Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Bolsonaro tenta justificar recusa de ajuda humanitária a Bahia: “muito caro”

Por Redação

30 de dezembro de 2021 : 17h26

Após ser massacrado nas redes sociais, Jair Bolsonaro tentou justificar a recusa do seu governo em aceitar ajuda humanitária da Argentina às vítimas das enchentes na Bahia.

Na noite de ontem, a Chancelaria Argentina ofereceu dez “capacetes brancos” (agrupamento especializado em resgate) “para trabalho de almoxarife e seleção de doações, montagem de barracas e assistência psicossocial à população afetada pelas enchentes na Bahia”.

No Twitter, o inquilino do Planalto disse que a ação do país vizinho iria custar “muito caro” aos cofres brasileiros e que ajuda semelhante já estava sendo fornecido pelas Forças Armadas e a Defesa Civil.

Nas palavras de Bolsonaro, “a ajuda argentina não seria necessária naquele momento”. De acordo com a Defesa Civil baiana, os temporais no estado já mataram 24 pessoas e 91.258 pessoas estão desabrigadas ou desalojadas.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Eduardo Santana

01 de janeiro de 2022 às 23h01

“[…] os temporais no estado já mataram 24 pessoas e 91.258 pessoas estão desabrigadas ou desalojadas”. Em que planeta você vive, sr. alienígena?

Responder

Paulo

30 de dezembro de 2021 às 22h54

“Na noite de ontem, a Chancelaria Argentina ofereceu dez ‘capacetes brancos’ (agrupamento especializado em resgate) ‘para trabalho de almoxarife e seleção de doações, montagem de barracas e assistência psicossocial à população afetada pelas enchentes na Bahia’ ” Como assim? Especializados em resgate para fazer papel de almoxarife e seleção de ordens, montagens de barraca? Será o benedito?

Responder

Ronei

30 de dezembro de 2021 às 17h58

Os tupinicoides acham que explorar o nada é fazer política.

Pobre paiseco de infantiloides sem futuro algum, chega a dar dó.

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro