “Quanto ao crime de prevaricação, acho que agora não resta nenhuma dúvida”, enfatizou Randolfe.

Em entrevista coletiva no final da tarde desta segunda-feira, 11, Bolsonaro assume que o parlamentar do DEM “deixou alguns papéis lá, não entrei com profundidade se era invox (nota fiscal internacional que na verdade se chama invoice), se não era”.

“A declaração do presidente da República é uma confissão. Como havíamos dito na CPI, nós nunca tivemos dúvida do crime de prevaricação”, afirmou ao UOL.

Ainda segundo o congressista, a comissão agora vai investigar se Bolsonaro cometeu outros crimes. “O que a CPI agora investiga é o envolvimento ou não do presidente nos crimes de tráfico de influência, corrupção ativa e corrupção passiva”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

canastra

13 de julho de 2021 às 11h24

“invox”…kkkkkkkkk

O nivél dessa CPI ta melhorando, o Renan costuma chamar de “invioiçi”…kkkkkkkkkkkkk

Responder

Deixe um comentário