Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Imagem: Agência Brasil

Temer defende revogação de perdão a Daniel Silveira

Por Redação

22 de abril de 2022 : 20h18

Nesta sexta-feira, 22, o ex-presidente Michel Temer (MDB) defendeu a revogação da graça concedida por Jair Bolsonaro (PL) ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), condenado no STF por atos antidemocráticos e ameaças contra ministros.

Em nota, o ex-presidente disse que  “o momento pede cautela, diálogo e espírito público”.

“Como a decisão do STF sobre o processo contra o deputado Daniel Silveira ainda não transitou em julgado, o ideal, para evitar uma crise institucional entre os Poderes, é que o presidente da República revogue por ora o decreto e aguarde a conclusão do julgamento”, disse Temer.

“Somente depois disso, o presidente poderá, de acordo com a Constituição Federal, eventualmente, utilizar-se do instrumento da graça ou do indulto”, segue o ex-presidente. “Este ato poderá pacificar as relações institucionais e estabelecer um ambiente de tranquilidade na nossa sociedade. Neste entretempo poderá haver diálogo entre os Poderes. O momento pede cautela, diálogo e espírito público”, completou.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

carlos

23 de abril de 2022 às 09h43

Bandido, defende bandido essa lástima, foi pego com a mão na massa no escândalo da JBS, na calada da noite, agora ele vai prá ponte que caiu.

Responder

Paulo

22 de abril de 2022 às 21h31

“O momento pede cautela, diálogo e espírito público”. Espírito público é tudo o que ele, Temer, jamais teve durante seu governo. Por falar nisso, e o “homem da mala”, por onde anda?

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes