Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Alcolumbre ignora bolsonaristas e não marca sabatina com André Mendonça

Por Redação

25 de agosto de 2021 : 11h33

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), ignorou os apelos da base de Jair Bolsonaro e se negou a marcar uma sabatina com o ex-advogado Geral da União, André Mendonça. Ele foi indicado pelo Palácio do Planalto para assumir a vaga no Supremo Tribunal Federal.

Desafeto público de Mendonça, Alcolumbre é declaradamente contra a indicação de Bolsonaro para assumir o lugar de Marco Aurélio Mello.

Os apelos da base governista foram feitos durante a sabatina com Augusto Aras que acabou sendo reconduzido ao comando da Procuradoria Geral da República (PGR) por mais dois anos. Em resposta aos pedidos, o presidente da CCJ disse apenas que “pautarei oportunamente”.

Na semana passada, Alcolumbre já tinha dito que não iria marcar a sabatina com Mendonça após Jair Bolsonaro protocolar no Senado um pedido de impeachment contra o ministro Alexandre de Moraes (STF).

O senador também ficou irritado com os ataques nas redes feitos pelos apoiadores lunáticos de Bolsonaro que plantaram a narrativa de que o presidente da CCJ não quer Mendonça no STF por questões religiosas, Alcolumbre é judeu enquanto o ex-AGU é evangélico.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Neres

25 de agosto de 2021 às 13h55

De olho grande nessa questão, talvez por coincidência, Noronha do STJ suspendeu a denúncia da rachadinha da famiglia, como quem diz: Ó tô no páreo, presida! Não foi só amor à primeira vista…

Responder

Deixe um comentário