Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto: Divulgação

Haddad lidera, Tarcísio estagna e Garcia sobe, mostra pesquisa

Por Gabriel Barbosa

11 de agosto de 2022 : 09h04

A pesquisa divulgada pela Genial/Quaest também traz os dados para a disputa pelo governo de São Paulo. Nela, o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) continua liderando com 34% das intenções de voto.

Já o ex-ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas (Republicanos), estagnou nos seus 14% e viu o atual governador que tenta a reeleição, Rodrigo Garcia (PSDB), subir e empatar justamente com 14% das menções.

Branco/Nulo caindo de 24% na pesquisa de julho para 19% no levantamento deste mês. Os indecisos saíram de 12% para 13%. 

O cientista político e CEO da Quaest, Felipe Nunes, observa que “os dados da pesquisa sugerem que o cenário começa a ficar mais positivo para Rodrigo Garcia. Primeiro porque a avaliação do governo melhorou. O regular subiu e o negativo caiu”.

De fato, a avaliação sobre a campanha de Garcia é de que já existe a repetição da estratégia tradicional do tucanato paulista, de recuperação e regionalização do pleito.

“Você pega os casos de Franco Montoro e Orestes Quércia [do então MDB], eles começaram a campanha tendo como principal obstáculo a superação dos adversários diretos, depois de ultrapassá-los, davam início a regionalização da eleição paulista e saíram da disputa vitoriosos”, diz um interlocutor da campanha tucana.

Outro ponto interessante detectado pela pesquisa é que até o momento, o eleitor paulista prefere que vença um candidato independente, ou seja, que não seja ligado ao ex-presidente Lula ou a Jair Bolsonaro.

Tanto é que os apoios de Lula e Bolsonaro não estão surgindo o efeito esperado pelos entornos de Haddad e Tarcísio. Por outro lado, nos últimos meses, Garcia vem ganhando o voto dos eleitores que não iriam votar em ninguém, entre quem buscavam uma terceira via.

A Genial/Quaest ouviu de forma presencial 2.000 eleitores em 87 municípios de São Paulo. O levantamento foi feito entre os dias 5 e 8 de agosto de 2022.

A margem de erro é de 2,4 pontos percentuais e o nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE sob os códigos BR-07655/22 e SP-02135/22.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

11 de agosto de 2022 às 12h09

É, parece que ainda não vai ser desta vez que o tucanato sairá dos Bandeirantes. Impressionante…

Responder

Lourinildo Santo

11 de agosto de 2022 às 11h47

Não vai ter 2º turno

Responder

Valeriana

11 de agosto de 2022 às 10h54

Quem for pro segundo turno contra o poste mijado (que tem votos sò dos petistoides e ninguem mais) ganha a eleiçao em SP.

Responder

Deixe um comentário