Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Rui declara que vai aceitar ajuda direta da Argentina

Por Redação

30 de dezembro de 2021 : 15h41

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse agora a pouco que deve aceitar ajuda humanitária direta da Argentina, sem a mediação do Ministério das Relações Exteriores. Mais cedo, o Governo Bolsonaro negou ajuda do país vizinho.

Até a noite desta quinta-feira, 29, a Defesa Civil da Bahia confirmou a morte de 24 baianos, provocadas pelos temporais no estado, e mais de 37 mil desabrigados.

“A Argentina ofereceu ajuda humanitária às cidades afetadas pelas chuvas na Bahia, apesar da negativa do governo federal. Me dirijo a todos os países do mundo: a Bahia aceitará diretamente, sem precisar passar pela diplomacia brasileira, qualquer tipo de ajuda neste momento”, anunciou Rui no Twitter.

“Os baianos e brasileiros que moram aqui no estado precisam de todo tipo de ajuda. Estamos trabalhando muito, incansavelmente, para reconstruir as cidades e as casas destruídas, mas a soma de esforços acelera este processo, portanto é muito bem-vinda qualquer ajuda neste momento”, completou.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

30 de dezembro de 2021 às 22h50

A discussão acerca da aceitação ou não da “ajuda humanitária” argentina, de 10 homens, custeada a sua estadia pelo Brasil, é de uma politicagem canalha. “Ah, mas tem que aceitar o que vier”! Não. Essa ajuda será menos fecunda que a dos especialistas de Israel em Brumadinho, que já foi pífia – mas louvado por Bolsonaro, ele próprio, o pífio, o iníquo, aquele cujo nome não se deve pronunciar, com carradas de razão. Enchente passa em duas semanas, ou em uma. Nesse prazo, ninguém ouvirá mais falar em Sudeste da Bahia – que alguns chamam na Globo de Sudoeste…E segue o circo, até na desgraça…

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou?