Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Rovena Rosa/Agência Brasil

Covid-19: Brasil registra 164 mil novos casos e 943 mortes

Por Redação

10 de fevereiro de 2022 : 21h32

País já aplicou mais de 370 milhões de doses de vacinas

Publicado em 10/02/2022 – 20:51

Por Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Agência Brasil — A quantidade de pessoas contaminadas pela covid-19 ultrapassou os 27 milhões. Com 164.066 novos diagnósticos positivos em 24 horas, o total de brasileiros infectados pelo coronavírus alcançou 27.119.500. Ontem, o painel de informações do Ministério da Saúde contabilizava 26.955.434 casos acumulados.

A quantidade de casos em acompanhamento de covid-19 está em 3.036.634. O termo é dado para designar casos notificados nos últimos 14 dias que não tiveram alta nem evoluíram para morte.

As mortes causadas pela covid-19 chegaram a 636.017. Nas últimas 24 horas, foram registrados por autoridades de saúde 943 novos óbitos. Ontem, o sistema de informações da pandemia marcava 635.074 vidas perdidas.

Ainda há 3.154 falecimentos em investigação. Os óbitos em investigação ocorrem pelo fato de haver casos em que o paciente faleceu, mas a investigação se a causa foi covid-19 ainda demandar exames e procedimentos posteriores.

Até hoje, 23.446.849 pessoas se recuperaram da covid-19. O número corresponde a 86,5% dos infectados desde o início da pandemia.

As informações estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado nesta quinta-feira (10). Nele, são consolidadas as informações enviadas por secretarias municipais e estaduais de saúde sobre casos e mortes associados à covid-19.

Os números em geral são menores aos domingos, segundas-feiras o nos dias seguintes aos feriados em razão da redução de equipes para a alimentação dos dados. Às terças-feiras e dois dias depois dos feriados, em geral há mais registros diários pelo acúmulo de dados atualizado.

Estados

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, no topo do ranking de estados com mais mortes por covid-19 registradas até o momento estão São Paulo (160.839), Rio de Janeiro (70.528), Minas Gerais (57.203), Paraná (41.618) e Rio Grande do Sul (37.417).

Já os estados com menos óbitos resultantes da pandemia são Acre (1.914), Amapá (2.072), Roraima (2.106), Tocantins (4.033) e Sergipe (6.154).

Vacinação

Hoje o Brasil passou das 370 milhões de doses aplicadas, com 370,9 milhões, sendo 168,6 milhões com a 1ª dose e 153,9 milhões com a 2ª dose ou dose única. Outros 44 milhões já receberam a dose de reforço.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Kleiton

10 de fevereiro de 2022 às 21h39

E o “loquidaum mongoloide”…? Nada dessa vez…? Ainda não foi comprovado pela “siensa” ?

Quando havia 1/3 dessas mortes foi trancado o Brásil e agora nada…como é possível isso ?

Cadê todos os cientistoides que apareceram para defender essa palhaçada nazisotide ?

Cadê os textos do Cafezinho defendendo a “ciência”…? Cadê aquele imbecil do Pedro Breier escrevendo asneiras em doses industriais ?

Porque ninguém fala mais uma palavra a respeito…?

Cadê os hospitais de campanha que foram montados e nunca usados…?

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes