Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Imagens: Divulgação

Zelensky cede novamente e quer reunião com Putin para cessar-fogo

Por Redação

03 de março de 2022 : 20h09

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, cedeu novamente e agora quer uma reunião com o líder russo, Vladimir Putin, para tentar negociar um cessar-fogo entre os dois países.

Não aguentando a pressão, Zelensky fez o pedido em uma entrevista gravada por veículos de imprensa internacional e transmitida nesta quinta-feira, 3, em Kiev.

“Eu tenho que falar com Putin. O mundo tem que falar, não há outra maneira de parar essa guerra”, disse.

“A questão é que somos o muro entre os russos e a civilização. Estamos defendendo o nosso país. Não estamos tirando nada de ninguém. Tenho medo de a Ucrânia não existir mais”, afirmou em outro trecho.

Ele também defendeu a criação de corredores verdes para os ucranianos que desejam sair do país. Esses corredores serviriam como rotas de fuga. A sugestão foi acatada durante a reunião de representantes que negocia um eventual cessar-fogo.

Mais cedo, em pronunciamento transmitido do Kremlin, sede do governo russo, Putin foi claro ao dizer que “os objetivos da operação da Rússia na Ucrânia serão alcançados em qualquer caso” e salientou que a operação militar na Ucrânia estava ocorrendo dentro do planejado.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

04 de março de 2022 às 18h56

Putin tem medo de Zelensky, em termos pessoais e políticos…

Responder

Valter

04 de março de 2022 às 10h01

Para se proteger tem que parar de acreditar na hipocrisia americana e européia. A afronta bélica começou agora, mas a guerra começou em 2007, onde claramente o EUA afrontou o território russo. Não defendo o Putin, mas não lhe deixaram margem de manobra. Até um camundongo quando encurralado parte para cima. Por falar nisso, não vi toda essa sua indignação quando o EUA , invadiu o Iraque, Líbia, Afeganistão e etc.

Responder

Tony

03 de março de 2022 às 23h31

Putin quer desde sempre anexar a Ucrania ao território da Russia, na cabeça dele os dois países são uma coisa só.

A eleição da múmia falante na presidência dos Estados Unidos foi a chance que esperava para agir sem ser incomodado.

Responder

Ronei

03 de março de 2022 às 21h30

Não aguentando a pressão…quem é o animal que escreve essa merda ?

Enviem esse mongolóide na Ucrânia para aguentar a pressão de uma bomba estourando no toba dele.

Este site se tornou uma porcaria…

Responder

Kleiton

03 de março de 2022 às 21h28

Cede o que ? Os ucrananianos estão morrendo sem chances de se defender…

Quem é o imbecil que escreve nesse site ultimamente ?

Responder

EdsonLuíz.

03 de março de 2022 às 20h27

Como gente como Vladimir Putin é destruidor! Como gente assim é nogenta? Aqui no Brasil tem gente como ele, e não é pouca!

Que nojo dessa gente!

O que o povo da Ucrânia fez?
O que o povo da Ucrânia fez?

Qual opção um povo como o da Ucrânia tem para se proteger de covardias e nojos como Putin e seus apoiadores?

O que povos com Suécia, Finlândia, Letônia, Estônia, Lituânia tem para se proteger da covardia de gente tão nogenta, covarde e perigosa?

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro